menu
Partilhar

Raças de cachorros escoceses

 
Por Marta Sarasúa, Etóloga e auxiliar veterinária. 24 janeiro 2022
Raças de cachorros escoceses

Ver fichas de  Cachorros

Existem mais de 300 raças de cachorros reconhecidas em todo o mundo e, embora a origem de algumas delas permaneça um mistério, muitas têm uma história bem documentada que nos permite saber de onde vieram. No caso das 12 raças descritas neste artigo, todas elas originárias dos diferentes territórios da Escócia, na ilha da Grã-Bretanha.

Nesse artigo do PeritoAnimal, vamos te falar das características mais importantes das principais raças de cachorros escoceses, para que você possa aprender sobre a sua aparência, temperamento e problemas de saúde mais comuns. Não deixe de ler!

Também lhe pode interessar: Raças de cachorros coreanos

Cairn terrier

Iniciamos nossa lista falando de um cachorro escocês que se tornou popular no século XVI, o cairn terrier. É um cachorro de pequeno porte com peso entre seis e oito quilos. Essa raça, originária das ilhas ocidentais da Escócia, se popularizou no século XVI por sua personalidade corajosa e determinação e, por isso, foi utilizado para apanhar raposas e outros pequenos mamíferos escondidos nos montículos de pedras (em inglês "cairns") que os aldeões construíam para demarcar as suas terras.

É um cachorro muito ativo e enérgico, com um temperamento amigável e brincalhão, embora possa ser um pouco teimoso e impulsivo em algumas ocasiões como resultado do seu instinto de caça. Graças às características da sua pelagem e à dupla camada de pelo que possui, é uma raça que se adapta muito bem a diferentes climas, razão pela qual hoje podemos encontrar exemplos de cairn terrier em todo o mundo.

No que diz respeito à sua saúde, é um cachorro bastante resistente a doenças, embora seja comum encontrar alguns desses cachorros com problemas dermatológicos e alérgicos, que requerem um tratamento especial, especialmente no que diz respeito à dieta e higiene corporal.

Raças de cachorros escoceses - Cairn terrier

Bearded collie

O termo "collie" engloba diferentes raças de cachorros pastores originários da Grã-Bretanha, entre as quais encontramos o bearded collie, originário da Escócia. É um cachorro de médio porte, pesando entre 18 e 25 quilos, com uma linda pelagem, longa, lisa ou ligeiramente ondulada, que pode vir em várias cores e requer escovagens frequentes para mantê-la saudável.

O bearded collie é uma raça de cachorro escocês tradicionalmente utilizada para o pastoreio e é, portanto, muito ativa, atenta e inteligente. Além disso, bem socializado, é um cachorro amoroso, paciente e amigável, por isso é adequado para famílias com crianças e se adapta bem à vida num apartamento, desde que as suas necessidades de estimulação física e mental sejam supridas diariamente.

No que diz respeito à sua saúde, é uma raça que, embora resistente, tem tendência a sofrer de patologias oculares e musculoesqueléticas, tais como displasia de quadril, por isso, é necessário fazer check-ups veterinários pelo menos uma vez por ano.

Raças de cachorros escoceses - Bearded collie

Collie de pelo longo e de pelo curto

O collie de pelo longo é um cachorro escocês de grande porte, conhecido pelo seu porte majestoso e elegante. Tem um focinho alongado e uma pelagem exuberante de cor areia, azul prateado ou tricolor com um subpelo curto e macio para o proteger das mudanças de temperatura.

Tal como o bearded collie, ele é um cachorro escocês do tipo pastor que gosta de trabalhar no campo e mostra uma grande vontade de aprender e enfrentar novos desafios. Os collies de pelo longo são normalmente travessos quando filhotes mas, com um treinamento básico, são muito apegados aos seus tutores, amigáveis com as pessoas e outros animais, calmos e afetuosos, muito adequados para conviver com em famílias com crianças. É uma raça de vida longa e saudável, mas com uma certa tendência a sofrer de doenças congénitas como a displasia de quadril ou de cotovelo.

O collie de pelo curto, um pouco menos conhecido, é o nome dado à variedade de pelo curto do collie de pelo longo, com as mesmas características e temperamento, mas sem a pelagem longa característica. Naturalmente, o collie de pelo curto também é um cachorro escocês.

Raças de cachorros escoceses - Collie de pelo longo e de pelo curto

Dandie dinmont terrier

Esta pequena raça de cachorro é caracterizada por um corpo alongado e patas curtas, semelhantes às do dachshund, e uma pelagem curiosa que pode ser de cor pimenta ou mostarda e é mais abundante nas patas e na cabeça. Embora esta raça de cachorro escocês tenha ficado famosa já no século XVII, quando era utilizada para caçar texugos, lontras e outros pequenos mamíferos, o seu nome atual foi dado em homenagem a uma das personagens do romance escrito por Sir Walter Scott em 1815. Como a maioria das raças de cachorros escoceses, tem um subpelo macio para o proteger das temperaturas frias.

Apesar de ser um cachorro com um peso médio de apenas 10 quilos, é muito forte e musculoso, se destaca por sua personalidade independente e determinação, embora também seja um cachorro extremamente nobre, muito sensível e dedicado aos seus tutores, com os quais desenvolve um forte laço.

No que diz respeito à sua saúde, a sua morfoestrutura especial torna o dandie dinmont uma raça predisposta a sofrer de problemas espinais como a hérnia de disco, o que torna essencial um bom acompanhamento veterinário para evitar este tipo de patologia.

Raças de cachorros escoceses - Dandie dinmont terrier

Golden retriever

Quando se pensa em nomes de cachorros escoceses, este é um dos primeiros que nos vem à cabeça. O golden retriever é um cachorro de grande porte de cor dourada, embora o seu pelo possa ser de diferentes tonalidades, do creme claro ao marrom. É sem dúvida uma das raças de cachorros mais famosas do mundo e não é de se admirar, pois geralmente é um cachorro extremamente sociável, brincalhão, afetuoso, versátil e muito inteligente, o que o torna um companheiro ideal para quase todos os tipos de família, com ou sem crianças, bem como um excelente cachorro de assistência para terapia ou intervenções assistidas por animais. No entanto, é importante ser muito responsável e coerente com o seu treinamento e socialização a partir de filhote, para evitar que desenvolvam problemas de comportamento.

O golden retriever é um recuperador por natureza, por isso é fácil vê-los a seguir pistas e a transportar objetos com a boca. Gostam de esportes, adoram viagens frequentes ao campo e adoram dar um mergulho em rios e lagos, o que nos facilita a mantê-los em bom estado físico, pois tendem a engordar se levarem uma vida sedentária.

Além da obesidade, as principais patologias que este famoso cachorro escocês pode enfrentar são a displasia de quadril e do cotovelo, hipotiroidismo e alergias cutâneas.

Raças de cachorros escoceses - Golden retriever

Setter escocês ou setter gordon

O setter escocês é o cachorro de caça escocês por natureza. Tem uma aparência elegante e uma resistência física e velocidade incríveis que lhe permitem manter-se ativo e concentrado durante longos dias de caça. É um cachorro de grande porte, muito atlético e bem proporcional, com um belo pelo preto e castanho, caracterizado pelas franjas penduradas no rabo e nas patas, que devem ser escovadas com bastante frequência, uma vez que tendem a ficarem embaraçadas.

Quanto ao seu temperamento, é um cachorro nobre e afetuoso, muito apegado aos seus tutores e, desde que tenha sido bem socializado desde filhote, adora socializar com outros cachorros e pessoas, com os quais se sente confiante, feliz e brincalhão. Não é uma raça adequada para pessoas sedentárias ou para aqueles que não têm tempo a dedicar-lhe, pois é um cachorro com elevadas necessidades energéticas, que precisa de muita estimulação física e mental diariamente para assegurar o seu bem-estar. Se isto for feito, o setter gordon pode se daptar perfeitamente à vida num apartamento.

Os principais problemas de saúde que o setter escocês pode sofrer são a torção gástrica, patologias oculares, principalmente displasia da retina, cataratas ou atrofia progressiva da retina, e infecções no canal auditivo que podem ser evitadas em grande parte, através da limpeza rotineira dos seus ouvidos.

Raças de cachorros escoceses - Setter escocês ou setter gordon

Deerhound ou lébrel escocês

Outro dos maiores cachorros escoceses é, sem dúvida, o deerhound. Esta raça era anteriormente utilizada para a caça de veados, por isso, é compreensível que tenham uma aparência forte e atlética e que tenham um tão tamanho imponente, com quase um metro de altura e pesando cerca de 40 quilos. São semelhantes a outros lébreis, tais como os galgos, na morfologia e velocidade, mas os deerhounds desenvolveram uma pelagem espessa, rugosa e desgrenhada, adaptada às baixas temperaturas das terras altas da Escócia.

Apesar do seu acentuado instinto de caça que pode complicar a sua coexistência com outros animais como gatos ou coelhos, é um cachorro muito calmo que não requer muito exercício diário, de modo que, apesar do seu grande porte, pode viver perfeitamente bem em zonas planas e urbanas. É um cachorro dócil e afetuoso que muito raramente mostra um comportamento agressivo, tornando-o apropriado para pessoas inexperientes que possam proporcionar treinamento básico e de qualidade.

Como em todas as raças de cachorros de grande porte e gigantes, sua expectativa de vida é um pouco mais curta do que a dos cães menores, por volta de 10 anos. Na velhice, os deerhounds são propensos a problemas cardíacos e alguns tipos de câncer, especialmente câncer ósseo.

Raças de cachorros escoceses - Deerhound ou lébrel escocês

Pastor-de-shetland

O pastor-de-shetland, mais conhecido como "sheltie", é um cachorro de pequeno porte (pesando cerca de 10 quilos), que se desenvolveu nas ilhas Shetland do nordeste da Escócia, onde ainda hoje podem ser encontrados, exercendo incansáveis trabalhos de pastoreio. A sua aparência física é muito semelhante à do rough collie, mas de tamanho reduzido. Tem um longo focinho arredondado e orelhas pequenas que, quando o cachorro está atento, ficam semi erectas com as pontas inclinadas para a frente. A sua pelagem é densa e mais comprida no garrote, peito e pernas, onde forma franjas. Recomenda-se a escovagem frequente para evitar a formação de nós.

É um cachorro escocês muito forte e enérgico, sempre disposto a treinar e trabalhar com o seu tutor, com quem estabelece fortes laços. Os shelties são frequentemente vistos competindo em esportes caninos como o agility ou o flyball. Podem ser tímidos e cautelosos com os estranhos, mas não são habitualmente agressivos. É uma raça guardiã e permanece alerta para tudo o que se passa à sua volta, por isso tende a ladrar e a ser bastante vocal quando detecta uma ameaça potencial.

O pastor-de-shetland pode sofrer de algumas doenças hereditárias importantes, tais como a chamada anomalia ocular do collie ou surdez.

Raças de cachorros escoceses - Pastor-de-shetland

Skye terrier

O skye terrier é uma das raças mais antigas da Escócia e, como o seu nome sugere, vem da Ilha de skye, no noroeste do país. É um cachorro de aparência alongada e patas curtas em proporção ao seu corpo. O seu pelo, duro e liso, pode ser preto, cinzento, fulvo ou de cor creme. Embora a maioria desses cachorros tenham orelhas eretas e cobertas de pelo formando franjas, alguns têm orelhas longas e inclinadas, bastante próximas do rosto.

É um cachorro escocês de boa personalidade e muito leal aos seus tutores, mas tende a ser bastante teimoso, de modo que por vezes a sua educação não é fácil. É também um pouco desconfiado com estranhos e pode se mostrar receoso com eles, por isso, é essencial socializá-lo corretamente desde filhote, tanto com pessoas como com outros animais.

Os problemas de saúde mais frequentes no skye terrier são os relacionados com a sua morfologia, tais como hérnias de disco, deformidades ósseas ou artrite.

Raças de cachorros escoceses - Skye terrier

Scottish terrier

O scottish terrier ou terrier escocês é uma raça muito famosa nesse país. É um cachorro de pequeno porte mas muito robusto, com um focinho alongado que, junto com seus bigodes e sobrancelhas proeminentes, lhe dão uma aparência muito distinta. Tem orelhas longas e eretas e um sentido auditivo excepcional que o permite permanecer sempre alerta. Sua pelagem é áspera e densa e pode ser preta ou trigo, sendo mais curta no rabo, que é quase sempre mantido erguida.

Este cachorro escocês tem personalidade e temperamento fortes, é muito corajoso, ladrador e obstinado que, embora carinhoso e leal a seus tutores, é bastante independente, portanto seu treinamento pode ser um desafio em alguns casos. Ele se adapta bem tanto à vida em casa quanto à vida em apartamento e tem um nível de atividade médio.

Infelizmente, esta raça é predisposta a vários tipos de câncer, bem como a problemas dermatológicos e alérgicos e a uma condição hereditária conhecida como osteopatia craniomandibular. Entretanto, com uma boa alimentação, higiene e acompanhamento veterinário regular, é um cachorro com uma longa expectativa de vida.

Raças de cachorros escoceses - Scottish terrier

West Highland white terrier

Mais conhecido como westie, o west highland white terrier é outro cachorro originário da Escócia, mas agora é facilmente visto em casas em todo o mundo, pois é um cachorro muito popular. Sua marca registrada é sua bela pelagem totalmente branca de dupla camada, que requer manutenção frequente para manter seu brilho e suavidade e contrasta com seus olhos e nariz pretos. É uma raça de pequeno porte, muito compacta e robusta, com muita energia e um instinto de caça acentuado que a predispõe a perseguir outros animais ou objetos.

O westie é um cachorro escocês confiável, travesso e afetuoso que pode ser teimoso se forçado a fazer algo que não quer, por isso, é recomendado ser paciente e usar sempre um reforço positivo no seu treinamento. É importante que seus tutores lhe proporcionem exercício suficiente e estímulo ambiental para evitar que ele se aborreça demais ou fique estressado, pois ele tende a ser um cachorro ladrador e um tanto destruidor, especialmente se tiver um jardim para cavar.

O west highland white terrier, assim como o scottish terrier, pode ser afetado por uma doença congênita chamada osteopatia craniomandibular, coloquialmente conhecida como "mandíbula de westie". Problemas alérgicos também são comuns nesta raça.

Esses são os cachorros escoceses, cuja origem neste país é comprovadamente conhecida. Entretanto, como dissemos no início, há muitas outras raças cuja origem ainda é incerta. Este é o caso do border collie, que também pode ter tido origem na Escócia, mas até hoje permanece não confirmado. Quantos nomes de cachorros escoceses você já conhecia? Há alguma outra raça que você acredita que seja um cachorro escocês? Conte pra gente nos comentários!

Raças de cachorros escoceses - West Highland white terrier

Se deseja ler mais artigos parecidos a Raças de cachorros escoceses, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Bibliografia
  • Infodogs. Scotland - Dog breeds list. Disponível em: <http://www.infodogs.co.uk/dog-breeds/country/scotland>. Acesso em 20 de janeiro de 2022.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Raças de cachorros escoceses
1 de 12
Raças de cachorros escoceses

Voltar ao topo da página