Partilhar

Gato tossindo - o que pode ser e o que fazer

Por Carolina Costa, Médica Veterinária. 20 agosto 2018
Gato tossindo - o que pode ser e o que fazer

Ver fichas de  Gatos

Gato tossindo seco, gato tossindo como se estivesse engasgado ou gato tossindo e vomitando, são algumas das preocupações que surgem nos tutores. Se o seu gato apresenta este tipo de sintomas então significa que algo está a irritar ou obstruir as suas vias aéreas (nariz, garganta, brônquios ou pulmões).

Normalmente, se pensa num gato resfriado, mas as causas de tosse em gatos são muitas, algumas são mais fáceis de tratar e outras são mais complicadas, mas nenhuma situação em que o gato esteja tossindo é normal. Por isso, logo que se aperceba que o seu pet está tossindo repetidamente ou regularmente leve-o imediatamente ao seu veterinário. Quanto mais rápido se agir, mais rápido se pode tratar as causas da tosse em gatos e aliviar a angústia do seu animal.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos explicar-lhe o porquê do seu gato tossindo - o que pode ser e o que fazer.

Tosse em gatos

A tosse é a reação que o corpo tem para tentar eliminar secreções acumuladas ou corpos estranhos nas vias respiratórias. A tosse não é uma doença por si só, mas é sempre um sinal de aviso de que algo não está bem, podendo ser indicativa de doenças mais respiratórias e/ou cardíacas.

Associado a este problema podemos ter:

  • Gato tossindo e espirrando
  • Gato tossindo e vomitando
  • Gato tossindo como se estivesse engasgado
  • Corrimento nasal e/ou ocular
  • Tosse com secreções
  • Rouquidão
  • Ruídos respiratórios
  • Desmaio

A tosse em conjunto com estes e outros sintomas pode ser específico de certos tipos de doenças sendo mais fácil para o médico veterinário diagnosticar a doença.

Causas de tosse em gatos

Normalmente se vemos um gato tossindo, automaticamente pensamos em bolas de pelo ou num gato resfriado, mas estas duas condições são apenas algumas das possíveis causas de tosse em gatos.

Muitas vezes, a tosse em gatos é induzida primariamente pela irritação ou inflamação dos brônquicos ou traqueia e pode estar associada a uma grande variedade de causas que incluem:

  • Coleiras demasiado apertadas
  • Bolas de pelo: o animal está tossindo seco, mas normalmente tosse algumas vezes e rapidamente vomita as bolas de pelo com facilidade. Se elas não forem expelidas podem causar vômitos ou rouquidão no seu pet. Se o seu gato passa muito tempo se lambendo tem mais tendência a ter este problema. É importante ajudar o seu animal e escová-lo para o ajudar a eliminar os pelos em excesso e para que ele não engula tanto pelo. Leia o nosso artigo completo sobre como evitar bolas de pelo em gatos.
  • Corpos estranhos: que podem estar obstruindo a boca, nariz ou garganta do animal, causando rouquidão ou vômitos.
  • Resfriado, gripe ou pneumonia: geralmente o gato fica rouco e apresenta corrimento nasal e/ou nos olhos e, em casos de infeções mais graves, pode ter febre.
  • Alergias: o animal pode ter também corrimento ocular e nasal e estar espirrando e se coçando. As alergias são normalmente provocadas por poeira, pólen, fumaça de tabaco, perfumes ou produtos de limpeza como detergentes. Senão eliminada a causa pode evoluir para asma.
  • Asma felina: muito comum, também denominada de doença do trato respiratório inferior ou asma alérgica felina, caracteriza-se por um aumento de sensibilidade alérgica a substâncias estranhas ou pode dever-se a obesidade ou estresse. O animal apresenta sons respiratórios e dificuldade em recuperar o fôlego, tanto que, em certos casos, evolui tão rapidamente que pode mesmo impedi-lo de respirar. Afeta gatos de qualquer idade, sendo mais comum em gatinhos e em gatos de meia-idade.
  • Bronquite aguda/crônica: a aguda pode aparecer repentinamente com ataques súbitos de tosse seca em que o animal está tossindo com o pescoço esticado e apresenta ruídos respiratórios. A crônica pode surgir tão lentamente que pode passar despercebida e as lesões tendem a ser irreversíveis ficando o animal sujeito a um tratamento continuado para o resto da vida.
  • Outras doenças respiratórias (bacterianas, virais ou fúngicas): gato com tosse e rouquidão.
  • Parasitoses pulmonares ou cardíacas: perda de peso associada, apatia e come menos.
  • Doenças cardíacas: neste tipo de doenças, o animal tem intolerância ao exercício e tosse quando se está exercitando ou brincando.
  • Câncer: mais comuns em gatos velhinhos. Leia o nosso artigo completo sobre tumores em gatos idosos.

Depois de descartadas as bolas de pelo, as doenças mais comuns são a bronquite crônica, asma felina e pneumonias virais e bacterianas.

Gato tossindo - o que pode ser e o que fazer - Causas de tosse em gatos

Diagnóstico

Quanto mais pormenorizada for a descrição dos sintomas e historial que fornece do seu pet, mais fácil é para o médico veterinário descartar ou incluir certas hipóteses. Por exemplo, se esteve em contato com alguma substância estranha, se foi à rua ou se tossiu fazendo exercício ou se estava dormindo.

A frequência, duração, altura e tipo de tosse também são fundamentais para um bom e rápido diagnóstico.

Os espirros são muitas vezes confundidos com tosse, por isso damos-lhe um truque simples e rápido para a distinção: enquanto que durante os espirros o animal está de boca fechada, na tosse ele está de boca aberta.

Além de um bom historial e exame físico, o veterinário pode precisar de análises sanguíneas e de urina, para detectar a presença de infeções ou substâncias alérgenas e ainda realizar um raio-x, tomografia computorizada ou ressonância magnética conforme a necessidade. Em alguns casos, pode ser necessário observar diretamente as vias respiratórias através de uma laringoscopia e broncoscopia.

Tosse em gatos - como tratar?

O tratamento vai depender da causa da tosse. Além de ser muito importante tratar os sintomas, é muito importante eliminar ou, pelo menos tentar controlar, a causa destes sintomas.

Certas doenças não têm cura mas a maioria pode ser controlada.

Para tratar bolas de pelo, o médico pode sugerir alteração da dieta ou malte para as evitar. No caso de parasitoses é necessário utilizar antiparasitários. Nos restantes casos, pode envolver broncodilatadores, antibióticos, anti-histamínicos e/ou corticosteroides. Em casos muito graves, o gato pode ainda ter de ficar hospitalizado para lhe ser fornecido oxigênio para respirar melhor.

Você deve ter muito cuidado porque existem muitos medicamentos que não são adequados para gatos e, em vez de curar, podem matar o animal. É importante realçar que deve seguir rigorosamente as instruções do seu veterinário e o tratamento que ele recomendou. Se mal curadas, estas doenças podem originar problemas ainda mais graves. Mesmo que o seu animal pareça que já não tem sintomas e ainda tiver medicação para dar, siga as instruções e dê o número de medicamentos prescrito. Você jamais pode parar a medicação a meio sem indicação do médico veterinário.

Remédio para tosse de gato

Existem alguns remédios caseiros para gato resfriado ou com gripe e algumas coisas que você fazer pelo seu animal:

  • Se ele tiver corrimento no olhos e/ou nariz pode limpá-los com uma gaze/algodão umedecido em soro fisiológico, ajudando a manter a área limpa, desinfetada e a aliviar o animal.
  • Retire o gato de correntes de ar e evitar que ele faça demasiado exercício.
  • Eliminar poeiras ou produtos químicos do seu alcance.

Alguns remédios caseiros para gato com tosse e rouquidão incluem:

  • Óleos à base de plantas, como a Plantago lanceolata, também podem ser utilizados para aliviar a tosse em gatos acalmando a irritação na garganta e restante trato respiratório superior. Informe-se junto do seu veterinário qual o melhor método para dar ao seu animal. A Equinácea fortalece o sistema imunitário e certos estudos provaram a sua eficácia em diversos sintomas.
  • Óleo de coco: eficaz contra a tosse e fortalece sistema imunitário, fornecendo energia. São recomendadas umas gotas na água do gato e deixar ele ir bebendo
  • Mel natural: ajuda a suavizar a garganta irritada e pode ajudar em casos de tosse e rouquidão.

Mesmo sendo remédios caseiros, é importante que se informe com o seu veterinário sobre qual o remédio mais indicado para o seu animal. Se você gostaria saber mais remédios caseiros, leia o nosso artigo sobre remédios caseiros para gripe em gatos.

Gato tossindo - o que pode ser e o que fazer - Remédio para tosse de gato

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gato tossindo - o que pode ser e o que fazer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças respiratórias.

Bibliografia
  • AUGUST, J. R. (2006) Consultations in feline internal medicine. 5. ed. Philadelphia: Saunders, p. 920
  • MORAIS, H. A.(2003) Doenças brônquicas em gatos: asma e bronquite crônica. In: JUSTEN, H. Coletâneas em medicina e cirurgia felina. Rio de Janeiro: L.F.Livros, p.147 -152
  • NELSON, R.W.; COUTO, C.G. (2006) Medicina interna de pequenos animais. 3.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, p.280 - 286

Escrever comentário sobre Gato tossindo - o que pode ser e o que fazer

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
A sua avaliação:
Adrielly
Meu gatinho aparenta está engasgado mais não sei oq fazer ele está ficando com fome por nao consegui comer a ração direito fica com cara triste e só que dormir ele fica arrepiado e o pelinho dele caí bastante. Eu e meu pai n temos dinheiro para levá-lo ao veterinário e por isso queria ajuda de vocês
A sua avaliação:
Antonia
Meu gato fica tossindo de vez em quando, será que pode ser alguma doença? E se pode fazer mau a criança de 5 anos ?
Carolina Costa
Olá Antonia!
A tosse em gatos por si só é algo que não deveria existir, contudo existem causas mais ou menos graves. O seu gato pode ter simplesmente bolas de pelo solucionaveis com malte ou ter algo mais grave.
Relativamente à sua menina, não se preocupe, se tratar o gato a tempo e consultar o veterinário é pouco provável que o gato transmita algo à menina.
Não se esqueça ambos merecem igual atenção e cuidados médicos para serem saudáveis.
Obrigada pelo seu interesse e as melhoras para o seu gatinho.
A sua avaliação:
roseni almeida
meu gatinho tem seis meses e a pouco tempo acorda tossindo o que pode ser
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
A tosse é a reação que o corpo tem para tentar eliminar secreções acumuladas ou corpos estranhos nas vias respiratórias. Existem várias causas que podem fazer o seu gato tossir. O mais indicado é buscar ajuda de um médico veterinário de confiança. A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!

Gato tossindo - o que pode ser e o que fazer
1 de 3
Gato tossindo - o que pode ser e o que fazer

Voltar ao topo da página