A alimentação dos cangurus

A alimentação dos cangurus

O termo canguru utiliza-se para falar das maiores espécies de macropodinos, uma subfamília de marsupiais à qual pertencem as três principais espécies de cangurus: o canguru-vermelho, canguru-cinzento-oriental e o canguru-cinzento-ocidental.

De qualquer forma estamos falando do animal mais representativo da Austrália, o qual possui grandes dimensões podendo chegar a pesar 85 kg e outra característica é que se desloca através de saltos que em algumas ocasiões alcançam a vertiginosa velocidade de 70 km/h.

Este animal possui outras características como o marsúpio, e na sua totalidade trata-se de uma espécie que atrai a nossa curiosidade e é capaz de nos fascinar, por esse motivo neste artigo do Perito Animal mostramos-lhe tudo o que precisa de saber sobre a alimentação dos cangurus.

O sistema digestivo dos cangurus

O canguru tem uma importante semelhança com a preguiça assim como com os bovinos, isto porque o seu estômago está estruturado em diversos compartimentos que lhe permitem aproveitar todos os nutrientes que adquire através dos alimentos que ingere.

Uma vez que o canguru tenha ingerido o seu alimento é capaz de o regurgitar, mastigar de novo, mas desta foram o bolo alimentar, o qual posteriormente volta a engolir para acabar todo o processo de digestão.

Como veremos em seguida o canguru é herbívoro e esta característica do seu sistema digestivo é de vital importância para poder digerir a celulose que existe nos vegetais.

O que come o canguru?

Todos os cangurus são herbívoros, no entanto, dependendo da espécie em particular de canguru, os alimentos que fazem parte da sua dieta podem apresentar um certo grau de variabilidade, vejamos então os principais grupos de alimentos que ingerem as espécies de canguru mais emblemáticas:

  • Canguru-cinzento-oriental: alimenta-se de uma grande quantidade e todo o tipo de ervas.
  • Canguru-vermelho: alimenta-se principalmente de arbustos, no entanto, também inclui diversas ervas na sua dieta.
  • Canguru-cinzento-ocidental: alimenta-se de uma grande variedade de ervas, no entanto, também ingere as folhas de arbustos e árvores baixas.

As espécies de canguru de menor tamanho também podem incluir na sua dieta certos tipos de fungos.

Como é que o canguru come?

Além de possuir um estômago perfeitamente adaptado à ingestão de celulose, o canguru possui peças dentais especializadas como consequência do seu hábito de pastoreio.

Os dentes incisivos têm a capacidade de arrancar os cultivos de erva desde o chão e as peças molares cortam e trituram o pasto, uma vez que os dois lados da sua mandíbula inferior não estão unidos entre si, o que além disso lhe dá uma mordida ampla.

Quanto come o canguru?

O canguru geralmente é um animal de hábitos noturnos e crepusculares, o que implica que durante o dia se dedica a descansar à sombra das árvores e arbustos, e por vezes, inclusivamente escava um buraco pouco profundo na terra onde se deita e se refresca.

Assim sendo, o momento ideal para se movimentar na busca por alimento acontece à noite e de manhã.

Se deseja ler mais artigos parecidos a A alimentação dos cangurus, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas equilibradas.