Partilhar

O que fazer com um cachorro destruidor

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 10 outubro 2017
O que fazer com um cachorro destruidor

Ver fichas de  Cachorros

Os cachorros destruidores são um grande problema para muitas pessoas e, muitas vezes, para eles próprios. Esses cachorros que se dedicam a morder os móveis, os sapatos, as plantas e tudo o que encontram, costumam acabar abandonados ou em um abrigo à espera de uma família que os queira adotar. Os cães que destroem o jardim cavando buracos também costumam ter a mesma sorte.

Infelizmente, os comportamentos destrutivos são muito frequentes nos cachorros e são muito poucos os donos que contam com a paciência e a consideração necessárias para as entender, assim como as técnicas adequadas para os corrigir. Morder coisas e cavar são comportamentos naturais nos cachorros, tão naturais como respirar, alimentar-se ou fazer as suas necessidades. Por conseguinte, algumas raças têm mais necessidade de expressar esses comportamentos que outras. Os terrier, por exemplo, geralmente gostam de cavar e em muitos casos é impossível evitar que o façam. O comportamento de morder coisas é mais comum em todos os cães, mas os cachorros de raça e outras raças criadas para trabalhos duros costumam ter este comportamento mais acentuado.

Para aprender a entender o comportamento do seu companheiro peludo e para que saiba como o ajudar, neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe explicar o que fazer com um cachorro destruidor.

Também lhe pode interessar: Camaleão muda de cor, como?

Corrigir o comportamento destrutivo do cachorro

Embora morder coisas e cavar no jardim sejam comportamentos inadequados para os humanos, são comportamentos muito naturais para os cachorros e, por isso, não é conveniente acabar com eles. O melhor que pode fazer para prevenir e resolver problemas de destruição é redirecionar os comportamentos destrutivos para objetos resistentes ou lugares adequados. Ou seja, para além do adestramento canino, tem que levar a cabo um programa de enriquecimento ambiental para o seu cachorro.

Os treinadores da velha guarda costumam resolver os problemas de cachorros destruidores com o castigo. Castigam simplesmente os cachorros cada vez que estes começam algum dos comportamentos destruidores. O problema disso é que costuma causar mais problemas do que soluções. A maioria dos cachorros desenvolvem outros comportamentos inapropriados em resposta a esses "tratamentos" e, podem inclusive aumentar a intensidade e frequência dos comportamentos destrutivos. Por isso, neste artigo encontrará soluções através do redirecionamento dos comportamentos destrutivos e, não através do castigo. Ou seja, ao invés de ensinar o seu cachorro a não morder e a não cavar, deverá ensiná-lo a morder apenas os seus brinquedos e a cavar em um determinado lugar construído especificamente para isso.

A estratégia de redirecionar os comportamentos inapropriados é equivalente ao enriquecimento ambiental que se faz nos jardim zoológicos modernos. Não serve apenas para resolver o problema em questão, como também serve para manter a saúde psicológica e emocional dos animais (e muitas vezes melhorar a saúde física através do exercício).

Porque os cachorros destroem as coisas

Os cachorros e os humanos evoluem juntos, conseguindo uma convivência muito boa entre ambas as espécies. No entanto, os pets que temos na atualidade (cachorros ou outros animais) não desfrutam da liberdade real. Têm muitos benefícios mas são animais em cativeiro. Os cachorros de estimação não tem a liberdade de andar por onde querem quando querem. Além disso, devem permanecer sozinhos em casa por muitas horas, sem terem nada para fazer nem contar com alguma forma de controlar o seu ambiente. Por isso, aparecem comportamentos que para eles são naturais e não têm nada de mal, mas que nós consideramos problemas de comportamento porque têm efeitos negativos sobre os nossos bens.

Não é de estranhar, portanto, que os cachorros destruam coisas quando ficam sozinhos e sem uma atividade para realizar em um ambiente que, embora seja familiar para eles, é artificial. Não se sabem todas as razões dos cachorros destruírem as coisas, mas as cinco causas mais comuns são as seguintes:

Personalidade

Alguns cães são simplesmente mais destruidores que outros. Embora não se possa atribuir a culpa completamente à genética, a herança tem, sem dúvida, um impacto na frequência e na intensidade dos comportamentos destrutivos dos cachorros.

Por exemplo, os terrier costumam ser cachorros que gostam e cavar no jardim, em busca de animais de toca. Pelo contrário, o Pequinês ou o Bulldog têm menos tendência para cavar e gostam mais de morder algo até deixar tudo em pedaços.

Tédio

Os cachorros costumam destruir coisas quando os seus donos não estão em casa. Como não têm mais nada para fazer e precisam de se entreter, muitos cachorros procuram alguma atividade que os mantenha entretidos. Como não podem brincar com a console ou ver tv, mordem os móveis, cavam no jardim ou ladram (este último não tem a ver com a destruição mas pode ser muito incômodo para os vizinhos).

É claro que qualquer animal que fique sozinho por muitas horas todos os dias se aborreça e procure uma forma de vencer esse aborrecimento. Embora aconteça especialmente nos cachorros de raças desenvolvidas para a caça ou para o trabalho (cachorros de proteção), a verdade é que se trata de um estado de humor que ocorre com frequência em todas as raças de cachorros.

Ansiedade

Os cachorros são animais sociáveis que precisam de contato com outros seres. Morder e cavar são atividades que os ajudam a reduzir a ansiedade que sentem quando estão sozinhos.

Esta ansiedade é normal e não a deve confundir com a ansiedade por separação que ocorre em alguns cachorros. A ansiedade por separação é um problema sério que, embora tenha alguns sintomas idênticos aos do cachorro destruidor normal, causa comportamentos extremos porque os cachorros entram em pânico quando ficam sozinhos.

Frustração

Quando um cachorro fica fechado sozinho em casa, não tem nenhum controle sobre o seu ambiente. Não pode conseguir nada do que quer, não pode ir investigar os barulhos estranhos que ouve lá fora, não pode abrir as portas para ir brincar, etc. Esta incapacidade para controlar o ambiente cria muita frustração em qualquer animal, que pode ser reduzida ou eliminada com certas atividades que podem ser divertidas ou não, mas mantêm o animal ativo.

Já viu alguma vez um leão ou um tigre de circo naquelas jaulas pequenas para os transportarem? Ou talvez um grande felino em um jardim zoológico "antigo" fechado em jaulas tão pequenas nas quais o animal não tem nada para fazer? Esses animais costumam desenvolver comportamentos estereotípicos, como andar de um lado para o outro vezes sem conta. Estes comportamentos servem para o animal se relaxar e reduzir a frustração.

Desta forma, morder coisas e cavar são dois comportamentos que se podem converter em estereotípicos para os cachorros que ficam sozinhos por muitas horas dia após dia. Morder e cavar têm para os cachorros um efeito relaxante que os ajuda a passar o tempo. É algo como rebentar as bolinhas de plástico que vêm nas embalagens para proteger os produtos frágeis. Já rebentou alguma vez essas bolinhas? É viciante, embora não tenham qualquer sentido. O tempo passa a correr e não nos damos conta.

Má educação

É provável que alguém diga: "Se o cachorro destrói as coisas é porque é um mal educado!". Mas não me refiro apenas ao fato de destruir as coisas, mas sim porque o faz. Muitos cachorros são treinados para destruir coisas, isso é verdade.

Quando são filhotes, costumamos ficar contentes e felicitar os filhotes quase por qualquer coisa que façam, embora muitas dessas coisas sejam inapropriados. Por exemplo, o cachorro de três meses leva para a sua cama um sapato maior que ele (ou qualquer outro objeto que na sua boca pareça engraçado) e os membros da família riem-se do seu comportamento e acariciam-no, ao invés de corrigir esse comportamento.

Depois de acontecerem situações idênticas de forma repetida, não é de estranhar que o cachorro aprenda a destruir as coisas porque o seu comportamento é reforçado socialmente com a aprovação do grupo familiar. Embora a aprovação não venha na linguagem canina, os cachorros são muito observadores e a sua evolução junto aos humanos leva-os a compreender muitas das atitudes e linguagem corporal da nossa espécie, pelo que os seus comportamentos podem ser reforçados socialmente pelos nossos.

Três anos depois, a família que encorajou o cachorro a ser destruidor estará se perguntando porque o seu cachorro é tão mau e mal educada, e irão começar a procurar a ajuda de um treinador.

O que fazer com um cachorro destruidor - Porque os cachorros destroem as coisas

Prevenir e resolver o comportamento destuidor dos cachorros

A melhor foram de prevenir e resolver o comportamento destrutivo dos cachorros consiste em ensinar-lhes a morder apenas os seus brinquedos e a cavar apenas em locais apropriados. Desta forma, em função da causa que fizer com que o seu cachorro destrua as coisas ou cave buracos no jardim, deverá seguir uma estratégia ou outra. Se, por exemplo o fizer por tédio ou ansiedade, uma das soluções mais eficientes é usar um kong adaptado ao seu tamanho e oferecê-lo antes de sair de casa. Não perca o nosso artigo onde lhe explicamos como deve usar o kong.

Assim, tal como vimos antes, todas as nossas reações perante os diferentes comportamentos do nosso cachorro têm influência. Por isso, por muito engraçado que lhe pareça que o seu Chihuahua de três meses seja capaz de levar um objeto que pesa mais que ele, deve corrigir este comportamento retirando o objeto em questão, dizendo um "Não", oferecendo-lhe um dos seus brinquedos e acariciando-lhe para que interprete que pode usar esse objeto e mordê-lo. Lembre-se que o reforço positivo é sempre a melhor forma de educar um animal.

Pelo contrário, se o seu cachorro destrói as coisas apenas ao caminhar porque é um pitbull de quase 30 quilos e você vive em um apartamento pequenos cheio de objetos decorativos, talvez a melhor solução seja mudar para uma casa maior ou retirar os objetos decorativos que possam bloquear a passagem do seu cachorro.

Por outro lado, se o motivo do comportamento destrutivo do seu cachorro é porque passa muitas horas por dia sozinho em casa e, por conseguinte, o kong não o consegue entreter durante todo este período de tempo, deverá tentar adaptar os seus horários para dedicar um pouco mais de tempo ao seu companheiro peludo. Tenha em conta que os cachorros são animais que precisam de tempo e dedicação, não chegar dar-lhes de comer, dar-lhes banho uma vez por mês, levá-los ao veterinário quando precisam de levar vacinas e levá-los a passear durante 10 minutos para fazerem as suas necessidades. Deve dedicar tempo para brincar com ele, fazer passeios mais longos para que possam libertar toda a energia acumulada e, relaxar com ele.

Para mais informação sobre como corrigir o comportamento destrutivo do seu cachorro, não perca o nosso artigo com conselhos para evitar que o cachorro morda os móveis.

O que fazer com um cachorro destruidor - Prevenir e resolver o comportamento destuidor dos cachorros

Se deseja ler mais artigos parecidos a O que fazer com um cachorro destruidor, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Escrever comentário sobre O que fazer com um cachorro destruidor

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
Graça Lima
Ganhei um cachorro já grande e não sei a sua idade, com exceção das plantas que têm espinho, ele arranca todas, não sobra nem as palmeiras plantadas em jarro. O que posso fazer para ajudá-lo e não me estressar mais?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Graça! Já tentou as dicas do artigo? Temos outro artigo que também pode ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/dicas-para-evitar-que-o-cachorro-coma-as-plantas-21240.html
A sua avaliação:
Solange Medeiros
Olá, boa tarde. Tenho um labrador que fará 10 anos em abril e a cerca de 01 e meio adotei uma vira lata. O labrador é calmo, mas a vira lata é muitooooo levada. Moro em uma casa com quintal bem grande, eles tem vários brinquedos, e passeam todos os dias 2x pela manhã e a tardinha. Assim que foi adotada, esperei para que que completasse todas as vacinas e castrei.... Ela destroi os colchões do labrador e os dela tb... abre buracos enormes... rasga a espuma... espalha tudo... Também rasga o edredon, colcha, e cobertor que eles dormem... e o pior, com isso o labrador acaba saindo do local onde dormem e vai para o chão duro e frio... Pq ela estraga TUDOOOOO...Já dei bronca... Já ignorei.... Sinceramente não sei mais o que fazer...Não posso colocar nada com cheiro ruim que pudesse ser usado como repelente... Pq são as roupas de cama e colchonetes que eles dormem que ela rasga...Podem me ajudar?
Vanessa Lopes (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Solange! É muito importante que o adestramento seja sempre baseado no reforço positivo e que, quando definir o seu método de adestramento seja fiel a ele. Ou seja, quando o seu vira lata fizer algo de errado você não deve dar bronca para ele, o melhor a fazer é pegá-lo no momento e dizer-lhe um não firme, desprezando-o depois. Se você o repreender momentos depois de ter feito algo de errado, ele não vai perceber ou se lembrar. Portanto, para resultar você tem de o pegar no momento e dizer não. Pode encontrar mais dicas que com certeza serão úteis para adestrar o seu vira-lata neste outro artigo:
https://www.peritoanimal.com.br/como-adestrar-um-cachorro-vira-lata-20847.html
Muito obrigada pelo seu comentário e boa sorte ;)
Amélia
Nossa meu cachorro só destrói papel higiênico! Vou ver se com estas dicas eu consigo que ele melhore! Vlw
Vanessa Lopes (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Amélia! Espero que consiga resolver a questão :)

O que fazer com um cachorro destruidor
1 de 3
O que fazer com um cachorro destruidor

Voltar ao topo da página