Partilhar

A doença do carrapato tem cura?

 
A doença do carrapato tem cura?

Ver fichas de  Cachorros

A doença do carrapato, como veremos, é um termo popular que nem sempre se refere à mesma patologia em cães ou gatos. O que todas elas têm em comum é a forma de transmissão: como o próprio nome diz, são passadas por carrapatos. Por isso, é normal que surjam dúvidas sobre o tema, seus cuidados e tratamentos. Para esclarecer e explicar quais são as doenças dos carrapatos (porque também existem vários tipos), neste artigo do PeritoAnimal reunimos informações importantes sobre os sintomas, remédios e respondemos se a doença do carrapato tem cura. Esperamos que seja útil para você!

Doença do carrapato

Para falar da doença do carrapato em cachorros, o ideal, na verdade, seria falarmos em 'as doenças dos carrapatos', já que esses parasitas hematófagos que se alimentam de sangue não transmitem um patologia específica, se não várias. Acontece o seguinte: eles se alimentam de sangue, para isso, passam, horas grudados na pele do animal, até que estejam cheios - e é, justamente, nesse momento em que alguma doença do carrapato pode ser transmitida, caso ele seja portador de outro parasita, bactéria ou protozoário.

A(s) doença(s) do carrapato mais comuns em cachorros

  • Febre maculosa: é transmitida pela picada do carrapato e causada por uma bactéria do gênero Rickettsia;
  • Anaplasmose: causada por bactérias do gênero anaplasma, que são parasitas que vivem no interior das células sanguíneas.
  • Erliquiose canina: também é causada por uma bactéria do gênero Rickettsia e se desenvolve em 3 fases.
  • Babesiose: os hematozoários Babesia gibson ou Babesia canis são transmitidos através do carrapato marrom (Rhipicephalus sanguineu);
  • Doença de Lyme: é provocada pela bactéria Borrelia burgdorferi, transmitida através de carrapatos do gênero Ixodes;
  • Hepatozoonose canina: costuma afetar cachorros que já estejam debilitados por alguma outra circunstância através dos protozoários Hepatozoon canis ou Hepatozoon americanum transmitidos pelo carrapato R. Sanguineus.

Além desssas, existem outras doenças que os carrapatos podem transmitir. Para detalhes, sugerimos a leitura do artigo do PeritoAnimal sobre as doenças que os carrapatos podem transmitir. Por outro lado, se você chegou a esse post em caso gato com carrapato, explicamos melhor neste outro post a doença do carrapato em gatos.

Sintomas da doença do carrapato

A maioria das doenças do carrapato mencionadas se caracterizam por sintomas inespecíficos. Ou seja, podem variar e confundir muito. Listamos a seguir alguns dos sintomas de doença do carrapato mais comuns, o que não significa que um cachorro com doença do carrapato manifestará todos eles:

  • Andar cambaleante
  • Anorexia
  • Apatia
  • Arritmia
  • Conjuntivite
  • Convulsões
  • Depressão
  • Diarreia
  • Dores articulares e musculares
  • Febre
  • Inflamação das patas
  • Letargia
  • Palidez das mucosas
  • Problemas respiratórios
  • Sangue na urina ou fezes
  • Tosse

É por isso que a qualquer suspeita de que o seu cachorro esteja doente, é preciso levá-lo a uma clínica veterinária o quanto antes. Se você conhece bem o seu cachorro, vai notar as mudanças no comportamento e na rotina do animal. Crie o hábito de observá-lo. Conhecer é prevenir. Neste post sobre os 13 sintomas mais comuns de um cachorro doente mostramos como reconhecer que alguma coisa não anda bem.

A doença do carrapato tem cura? - Sintomas da doença do carrapato

A doença do carrapato tem cura?

Sim, com exceção da hepatozoonose canina, é possível curar a doença do carrapato. Quanto mais cedo a doença do carrapato for detectada, maiores as chances de cura. Em todos os casos a doença do carrapato deve ser diagnosticada e o tratamento deve ser prescrito por veterinário. Além do tratamento indicado, será fundamental manter a desparasitação em dia e criar o hábito de checar o cachorro após os passeios para procurar carrapatos e detectar a presença de feridas. Se o carrapatos forem detectados e eliminados, é possível prevenir a doença do carrapato antes do seu contágio.

Remédio para doença do carrapato

Todas as doenças do carrapato têm e requerem tratamento intensivo e terapias de suporte que incluem o uso de corticoides, antibióticos e remédios específicos para cada um dos parasitas causadores da doença. O que acontece, no entanto, é que nem todos os cachorros superam a doença, dependendo do estágio dela ou das condições de saúde do animal. Por isso, o tratamento preventivo é sempre o ideal para evitar o risco.

Tratamento caseiro para doença do carrapato

Não existe um tratamento caseiro para doença do carrapato cientificamente recomendado. Se o cachorro manifesta alguns dos sintomas mencionados anteriormente, é preciso levá-lo ao veterinário. Em caso de uma infestação inicial de carrapatos, porém, livrar-se deles rapidamente e preveni-los pode impedir o contágio.

Remédios caseiros para carrapatos em cachorros

Quanto maior for o tamanho do carrapato encontrado no cachorro, maiores as chances de uma doença transmitida já que isso significa que ele já está se alimentando de sangue há algum tempo. Os carrapatos menores são mais difíceis de serem identificados mas causam vermelhidão, coceira intensa, inchaço e erupções.

Em estágios iniciais, é possível eliminar os carrapatos com soluções naturais como a camomila, aromas cítricos, óleos naturais ou vinagre de maçã. No vídeo abaixo explicamos como esses remédios caseiros para carrapatos em cachorro agem:

Como evitar a doença do carrapato

Vimos que em alguns casos a doença do carrapato tem cura mas o melhor remédio é evitá-la. Manter a rotina de cuidados e higiene do animal é tão importante quanto manter o ambiente livre dos parasitas. A dica básica é criar o hábito de estar sempre atento à pele e pelagem deles, além de sintomas de doenças. Respeite as recomendações de escovação, de acordo com o tipo de pelo da raça e fique de olho em qualquer bichinho que possa aparecer. A hora do banho e do carinho também são outros momentos importantes em que você pode aproveitar para prestar atenção nesses sinais.

Quanto aos cuidados do ambiente, existem muitas possibilidades para evitar carrapatos em casa que vão das soluções comerciais (comprimidos, pipetas, coleiras ou sprays) aos remédios caseiros. Independente da sua escolha, o mais importante é seguir um cronograma de desparasitação. Só assim você consegue evitar que eles reapareçam e possam contagiar os animais.

Para acabar com qualquer chance de uma infestação de carrapatos em casa que possibilite a doença do carrapato sugerimos as instruções do post que explica como acabar com carrapatos no quintal.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a A doença do carrapato tem cura?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças parasitárias.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

A doença do carrapato tem cura?
1 de 2
A doença do carrapato tem cura?

Voltar ao topo da página