Partilhar
Partilhar em:

Gato espirrando - O que pode ser?

1 vez partilhado
 
Gato espirrando - O que pode ser?

Ver fichas de  Gatos

Uma alergia alimentar, o fumo do tabaco, um vírus, uma bactérias... Podem ser muitas as causas que levam o seu gato a espirrar. Tal como os seres humanos, os gatos espirram porque algo lhes irrita o seu nariz.

Se é algo ocasional não tem que se preocupar, mas se o espirro é contínuo deverá estar atento ao resto dos sintomas e levá-lo ao veterinário para evitar males maiores.

No PeritoAnimal vamos dar-lhe algumas dicas caso seja daqueles pessoas que se estão perguntando porque o meu gato espirra, embora deva ter em conta que esta informação é orientativa. Se acredita que o seu gato pode ter alguma doença só o veterinário poderá diagnosticá-la e recomendar um tratamento.

Também lhe pode interessar: Alimentos humanos que um gato pode comer

Sintomas que podem acompanhar os espirros

Se está se perguntando porque o seu gato espirra, a primeira coisa a fazer é observar se tem outros sintomas para ir descartando doenças da lista. Os sintomas que podem indicar uma doença são:

  • Secreção nasal amarelada
  • Secreção nasal esverdeada
  • Olhos com vermelhidão
  • Olhos inchados
  • Problemas respiratórios
  • Perda de peso
  • Apatia
  • Febre
  • Tosse
  • Inflamação dos gânglios

Se o seu gato, além de espirro, tem algum sintomas dos que foram mencionados, deverá acudir ao veterinário rapidamente para que o examine e lhe dê um tratamento adequado.

Causas que podem fazer com que o seu gato espirre

Como já viu, os espirros podem vir acompanhado de muitos sintomas, sinais de que algo não anda bem e de que o seu gato pode ter alguma doença. Em seguida mostramos-lhe as causas mais frequentes que fazem com que o seu gato espirre:

  • Infecções virais: o vírus do herpes felino e o calicivírus são os que mais provocam infecções no trato respiratório dos gatos. Estas infecções fazem co que os gatos espirrem muito, além disso podem ter tosse e inclusivamente febre. São contagiosas e podem ser transmitidas entre gatos. Se não forem tratadas a tempo podem provocar uma pneumonia.

  • Vírus da imunodeficiência felina: Também conhecido como Aids felina, é muito frequente nos gatos que têm contato com o exterior. As suas deficiências baixam consideravelmente e podem começar a espirrar constantemente, no entanto, também apresentam outros sintomas como febre, perda de apetite e peso, diarreia, infecções, ou gengivites, entre outros.

  • Infecções bacterianas: Tal como as anteriores, este tipo de infecções são altamente contagiosas e também afetam o trato respiratório. Bactérias como a clamídia ou bordetella são muito comuns e podem contagiar-se entre gatos que partilhem o mesmo comedouro e bebedouro.

  • Alergia: Tal como os humanos, os gatos também podem sofrer alergias. Qualquer alérgeno, como o pólen, ácaros, comidas, etc, pode fazer com que o nariz do seu amiguinho se irrite e lhe provoque espirros constantes.

  • Objetos estranhos no nariz: Pode ser que o seu gato tenha algum objeto alojado nas fossas nasais, até que o expulse não irá parar de espirrar.

Tratamento para evitar os espirros

O veterinário irá ajudar a descobrir porque o seu gato espirra tanto e, dependendo do diagnóstico, recomendará um ou outro tratamento. No caso de ser uma infecção bacteriana pode ser que receite antibióticos para evitar que se transforme em uma pneumonia.

No caso de ser alergia, primeiro terá que descobrir a causa. Se é alimentar recomendará um mudança na dieta, eliminando aquilo que lhe provoca a alergia. Caso seja outra coisa, pode receitar anti-histamínicos ou um descongestionante nasal.

Caso seja um resfriado aqui tem alguns remédios caseiros para que que o seu gato melhore. Para o vírus da imunodeficiência felina existem medicamentos especializados para garantir ao gato uma vida saudável e longa.

No entanto lembre-se que a chave para identificar corretamente o problema de saúde que afeta o seu gato é recorrer a um especialista.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gato espirrando - O que pode ser?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças respiratórias.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Gato espirrando - O que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?

Gato espirrando - O que pode ser?
1 de 4
Gato espirrando - O que pode ser?