Partilhar

Artrite em gatos - Sintomas e tratamento

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 20 novembro 2017
Artrite em gatos - Sintomas e tratamento

Ver fichas de  Gatos

Tal como acontece com os humanos, os gatos podem sofrer de muitas doenças relacionadas com as articulações, como a artrite reumatoide felina, uma condição que produz inflamação e dor muscular, entre outros sintomas. Esta doença não é fácil de detetar, pois os gatos costumam esconder muito bem quando têm dor, sendo difícil detetarmos que o nosso pet sofre desta doença se não soubermos quais os sinais a devemos estar atentos.

Por isso, é importante saber os sintomas da artrite em gatos, assim como o seu tratamento e os cuidados especiais que devemos oferecer ao felino. Se este tema é do seu interesse, continue lendo este artigo do PeritoAnimal e saiba tudo o que precisa saber sobre a artrite felina.

Também lhe pode interessar: Artrite em cães - Causas e tratamento

O que é a artrite?

A artrite felina, chamada também de osteoartrite felina, é uma doença inflamatória crônica que pode afetar um gato de qualquer idade e que, se carateriza pela inflamação das articulações e o desgaste das camadas protetoras que cobrem as articulações do animal, algo que provoca dor, rigidez e perda de mobilidade, entre outros sintomas. Esta doença é degenerativa, ou seja, piora com o passar dos anos e, não deve ser confundida com a artrose. No geral, a artrose afeta gatos que já são idosos, ao contrário da artrite, que causa a perda progressiva da cartilagem, que por sua vez faz com que os ossos friccionem e se vão desgastando. Embora a artrite e a artrose em gatos (e nos restantes seres vivos) sejam muito idênticas, não são a mesma coisa.

As causas que podem causar artrite reumatoide em gatos são diversas e podem ter diferentes procedências:

  • Pós-traumáticas: devido a lesões, golpes ou traumatismos que o felino tenha sofrido.
  • Infecciosas: devido aos gérmens ou bactérias que possam ter afetado as articulações.
  • Genéticas: devido a malformações dos membros e outros problemas de desenvolvimento.
  • Imunológicas: devido ao próprio sistema imunológico do gato que reage contra a membrana sinovial (a camada protetora que a cobre) das articulações.
  • Obesidade e sobrepeso: não é uma causa direta mas pode agravar os sintomas e favorecer a inflamação das articulações se não se controlar.
Artrite em gatos - Sintomas e tratamento - O que é a artrite?

Sintomas da artrite em gatos

Os sintomas que o seu gato pode apresentar no caso de ter artrite reumatoide são:

  • Inflamação das articulações.
  • Perda de mobilidade e menos exercício que o habitual.
  • Dor e atrofia muscular.
  • Articulações a estalar.
  • Dificuldade e rigidez para se mover, saltar, subir escadas, levantar-se, etc...
  • Mudança no estado de humor habitual, poderá notá-lo indiferente, apático, distante, etc...

Detetar a artrite em gatos não é tarefa fácil pois estes animais são bastante habilidosos na arte de esconder as fraquezas, pois normalmente não costumam se queixar nem demonstrar dor quando a têm. Por isso se o seu gato demonstrar algum destes sinais é importante levá-lo de imediato ao veterinário para lhe fazer um diagnóstico completo que incluirá, dependendo da sua evolução, uma análise de sangue, um histórico da lesão ou trauma sofrido e radiografias para ver o estado dos ossos do gato.

Tratamento da artrite em gatos

O tratamento da artrite felina começa pela prescrição, sempre por parte do veterinário, de medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINE) para aliviar a dor e minimizar a inflamação das articulações, assim como a administração de suplementos farmacológicos como a condroitina ou glucosamina para ajudar a aliviar os sintomas do animal. A cirurgia é sempre a última opção e apenas se realiza se a artrite estiver muito desenvolvida e o veterinário considerar realmente necessário.

Mas além dos tratamentos médicos convencionais com analgésicos para gatos, também podem ajudar a melhorar a artrite felina alguns medicamentos homeopáticos para gatos e remédios naturais como a lecitina, o sulfato sódico ou o fluoreto de cálcio, ou inclusive com acupuntura e massagens terapêuticas.

Para prevenir o aparecimento da artrite em gatos é aconselhável que o animal tenha uma alimentação adequada e faça exercício regularmente e de forma moderada, assim o seu sistema músculo-esquelético irá se manter em bom estado e será menos provável que sofra esta doença. Se o felino sofre de sobrepeso ou obesidade, recomenda-se diminuir de peso para diminuir a carga que as suas articulações têm que suportar e diminuir a inflamação. Pode consultar este artigo se quiser saber alguns exercícios para gatos obesos ou consultar uma dieta equilibrada com o seu veterinário.

Artrite em gatos - Sintomas e tratamento - Tratamento da artrite em gatos

Cuidados do gato com artrite

Para além do exercício regular e da alimentação adequada, se o seu gato tem artrite deve proporcionar-lhe uma série de cuidados especiais para tornar a sua vida mais fácil e a sua doença mais leve.

Em primeiro lugar, é necessário que o seu felino se encontre o mais cômodo possível em casa, pelo que deve colocar mantas ou várias toalhas suaves na sua cama e em todos os sítios onde sabe que se vai deitar. Desta forma o seu gato descansará muito melhor e as suas articulações irão doer muito menos do que se o seu corpo tocar diretamente nas superfícies planas, diminuindo os possíveis danos. Além disso, pode incluir algumas compressas ou bolsas de água quentes na sua cama acolchoada para aliviar a inflamação das zonas afetadas. O frio e a umidade agravam as dores da artrite em gatos, pelo que é necessário que faça da sua casa um lugar quente, seco e sem mudanças de temperatura bruscas. Também deve evitar os pisos escorregadios para não correr o risco do seu gato cair por acidente.

Também é necessário que o seu gato tenha o mínimo de obstáculos possíveis na hora de viver em casa, porque se antes conseguia subir para algum sítio que era o seu favorito e agora não consegue, seria bom proporcionar-lhe uma rampa ao invés de escadas ou outras superfícies que lhe causarão mais dor nas suas articulações se tiver que as subir, como estantes ou caixas. Além disso, a sua caixa de areia e o seu comedouro/bebedouro também devem estar situados em uma zona onde o gato possa chegar facilmente, pelo que se tem uma casa com vários andares, o ideal seria ter uma caixa de areia e um comedouro/bebedouro em cada andar para não ter que estar sempre a subir e descer.

E por último, deve evitar a todo o custo que o seu gato se estresse e deve tratá-lo com muito carinho, amor e paciência, para que saiba que pode contar consigo. Um ambiente tranquilo, confortável e sem obstáculos são as chaves para manter o seu gato feliz.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Artrite em gatos - Sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças degenerativas.

Escrever comentário sobre Artrite em gatos - Sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Artrite em gatos - Sintomas e tratamento
1 de 3
Artrite em gatos - Sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página