Partilhar

Doenças mais comuns do labrador retriever

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. Atualizado: 19 dezembro 2017
Doenças mais comuns do labrador retriever

Ver fichas de  Cachorros

O labrador retriever é um dos cães mais queridos de todo o mundo, isto porque são criaturas adoráveis e de grande coração. Os labradores adoram receber atenção e ser abraçados por todos, em especial por crianças.

Embora os labradores retriever sejam cães muito saudáveis que não costumam adoecer, existem algumas doenças próprias da raça e patologias do tipo hereditárias que devemos conhecer e ter em conta para ter um melhor conhecimento da vida do nosso pet.

Se tem um labrador ou pensa em ter um no futuro, convidamos você a ler este artigo do PeritoAnimal onde exploramos as doenças mais comuns do labrador retriever.

Também lhe pode interessar: Doenças mais comuns nos cachorros

Problemas oculares

Alguns labradores sofrem de problemas nos olhos. As patologias que podem chegar a desenvolver são os defeitos oculares, cataratas e atrofia progressiva da retina. São doenças hereditárias que deterioram o sistema da visão do cachorro. Problemas como as cataratas são importante de corrigir a tempo visto que podem piorar de tal como que podem produzir glaucoma, uveíte ou luxação. Podem até sofrer uma cegueira total se não forem tratados. Existe tratamento para corrigir estes problemas ou até cirurgias para eliminá-los, completamente, dependendo do caso.

A displasia de retina é uma deformação que pode causar desde redução do campo visual até cegueira total, sendo esta doença uma condição intratável. É importante que consulte antes com o seu veterinário porque muitas doenças oculares não se podem curar, mas sim atrasar com um bom tratamento e com a inclusão de alimentos e produtos com propriedades antioxidantes.

Doenças mais comuns do labrador retriever - Problemas oculares

Miopatia da cauda

Esta patologia, que pode assustar muitos donos de labradores retriever, também é conhecida como "causa úmida" e costuma aparecer nos labradores, mas não é exclusiva desta raça. A miopatia nesta zona caracteriza-se por ser uma paralisia flácida da cauda.

A miopatia pode dar-se quando um cão é treinado em excesso ou estimulado fisicamente. Outro exemplo acontece quando se leva o cão em uma viagem longa dentro de uma caixinha de viagem ou quando tomam banho em águas muito frias. O cachorro sente dor ao ser tocado na região e é importante dar-lhe descanso e tratamento anti-inflamatório para recuperar todas as suas faculdades.

Doenças mais comuns do labrador retriever - Miopatia da cauda

Distrofia muscular

As distrofias musculares são doenças hereditárias. São problemas que se apresentam nos tecidos musculares, deficiências e alterações na proteína distrofina, que é a que se encarrega por manter em correto estado as membranas musculares.

Esta condição nos cães encontra-se mais nos machos que nas fêmeas e os sintomas como, rigidez, debilidade ao andar, repulsa ao exercício, aumento da grossura da língua, baba excessiva e outros, podem ser vistos desde a décima semana de vida do labrador, quando ainda é filhote. Caso apresente dificuldade para respirar e espasmos musculares isso representa sintomas de gravidade.

Não existe um tratamento para tratar esta doença, mas os veterinários peritos neste tema estão trabalhando para encontrar uma cura e realizaram estudos onde, ao que parece, a distrofia muscular poderá, no futuro, tratar-se com a administração de células mães.

Doenças mais comuns do labrador retriever - Distrofia muscular

Displasia

Esta é uma das doenças mais comuns entre os labradores retriever. É um condição totalmente hereditária e costuma transmitir-se de pais para filhos. Existem vários tipos de displasia mas as mais habituais são a displasia do quadril e a displasia do cotovelo. Acontece quando as articulações nãos e desenvolvem corretamente causando, em muitos casos a degeneração, o desgaste nas cartilagens e disfunção.

Aqueles cães que apresentam dores, anomalias nas patas traseiras ou lesões (primárias ou secundárias) em um ou nos dois cotovelos, devem fazer um exame físico e uma radiografia para determinar se sofrem de alguma displasia e em que fase da doença se encontram. O tratamento base são os anti-inflamatórios e o descanso, mas se se trata de um caso muito avançado pode ser feita uma cirurgia.

Se você tem como seu fiel companheiro um cachorro desta raça, leia também o nosso artigo sobre como adestrar um labrador.

Doenças mais comuns do labrador retriever - Displasia

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Doenças mais comuns do labrador retriever, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Prevenção.

Escrever comentário sobre Doenças mais comuns do labrador retriever

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
ana nayube
o cachorro labrador e normal ele come corque coisa
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Ana! Por vezes os cachorros não estão comendo mas sim destruindo. Se for o caso leia este nosso artigo: https://www.peritoanimal.com.br/o-que-fazer-com-um-cachorro-destruidor-21106.html. Se ele estiver mesmo comendo coisas estranhas, o que come ele? Por vezes pode não significar nada, mas por outras pode indicar que ele tem falta de algum nutriente ou está com algum desiquilíbrio causado por alguma doença. Nesse caso, é essencial ele ser visto por um médico veterinário que lhe faça as provas sanguíneas necessárias para descartar essa possibilidade.

Doenças mais comuns do labrador retriever
1 de 5
Doenças mais comuns do labrador retriever

Voltar ao topo da página