Partilhar

Doenças mais comuns nos hamsters

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 24 maio 2017
Doenças mais comuns nos hamsters

Ver fichas de  Hamsters

Se está pensando em adotar este roedor, é muito importante conhecer as doenças mais comuns nos hamsters para poder prevenir a tempo qualquer problema que possa afetar o seu animal de companhia. Uma vez que são criaturas noturnas, muitos dos primeiros sintomas das suas doenças mais comuns podem passar despercebidos, por isso recomendamos que faça ao seu pet um exame físico semanal, com o qual possa detetar possíveis condições o quanto antes. Além de uma correta alimentação e higiene da gaiola do hamster, deve proporcionar ao seu animal os cuidados que precisa e uma prevenção perante as doenças mais comuns que lhe vamos mostrar de seguida no PeritoAnimal.

Também lhe pode interessar: Doenças mais comuns nos coelhos

Abcessos e infecções

Os abcessos são protuberâncias de pus subcutâneas, normalmente de cor vermelha e que sobressaem, dolorosos e podem se formar em qualquer parte do corpo, devido a uma reação do sistema imunológico do hamster. Distinguem-se dos tumores porque nos abcessos costumam ficar restos das feridas que o formaram.

Estas protuberâncias ocorrem, geralmente devido a infecções bacterianas ou parasitárias, ou por cortes e mordidas mal curadas. O tratamento depende da gravidade da infecção ou abscesso, mas normalmente basta abri-lo, limpar bem a zona infetada e curar a ferida com alguma pomada. Se isto não for suficiente, o veterinário pode recomendar antibióticos, se for necessário, para eliminar as infecções.

Doenças mais comuns nos hamsters - Abcessos e infecções

Ácaros e fungos

Outra das doenças mais comuns nos hamsters são os ácaros e os fungos. Estes parasitas costumam estar já nos nossos pets mas podem se agravar em situações de estresse, debilidade do sistema imunológico, infecções bacterianas ou cutâneas, uma má alimentação ou uma má higiene da gaiola. Também podem ocorrer por contágio com outros animais infetados por parasitas.

Os sintomas que produzem os ácaros ou fungos nos hamsters causam coceira excessiva, pele irritada ou com zonas sem pele, formação de eczema ou crostas e mais movimento e inquietude na gaiola que o normal.

O tratamento vai depender do tipo de ácaros ou fungos que o nosso pet tiver contraído, mas no geral basta desinfetar o animal (e a sua gaiola) com produtos específicos (sempre proporcionados por um veterinário), manter uma correta alimentação e higiene da sua gaiola e, no caso da infestação ser por sarna na pele, será necessário levar o hamster com urgência ao veterinário, embora esta doença se possa distinguir das condições mais leves porque produz além disso, bolhas nas extremidades, nas orelhas e no focinho.

Doenças mais comuns nos hamsters - Ácaros e fungos

Resfriados, bronquite e pneumonia

Os resfriados são uma das doenças mais frequentes nos hamsters que podem derivar em uma bronquite e/ou uma pneumonia se não foram bem curados. Esta condição normalmente ocorre quando o animal fica afetado por mudanças de temperatura bruscas ou por estar exposto a correntes de ar com frequência.

Os sintomas vão desde dificuldades respiratórios, perda de apetite, espirros, olhos lacrimejantes, tremores ou corrimento nasal. Mas se o resfriado não se curar bem e estes sintomas continuarem junto com tosse, fluxo nasal constante, vermelhidão do focinho e assobios ao respirar, é muito possível que o hamster tenha bronquite ou, inclusive uma pneumonia.

O tratamento nestes casos é muito parecido ao dos humanos. Assim, deverá proporcionar-lhe um local quente e seco, muito repouso, uma comida nutritiva e deve levá-lo ao veterinário pois pode precisar de antibióticos e outros medicamentos.

Doenças mais comuns nos hamsters - Resfriados, bronquite e pneumonia

Cauda molhada

A cauda molhada ou a ileíte proliferativa é uma das doenças mais famosas e contagiosas nos hamsters. Trata-se de uma condição muito parecida à diarreia e muitas vezes confunde-se mas não são a mesma coisa.

A doença da cauda molhada costuma afetar os hamsters mais jovens (3-10 semanas de idade), sobretudo os que foram recentemente desmamados, por problemas de estresse ou super povoação, ou por uma má alimentação ou higiene da gaiola. A causa são umas bactérias que estão inerentes nos intestinos destes animais chamadas coli-bactérias, mas pode ativar-se por alguma destas causas anteriores. O período de incubação é de 7 dias e os sintomas mais evidentes são as diarreias abundantes e aquosas, a cauda e a região anal muito sujas e de aspeto molhado, a perda de apetite e consequente desidratação, e o encurvamento do animal.

O tratamento para esta condição é muito parecido ao de uma gastroenterite ou da diarreia. Deve-se reidratar e nutrir bem o animal, isolá-lo dos seus outros companheiros para não contagiar a doença, levá-lo ao veterinário para lhe receitar os antibióticos e, desinfetar completamente a gaiola e todos os seus componentes para não afetar outros animais.

Doenças mais comuns nos hamsters - Cauda molhada

Diarreia ou prisão de ventre

A diarreia e a prisão de ventre são duas doenças comuns nos hamsters que têm sintomas totalmente opostos e por isso podem se diferenciar bem.

No caso da diarreia, o animal apresenta excrementos pastosos ou líquidos, falta de apetite e falta de atividade, e a região anal muito suja (por isso costuma se confundir com a doença da cauda molhada). A diarreia pode ser causada por infecções bacterianas, sobrealimentação com muitos produtos frescos, falta de higiene na gaiola e os seus componentes, mudanças bruscas na temperatura, etc. Neste caso o tratamento deve consistir em hidratar o hamster com muita água, suprimir os alimentos frescos da sua dieta (frutas e verduras que laxem, dar-lhe alimentos adstringentes como o arroz cozido, limpar a região anal para evitar infecções e consultar o veterinário para a prescrição de antibióticos se for necessário).

Em contrapartida, no caso da prisão de ventre, há carência ou diminuição de excrementos, que serão pequenos e duros, o hamster terá o ânus inchado e ligeiramente úmido, e pode dar demonstrações de dor, falta de apetite e inchaço no abdômen. Costuma ser causada por uma má ou desequilibrada alimentação e o tratamento consiste em administrar no animal muita água e frutas e verduras laxantes.

Doenças mais comuns nos hamsters - Diarreia ou prisão de ventre

Feridas nas bochechas ou bochechas obstruídas

Os hamsters têm umas bolsas nas bochechas para armazenas comida e, às vezes estas podem se obstruir e ficar afetadas com feridas e/ou abscesso. Ao contrário dos humanos, as bolsas das bochechas destes animais são secas e não úmidas e, por isso às vezes podem ocorrer feridas ou abscessos se ingerirem alimentos em mau estado ou pegajosos, que façam com que não consigam esvaziar as bochechas. Se o seu pet sofrer desta condição, poderá notar a inflamação das suas bochechas.

Neste caso, poderá tratar o hamster levando-o ao veterinário para limpar e esvaziar as bolsas cuidadosamente, extraindo todo o alimento que ficou no interior e fazendo o respetivo tratamento.

Doenças mais comuns nos hamsters - Feridas nas bochechas ou bochechas obstruídas

Mordidas, cortes ou lesões

Muitas vezes os hamsters estão em contato com outros da sua espécie e em algumas das suas brigas ou inclusive brincando, podem se morder ou fazer feridas no corpo.

Normalmente os hamsters afetados costumam limpar as feridas mais leves eles próprios e estas curam-se em poucos dias. Mas se virmos que tem alguma ferida grave ou hemorragia, temos que a tratar curando-a o melhor possível, cortando o pelo da área afetada, limpando a ferida e aplicando uma pomada antibiótica, para não infetar. No caso de infecção, é recomendável consultar um veterinário.

Doenças mais comuns nos hamsters - Mordidas, cortes ou lesões

Irritação ou infecção nos olhos

As irritações ou infecções nos olhos dos hamsters também são outras das doenças mais comuns nestes animais. Sejam por uma briga com outro hamster, por algo como o pó, a sujeira, uma folha de feno ou uma apara de madeira, ou por uma infecção bacteriana, os olhos dos nossos pets podem se lesionar de diferentes formas.

Os sintomas que ocorrem são excesso de lágrimas, olhos salientes e/ou infetados e excesso de remelas. Neste caso, se a lesão ocular for leve pode limpar o olho afetado com um pano umedecido em água morna até que o animal abra o olho, e uma vez aberto, aplicar a solução salina tipo gotas ou colírio para os olhos. No caso da lesão ocular ser grave, devemos consultar um veterinário para receitar os medicamentos pertinentes como as pomadas antibióticas, por exemplo.

Doenças mais comuns nos hamsters - Irritação ou infecção nos olhos

Tumores ou câncer

Os tumores são umas protuberâncias internas ou externas que os hamsters desenvolvem, tal como as restantes espécies, devido a um aumento das células que os compõem, que podem ser benignos ou malignos. Se o tumor for maligno e tiver capacidade de invasão e de metástases em lugares diferentes do tumor original, chama-se câncer.

Estas protuberâncias podem se distinguir de outras condições como protuberâncias de gordura ou cistos, porque quando toca nelas, estas não se movem e costumam aparecer por múltiplos fatores mas o mais comum é pelo envelhecimento do animal. Os sintomas mais notáveis são as protuberâncias tanto externas como internas (embora estas últimas sejam mais difíceis de detetar e normalmente não se detetam a tempo), um aspeto doente no geral com falta de apetite, pouca atividade e perda de peso e pelo.

Os tumores externos podem ser removidos através da operação realizada por um veterinário qualificado, embora nada garanta que estes não voltem a sair. E os tumores internos também são operáveis, mas muito mais difíceis de detetar e remover, pelo tamanho do hamster principalmente. O tratamento vai depender da idade e do estado das protuberâncias do animal.

Doenças mais comuns nos hamsters - Tumores ou câncer

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Doenças mais comuns nos hamsters, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Prevenção.

Escrever comentário sobre Doenças mais comuns nos hamsters

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
28 comentários
A sua avaliação:
Thayna Ventura
o meu hamster esta com uma ferida em baixo do pescoço, nao consegue nem levantar direito. ele ja é bem velho tem 2 anos, o cheiro esta como de carniça acho que ele vai morre infelizmente.
Natan Gonçalves
A minha também está assim... Desenvolveu muito rápido em cerca de 2 dias. Pele vermelha e enrugada e sempre úmida embaixo do pescoço. O seu amiguinho sobreviveu?
A sua avaliação:
Ivanise
Minha ramster de 1 ano e meio esta com olhos grudados e quando tentamos pegá-la para tentar limpar ela fica muito irritada e começa a morder.
Marcia

Meu hamster esta com uma ferida dentro da orelhinha dele, e estou com medo tem um cheiro muito forte
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Marcia! O cheiro que você descreve provavelmente é da infeção. Você deve consultar um veterinário o quanto antes.
Josias
Amanheci de luto, minha ramster de 1 ano e 6 meses nao resistiu a uma infeccao de 5 dias na bochecha. Minha amiguinha ESTRELA que era o nome dela devido as suas peripecias na gaiola nao mais esta fisicamente entre nós. Incrivel amizade e companheirismo entre um homem e um animalzinho tao pequeno mas tao incrivel. Saudades minha amiguinha.
Simone Vianna de Grázia Lopes
Olá...nossa hamister tem 1 ano e 7 meses e, embora esteja muito espertinha e se alimentando normalmente, ontem ela amanheceu com perda de pelo na cabeça...o que devo fazer?
Nick
O meu hamster está com uma parte da barriga sem pêlos, estou preocupada com o q pode ser !

Podem me informar o que pode ser?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Nick! Sem fazer um exame físico e algumas provas não podemos ajudar com um diagnóstico. Pode se tratar de algo como uma sarna, uma alergia ou até mesmo um problema de origem endócrina. Consulte um médico veterinário especialista em animais exóticos.
Nick
Obg Mariana Castanheira
lu
estou achando a calda ou o bumbum do meu hamster muito grande o que poderia ser ?
Ester
Meu hamster esta com uma ferida dentro da orelhinha dele, e estou com medo que seje um tumor,mais só acho oq pode ser?
Alana Gutierez de Souza
Me ajude por favor ...
Tenho 3 camundongos
Dois brancos e uma cinza
Ontem acordei um deles estava com o olho inchado e em volta estava muito vermelho ai eu estou colocando soro fisologico ...
Se não melhorar oque eu devo fazer ?
Liliana Ramos (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Alane! Você deve procurar um médico veterinário que possa diagnosticar e prescrever um tratamento.
Angélica
Olá eu tenho um casal de hamster sírio e a menina está sangrando no anus oque faço?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Angélica! Existem diferentes possibilidades para o que está passando. Sem um exame físico e respectivas provas, não é possível chegar a um diagnóstico. O tratamento a fazer depende desse diagnóstico e por isso é imprescindível que você visite um médico veterinário de animais exóticos.

Doenças mais comuns nos hamsters
1 de 10
Doenças mais comuns nos hamsters

Voltar ao topo da página