Partilhar

Evitar que o meu gato coce uma ferida

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. 21 setembro 2016
Evitar que o meu gato coce uma ferida

Ver fichas de  Gatos

Quem tem um gato sabe que, devido ao seu caráter curioso e explorador, é muito fácil fazerem algum ferida ou arranhão. Deve evitar as brigas de gatos, pois sai sempre algum ferido, embora isso não seja uma tarefa fácil. Também deve se informar bem sobre curar as feridas de um gato, para o caso de acontecer.

Verá que quando o seu gato tem uma ferida, muitas vezes se lambe e coce essa zona. Não se preocupe, é um comportamento normal pois os felinos são animais muito limpos, mas isto pode trazer complicações na cura a cicatrização da ferida. Por isso, se quer saber como evitar que o seu gato coce uma ferida, continue lendo este artigo do PeritoAnimal em que lhe vamos dar alguns conselhos.

Também lhe pode interessar: Evitar que o cachorro coce uma ferida
Passos a seguir:
1

Pode ser que o seu gato goste de explorar ou de brincar com outros e acabe ficando com algum arranhão ou ferida, por brincadeira ou luta. Quando detetar uma ferida no seu gato, deverá desinfetá-la e, dependendo da sua gravidade, pode ser que o tenha de levar ao veterinário.

Por isso, quando o seu amigo peludo tiver uma ferida é fundamental se certificar de que a ferida está o mais limpa e desinfetada possível. Também deve fazer as limpezas e curativos tal como o veterinário indicar.

Mas se quiser que a ferida cicatrize o quanto antes, é muito importante evitar que o seu gato toque na ferida. Pois caso contrário, fará pior e contaminará a ferida, apesar da sua intenção seja de se cuidar. No caso do seu gato ter passado por uma cirurgia, é importante evitar que se coce, lamba, morda ou esfregue a ferida para se conseguir curar bem.

Evitar que o meu gato coce uma ferida - Passo 1
2

Evitar que um gato chegue a alguma parte do seu corpo é uma tarefa quase impossível, visto que são muito elásticos. Mas há algumas formas de o fazer ou, de pelo menos evitar o contato direto.

Por exemplo, uma das formas mais comuns para evitar que um felino coce uma ferida na cabeça ou para evitar que chegue a morder uma ferida em qualquer outra parte do corpo, é o colar elizabetano. Deve medir muito bem qual é o tamanho do colar necessário para cada gato e terá de o ir ajustando, pois é provável que o gato o tente tirar mais de uma vez.

É muito importante ajudar o seu felino a acostumar-se ao colar com reforço positivo. Mas se à medida que os dias passam, vir que realmente o colar causa problemas e estresse no gato, ao invés de o ajudar, deve retirá-lo e procurar outra forma de evitar o contato com a ferida.

Evitar que o meu gato coce uma ferida - Passo 2
3

Pode consultar com o seu veterinário o uso de alguma pomada cicatrizante para ajudar a acelerar o processo de cura de uma ferida. Assim o gato sofrerá durante menos tempo.

Isto é uma ajuda para acelerar o processo de cura, mas não evitará que o curioso felino coce ou lamba a sua ferida. Por isso, é bom que a pomada cicatrizada se utilize ao mesmo tempo que um colar elizabetano ou outra solução. Deverá limpar a ferida e colocar a pomada as vezes que o veterinário indicar.

Evitar que o meu gato coce uma ferida - Passo 3
4

Outra opção muito boa é fazer uma bandagem na zona da ferida. Terá de limpar bem a ferida, colocar uma gaze em cima da ferida e depois realizar a bandagem. É sempre melhor fazer primeiro o veterinário e ensiná-lo a fazer para conseguir mudar em casa as vezes que forem necessárias.

O problema com esta solução é que, de certeza que o gato vai acabar por arrancar as bandagens se os incomodar. Por isso, é bom ir sempre vigiando. Assim, se isso acontecer, terá de limpar a ferida de novo e voltar a fazer a bandagem o quanto antes. Como sempre, é bom ajudar o seu gato a sentir-se melhor com a nova situação, seja o colar elizabetano ou uma bandagem, deve utilizar sempre o reforço positivo.

Ao invés de utilizar uma bandagem, uma vez que a ferida esteja coberta com uma gaze, pode vestir o gato com roupa.

Evitar que o meu gato coce uma ferida - Passo 4
5

Existem loções e pomadas que servem para aliviar a coceira das feridas nos felinos. São maioritariamente produtos anti-histamínicos ou com cortisona para diminuir a inflamação e reduzir a coceira e a dor.

Deve consultar o veterinário para saber se há alguma loção ou pomada que possa ajudar a reduzir este mal-estar no seu gato. Assim conseguirá que ele se coce muito menos ou evitará que se coce por completo.

Evitar que o meu gato coce uma ferida - Passo 5
6

Além disso, é importante que se certifique o seu companheiro tem as unhas limpas e cuidadas. Assim, embora se coce fará menos dano. Se abrir a ferida, com as unhas limpas e cuidadas fará menos sujidade e causará menos problemas.

Deverá cortar as unhas com uma tesoura especial e certificar-se que ficam arrumadas e limpas. Apesar disto não ser do seu agrado, deve tentar que fique com as unhas assim até que a ferida fique cicatrizada. Depois poderá voltar a usar o arranhar para as afiar bem.

Evitar que o meu gato coce uma ferida - Passo 6
7

O mais importante é ter uma rotina de revisão e cuidados, enquanto durar a cicatrização da ferida. Desta forma, deve limpar a ferida como o veterinário indicar e voltar a cobri-la ou a colocar o colar elizabetano depois de o fazer. Também pode aplicar pomadas que aliviam a coceira e a dor e também cremes cicatrizantes que o veterinário recomendar. Tente ver se o gato não está o tempo todo tentando tirar as bandagens ou o colar, ou tentando coçar a ferida, para isso será essencial o reforço positivo.

Com estes cuidados e paciência, em pouco tempo o seu felino estará curado e poderá voltar às suas atividades normais sem nenhum colar ou bandagem para o incomodar.

Evitar que o meu gato coce uma ferida - Passo 7

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Evitar que o meu gato coce uma ferida, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Escrever comentário sobre Evitar que o meu gato coce uma ferida

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Luzia
Minha gata tá com um machuco nas costas aberta tô dando remédio mais ela fica lambendo o que faço
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Luzia! Você deve levar a sua gata ao veterinário o mais rápido possível.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!

Evitar que o meu gato coce uma ferida
1 de 8
Evitar que o meu gato coce uma ferida

Voltar ao topo da página