Partilhar

Doenças mais comuns em filhotes de gatos

Por Aline Kitamura Prata, Estudante de Medicina Veterinária. Atualizado: 3 abril 2019
Doenças mais comuns em filhotes de gatos

Ver fichas de  Gatos

Quando adotamos um gato filhote, devemos ficar atentos à sua saúde, pois gatos bebês são mais suscetíveis às doenças infecto-contagiosas do que gatos adultos, isto é, doenças que são causadas por vírus e bactérias e que são altamente contagiosas entre felinos.

O PeritoAnimal preparou este artigo para que você possa ficar atento às doenças mais comuns que podem ocorrer em filhotes de gatos.

Também lhe pode interessar: Doenças mais comuns nos gatos

Doenças que afetam filhotes de gatos

As doenças que mais afetam filhotes de gatos são as de origem infecto-contagiosas, que podem ser causadas por vírus e bactérias, e que, em geral, podem levar o filhote a morte se não descobertas logo no início. Devido a isto, vacinar a mãe dos bebês e os bebês é importante, porém a vacinação não é 100% de certeza de que os gatos nunca contrairão algum tipo de doença, já que gatos adultos são mais resistentes a algumas doenças, e pode acontecer de serem portadores de algum vírus e serem assintomáticos, ou seja, não aparentarem sintoma clínico nenhum. Porém, quando inserimos um gato bebê junto deste adulto assintomático, ele acaba contraindo o vírus e por ser mais sensível fica doente.

As doenças mais comuns que afetam filhotes de gatos são:

Infecções respiratórias

Doenças que afetam o trato respiratório superior dos felinos incluem as causadas pelos vírus da Rinotraqueíte felina, Herpervírus felino e Calicivirus. O vírus da Rinotraqueíte é altamente contagioso devendo separar o gato doente dos demais gatos saudáveis, já que é um agente transmitido por contato, e atinge em especial gatos filhotes devido a não imunização do gatinho, já que a vacina diminui as chances de o filhote contrair estas doenças. Sintomas incluem coriza, secreção nos olhos, febre, espirros, conjuntivite e inchaço nos olhos.

Doenças parasitárias

Os parasitas mais comuns que infectam os gatos filhotes são os Ascaris e as Taenias. Os Ascaris, em geral, podem ser transmitidos por meio do leite materno, por isso não é necessário esperar até que o gato tenha 1 mês de vida para vermifugá-lo. Os vermes chatos, que são os da família da Taenia, são transmitidos por pulgas. Ambas as parasitoses, podem causar diarreia, vômito, obstrução intestinal, distensão abdominal e retardo do crescimento. Veja este outro artigo do PeritoAnimal sobre Como saber se meu gato tem verme.

FIV

A FIV é causada pelo vírus da imunodeficiência felina e é similar ao vírus do HIV em seres humanos. É transmitida por meio das secreções de gatos doentes, em geral, durante as brigas entre os gatos, ou pode ser transmitida da mãe para os filhotes. Alguns filhotes podem desenvolver a doença, e outros podem ser assintomáticos, desenvolvendo a doença apenas quando forem mais velhos.

Se quiser saber mais sobre as doenças mais comuns nos gatos adultos, o PeritoAnimal preparou este outro artigo para você.

Doenças mais comuns em filhotes de gatos - Doenças que afetam filhotes de gatos

Doenças que matam filhotes de gato

As doenças mais comuns em gatos e que, em geral, são mortais para gatos filhotes são:

Panleucopenia Felina

Doença provocada pelo vírus Panleuk, do mesmo grupo das parvoviroses em cães, porém específico para gatos. Este vírus é responsável por causar a doença popularmente conhecida como Cinomose felina, e infecta gatos jovens até 1 ano, por não estarem imunizados contra o vírus por meio da vacinação. Esta doença é mortal em gatos jovens e altamente contagiosa, devendo-se separar o gato doente dos saudáveis, pois o modo de transmissão é por meio de secreções como saliva, comedouros e bebedouros.

Calicivírus Felino

É uma das doenças que afeta o trato respiratório de gatos, porém esta, possui alta mortalidade entre gatos jovens e adultos. Os sintomas são parecidos com os da Rinotraqueíte Felina, por isso é importante levar o filhote ao veterinário logo que ele apresentar os primeiros espirros e coriza, para que o veterinário possa diagnosticar, por meio de exames específicos para detectar a doença. A Calicivirose possui alta taxa de mortalidade e o gato que sobreviver ao vírus passa a ser portador do vírus para toda a vida, podendo manifestar novamente a doença casa haja uma baixa em sua imunidade novamente.

FELV

A FELV é a Leucemia felina, também causada por um vírus denominado de Oncovírus, e que também é transmitido por meio de secreções e contato durante brigas ou gatos que convivem juntos, e da mãe para os filhotes. É uma doença mais agravante do que a FIV, visto que o filhote, por ter a imunidade mais baixa, pode desenvolver uma série de agravantes devido a doença, com Linfoma, anorexia, depressão, tumores e o gato pode precisar, inclusive, de uma transfusão sanguínea dependendo da doença que for contraída pelo vírus da FELV. Na maioria dos casos, filhotes não sobrevivem.

PIF

PIF é uma abreviação para Peritonite Infecciosa Felina, e é causada por um coronavírus. A PIF pode ser diagnosticada por meio de exames específicos e ultrassom, para constatar o líquido em cavidade peritoneal, o que provoca aumento do abdômen, líquido em cavidade abdominal, anorexia, aumento da frequência respiratória e cardíaca, febre e o filhote fica extremamente debilitado. Não existe cura, então ela é mortal em 100% dos gatos filhotes e idosos.

Apesar de essas doenças virais não terem cura e possuírem alta taxa de mortalidade em filhotes de gatos, é extremamente importante vacinar os filhotes contra esses vírus, já que a vacinação pode prevenir que o gato contraia o vírus e fique doente. A prevenção é a melhor solução contra essas doenças, portanto, não permita que seu gato tenha acesso à rua e mantenha-o sempre dentro de casa, já que ele pode entrar em contato com gatos doentes durante brigas, e acabar trazendo o vírus de volta para casa contaminando os filhotes, dessa forma.

Confira também nosso artigo sobre gato com Síndrome de Down existe?

Doenças mais comuns em filhotes de gatos - Doenças que matam filhotes de gato

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Doenças mais comuns em filhotes de gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Prevenção.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
20 comentários
A sua avaliação:
Joseane
Meu gato tem 2 meses e nao cresce,e tem febre ,ele só quer dormir....oq sera q ele tem?oq q dounpra ele tomar?
Equipe editorial do PeritoAnimal (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi, Joseane. Temos este post que explica por que os gatos dormem tanto. [https://www.peritoanimal.com.br/por-que-os-gatos-dormem-tanto-23446.html]. Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes. Aqui você encontrará alguns veterinários gratuitos e de custos baixos: https://www.peritoanimal.com.br/veterinario-gratuito-locais-de-atendimento-gratis-e-com-precos-baixos-23144.html
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Ana
Estou muito preocupada. Minha gata teve cria a dois dias. Nasceram 5 filhotes, e hoje, dois morreram. Ambos se afastaram da mãe, não se mexiam, e depois pouco tempo, morreram com a boca aberta. Poderiam me dizer a causa, e se é um perigo para os outros filhotes? Suspeitei até que minha gata não estava dando o leite suficiente...
A sua avaliação:
Bruno
2 gatinhos sem meses e anos morreram e agora tem um que a minha mãe não sabe se ele tem vermes ou essa coisa do tipo ele e seu irmão mais velho tem agora 2 meses . Por favor alguém me ajuda a saber o que ele tem pois rezo por ele seu irmão e sua mãe não estejam doentes e quero o bem para eles.
Administrador PeritoAnimal
Oi! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Paulo
Meu gato morreu muito rápido tinha uns 4 a 5meses matou um rato d madrugada e noite botou um pouco d sangue e pouco coco mole acho q era vômito uma gosma em seguida pouca respiração e uns miados pouco tempo morreu o q pode ser transmite para pessoas porque tenho crianças
A sua avaliação:
Karina
Pergunta?
Minha gata deu cria faz uma semana e um dos gatinhos está com as patas inchadas parece que vai estourar o que fazer?
Nídia Figueira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Karina! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do filhote para obter um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes.

A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Michele
Salvei um filhote recém nascido da boca de um cachorro, como não encontrei a mãe estou cuidando do gatinho . Ela deve ter no máximo 3 dias a minha dúvida é se recém nascido já tem alguma doença transmissível??
A sua avaliação:
maria aparecida
Olá boa noite ! Minha gatinha tem 4 meses ela esta urinando sangue mas n apresenta estar doente brinca o tempo todo esta gordinha e c o pelo bonito o q pode ser?
Lindaci de Oliveira Monteiro
Ola boa tarde.Ja perdi filhote com 5 dias, parto foi dificil, o primeiro nasceu morto ele foi o segundo e com 5 dias ficou respirando com dificuldade e barriguinha avolumada, que será?
Paulo Kruger
Minha gata até esse ano nunca teve um filhote que cresceu. Todos morreram. Os filhotes começam bem, aparentemente normais. Depois de umas 3 ou 4 semanas alguns começam morrer. Eles miam e param de miar, ficam assim por horas até morrer. É muito sofrido! Neste momento tem o ultimo filhote nesse cenário, está bem mole deitado, agora está em silencio respirando rápido, mas logo começa a miar, acho que é por dor.
Estou pesquisando mais uma vez tentando entender essa doença. Posso estar errado, mas a característica que eu como leigo mais assemelho a essa doença é a do PIF. Alguém pode me confirmar?
Luísa Savala
Oi Paulo! Sem ver o seu gatinho não conseguimos passar nenhum diagnóstico. No entanto, recomendamos que você busque ajuda de um médico veterinário de confiança o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
Léo Fontoura
Eu tinha achado a resposta disso, o PIF não mata com exatidão assim, minha gata tem esse problema, é algo no leite e no tipo sanguíneo.
Luciana
Boa noite. Os filhotes que nasceram da minha gatinha começaram com uma gripe, conjuntivite, não queriam se alimentar, foram ficando debilitados até morrer. Todos morreram. O que pode ser?
Rita
bom dia,ta acontecendo com os meus gatinhos a mesma coisa.
mas aqui recomenda o que alguem com dinheiro no bolso faria, correr p um veterinario.

Doenças mais comuns em filhotes de gatos
1 de 3
Doenças mais comuns em filhotes de gatos

Voltar ao topo da página