Partilhar

Doenças comuns em west highland white terrier

 
Por Katja Polisseni. 19 abril 2018
Doenças comuns em west highland white terrier

Ver fichas de  Cachorros

Mais conhecida como westie ou westy, esta raça, originária da Escócia se destaca por ter uma aparência adorável que chama a atenção de numerosos amantes dos cães: porte médio, uma densa pelagem branca e uma doce expressão em sua cara. Seu temperamento é o de um cachorro grande dentro de um corpo pequeno, sendo um cão muito tenaz, que se mantém em alerta e defende seu território, embora que, obviamente, também seja um excelente companheiro, que responde alegremente aos mimos que recebe de sua família humana.

Está pensando em acolher um cão com essas características? Então é importante se informar neste artigo de Perito Animal, no qual falamos das doenças mais comuns no west highland white terrier.

Também lhe pode interessar: Doenças mais comuns em pitbull terrier

Mandíbula de Leão ou Scottie

Esta doença, conhecida tecnicamente como osteopatia craniomandibular costuma manifestar-se em filhotes, especialmente aqueles na faixa de 3 a 6 meses de idade. Trata-se de uma doença hereditária.

Consiste no crescimento anômalo do osso da mandíbula, embora, por sorte, desapareça perto dos 12 meses de idade. No entanto, o westie que é acometido da doença necessitará de um tratamento sistemático a base de anti-inflamatórios enquanto estiver doente, em razão da dor que o cachorro sente e para assegurar que não tenha dificuldades na hora de se alimentar.

Obviamente este é um risco genético associado à raça, o que não significa que todos os cães west highland white terrier serão acometidos pela doença.

Doenças comuns em west highland white terrier - Mandíbula de Leão ou Scottie
Imagem: cal.vet.upenn.edu

Doenças hepáticas

O west highland white terrier tende a acumular depósitos de cobre, o que provoca a destruição dos hepatócitos. No início, a hepatite se manifesta de forma assintomática, mas ,posteriormente, entre os 3 e 6 anos de idade, se evidencia drasticamente com os sinais de uma falha hepática.

Trata-se também de uma desordem genética, mas o seu prognóstico pode ser melhorado. A partir de um ano de idade, se toma a precaução de solicitar um exame veterinário para determinar os níveis de cobre no fígado.

Problemas nos ouvidos dos westies

Os ouvidos do whest highland white terrier precisam ser limpos semanalmente para evitar que se produza uma otite e que esta se agrave com um componente infeccioso além de inflamatório.

As orelhas devem ser limpas com um gaze umedecida em soro ou água, embora sempre seja necessário secar após o procedimento, com outra gaze seca. Este cuidado devemos ter sempre, especialmente após o banho, de forma a evitar o acúmulo de cera e que entre água nos ouvidos.

Doenças comuns em west highland white terrier - Problemas nos ouvidos dos westies

Conjuntivite e dermatite

Devemos prestar bastante atenção aos olhos deste cachorro para evitar o acúmulo de remelas, o que implica em retirar adequadamente, assim que for identificada, para prevenir de qualquer inflamação tipo conjuntivite.

Para atingir este objetivo, o cuidado do pelo desta raça é muito importante, é conveniente que um profissional de estética canina retire qualquer pelo morto, mesmo que seja incômodo para alguns cachorros. Por isso é recomendável cortar o pelo e não arrancá-lo por meio da técnica stripping.

Necessita tomar banho com uma frequência máxima de uma vez ao mês, a não ser que o veterinário indique o contrário, já que é um cachorro com predisposição a apresentar dermatite em forma de erupções cutâneas, o que pode se agravar com o banho frequente. Para a sua higienização utilizaremos produtos específicos mas sempre devemos optar pelos produtos mais neutros e suaves.

Prevenção dos problemas de saúde

Embora as enfermidades genéticas mencionadas sejam impossíveis de prevenir, podemos facilitar para que nosso cachorro goze de uma saúde ótima caso o brindemos com a alimentação e os exercícios físicos adequados, além do bem-estar emocional e da estimulação que necessita.

Recomendamos ainda a consultar a um veterinário a cada 6 meses o um ano, no máximo, desta forma é possível intervir de forma rápida em qualquer patologia e tratar-la a tempo. Seguir o calendário de vacinação e de desparasitação regular do cachorro nos ajuda a evitar, por exemplo, uma alergia por picada de pulgas ou um quadro muito mais severo, como poderia ser a parvovirose.

Doenças comuns em west highland white terrier - Prevenção dos problemas de saúde

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Doenças comuns em west highland white terrier, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Prevenção.

Escrever comentário sobre Doenças comuns em west highland white terrier

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Doenças comuns em west highland white terrier
Imagem: cal.vet.upenn.edu
1 de 4
Doenças comuns em west highland white terrier

Voltar ao topo da página