menu
Partilhar

Problemas nas unhas dos gatos

 
Por Laura García Ortiz, Veterinária especializada em medicina felina. 16 agosto 2021
Problemas nas unhas dos gatos

Ver fichas de  Gatos

Nossos pequenos amigos felinos podem sofrer doenças, danos ou problemas em suas unhas. As unhas dos gatos são seu "tesouro", sua principal arma de defesa, junto com os dentes, e eles as usam para diversas situações, como escalar, caçar e marcar o território.

Um gato com unha encravada ou outros transtornos das unhas podem sofrer com dor e apresentar sangramento ou impacto dos tecidos moles além de muito desconforto. Por isso, deve-se tentar solucionar tais problemas o mais rápido possível. Felizmente, a maioria dos transtornos ungulares em gatos apresentam um bom prognóstico e com a terapia adequada podem ser curados em um curto período de tempo.

Continue lendo este artigo do PeritoAnimal para conhecer mais sobre os problemas nas unhas dos gatos, quais são e o que fazer.

Também lhe pode interessar: Remover as unhas dos gatos é ruim?

Para que serve a unha dos gatos

Você sabe qual a importância das unhas dos gatos? As unhas são estruturas córneas formadas por múltiplas camadas de células epiteliais mortas endurecidas que contêm queratina. O leito ungueal é o tecido conjuntivo que está sob o corpo da unha e se conecta com o dedo. Entre os principais usos que os gatos dão às suas unhas, encontramos os seguintes:

  • Marcação de território, enquanto liberam feromônios arranhando.
  • Brincar e agarrar suas presas.
  • Fixação em determinadas superfícies.
  • Estabilização e prender bem determinados objetos.
  • Escavação.
  • Amassar.

Como você viu, são diferentes e importantes usos. Por isso problemas como um gato com uma encravada ou quebradiça deve ser investigado o quanto antes. A seguir explicamos os sintomas, cada um dos transtornos e o que pode ser feito.

Problemas nas unhas dos gatos - Para que serve a unha dos gatos

Sintomas de problemas nas unhas felinas

As unhas podem ser afetadas por diversos transtornos, mas não é uma preocupação tão comum assim. Estima-se que em torno de 2% dos gatos sofrem de doenças das unhas. Os transtornos das unhas ou distrofias ungueais podem causar bastante desconforto em nossos pequenos felinos e, às vezes, são sintomas de uma doença sistêmica. Além disso, é possível ver um gato com uma unha encravada na almofada, por isso é aconselhável verificar as patas regularmente. Os seguintes sinais clínicos devem nos alertar:

  • Lambida na área.
  • Mancar.
  • Dor.
  • Dificuldade ao andar.
  • Ausência de arranhar.
  • Inchaço.
  • Vermelhidão.
  • Deformação.
  • Rachaduras.
  • Mudança de cor.
Problemas nas unhas dos gatos - Sintomas de problemas nas unhas felinas

1. Unhas lascadas

As unhas lascadas consistem em rachaduras indolores da unha, cujas fissuras podem ser paralelas aos dedos ou descascar em camadas. Muitas lascas são geralmente vistas na ponta, mas não costumam interferir em nada na qualidade de vida do gato nem em suas atividades diárias, além de facilitar sua fixação em determinados objetos, como trapos, cobertores ou tecidos, o que, por sua vez, pode aumentar as rachaduras das unhas.

Nesses casos, é melhor aparar a unha ou unhas afetadas para evitar que a lesão aumente e cause desconforto ao gato. As unhas felinas podem ser cortadas em casa. Se você não sabe como fazer, nós te convidamos a ler este nosso artigo sobre como cortar as unhas de um gato.

2. Unha encravada

Você já viu um gato com unha encravada? Porque, sim, os gatos também podem sofrer com a chamada onicocriptose, popularmente conhecida como unha encravada. Trata-se de um crescimento da unha dentro da pele do dedo. Seu principal problema é que pode fazer uma ferida através da qual as bactérias penetram, causando uma infecção.

Os gatos afetados por unhas encravados apresentam dor, inflamação e vermelhidão. Isto causa claudicação ou falta de apoio do membro afetado. Além disso, ficará mais nervoso e agitado e não afiará as unhas nem subirá como antes se uma unha dos membros anteriores estiver encravada. Nessa situação, deve-se ir ao veterinário para que corte ou retire a unha com problema. Em todo caso, a solução nunca é fazer a operação que consiste na extração das unhas dos gatos. É um ato de crueldade e não se justifica.

3. Onicoclase ou unha quebradiça

Os gatos também podem apresentar unhas quebradiças. Essas unhas às vezes formam estrias longitudinais, o mesmo que ocorre quando uma unha se rompe devido a um traumatismo ou lesão. Existe a possibilidade de os gatos com unhas quebradiças sofrerem de um transtorno digestivo que impede a absorção correta dos nutrientes. Nesses gatos, foi observado que o tratamento com biotina pode fortalecer suas garras. Em qualquer caso, a causa que originou o problema deve ser tratada com a terapia adequada. Geralmente, um gato afetado apresenta todas ou quase todas suas unhas quebradiças.

4. Onicomicose ou fungos

Quando se fala de fundos nas unhas dos gatos, refere-se a uma infecção que causa inflamação do tecido ao redor da garra ou da unha. Também é chamada de onicomicose. Frequentemente, o fungo responsável é o Trichophyton mentagrophytes.

Os gatos apresentam unhas com formato anormal, inchadas e amareladas. Além disso, tendem a quebrar facilmente. Geralmente, não mais do que duas unhas são afetadas. Veremos o gato lambendo as unhas com frequência, ele pode mordê-las e não apoiar a pata. Pode haver crostas ao redor da unha. A solução será o uso de antifúngicos para acabar com o fungo, bem como manter a área limpa e os locais onde o gato descansa.

Deve-se ter cuidado ao cortar as unhas para evitar cortar a área onde os capilares são visíveis, que é a parte vermelha. Lá existem terminações nervosas, portanto um corte causará muita dor e pode ser uma via de entrada para infecções, já que, além de fungos, as unhas dos gatos também podem ser infectadas por bactérias. Nesse caso, o tratamento com antibiótico específico será necessário.

5. Tumores

As dobras das unhas e a área entre a pele e a unha dos gatos podem ser locais de formação de neoplasias ou tumores. Os tumores que podem se desenvolver nas unhas são:

Os sinais associados aos tumores são infecções, erosões, vermelhidão, inchaço e úlceras. O tratamento consistirá em extrair a área afetada, sempre fazendo uma radiografia torácica antes para ver se há ou não metástase no pulmão. Também é recomendado extrair o nódulo linfático pré-escapular e analisar o tecido retirado por meio de um estudo histopatológico.

Problemas nas unhas dos gatos - 5. Tumores

6. Doença imunomediada

As unhas de nossos pequenos companheiros felinos também podem ser afetadas por doenças de origem imunomediada ou autoimune. Esses transtornos incluem:

  • Lúpus eritematoso sistêmico.
  • Pênfigo vulgar.
  • Pênfigo foliáceo.
  • Penfigoide bolhoso.
  • Doenças das aglutininas frias.

O tratamento será específico para o processo em questão. Em qualquer caso, medicamentos que suprimem o sistema imune, como os corticoides, são amplamente usados.

Agora que você viu alguns dos problemas mais comuns nas unhas dos gatos, entre eles, a unha encravada, recomendamos a leitura do artigo sobre as doenças mais comuns em gatos. No vídeo a seguir, você confere um vídeo em que mostramos 10 coisas que os gatos odeiam e que você deve evitar:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Problemas nas unhas dos gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia

Harvey, R. G. y Mckeever, P. J. Enfermedades de la piel en perro y gato. Grass Edicions.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Problemas nas unhas dos gatos
1 de 4
Problemas nas unhas dos gatos

Voltar ao topo da página