Partilhar

Dicas para adestrar um Yorkshire

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 8 janeiro 2018
Dicas para adestrar um Yorkshire

Ver fichas de  Cachorros

Sabemos que os cachorros de raça pequena são verdadeiramente genuínos e que sua estrutura pequena abarca muitas vezes uma grande personalidade que se mistura de forma perfeita com doçura, carinho e inteligência.

Este é o caso do Yorkshire Terrier, uma raça originária da Grã Bretanha, que longe de ser concebida como uma raça de caçadores para controlar determinadas pragas, foi concebida para ser mimada e paparicada, o que levou a muitos preconceitos em relação a cães desta raça, que muitas vezes não têm a educação adequada.

Tem um yorkie ou está pensando em adotar um deles? Então deve saber que o adestramento é de grande importância para este cachorro. Neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe dar algumas dicas para adestrar um Yorkshire.

Também lhe pode interessar: Dicas para adestrar um Schnauzer

O temperamento do Yorkshire Terrier

Algumas variedades do Yorkshire nem chegam a pesar sequer 1 quilo na sua idade adulta, mas apesar disso, caraterizam-se por possuir um marcado e genuíno temperamento, do qual podemos destacar os seguintes traços:

  • É um cachorro cheio de energia que a manifesta saltando, ladrando, agitando-se continuamente, etc. O dono deve ajudar a canalizar esta energia de forma produtiva para evitar ter um cachorro histérico e ansioso.
  • A sua natureza não é submissa nem obediente, uma vez que possui um forte instinto territorial.
  • Trata-se de um cachorro verdadeiramente inteligente e que possui uma excelente memória, pelo que pode aprender rapidamente.
  • É doce e carinhoso, no entanto, também é muito exigente com seu dono, precisando do seu contato e da sua presença de forma contínua.
  • O seu extraordinário sistema auditivo faz dele um dos melhores cães de guarda, assim como acontece com inúmeras raças pequenas.
  • É um cachorro caseiro e familiar, tanto que percebe claramente qualquer mudança de rotina, apesar disso deve-se reconhecer que é um cão paciente com as crianças.
  • O Yorkshire precisa de brinquedos, pois gosta de brincar e a sua natureza é muito alegre.
  • Dá-se bem com outros animais, sempre que se estabeleçam regras para a convivência.
  • O seu caráter pode-se equilibrar facilmente, no entanto, para isso precisa de passeios diários.

Como vemos o seu temperamento é muito acentuado, ao mesmo tempo que adorável, mas requer que saibamos como adestrar um Yorkshire corretamente.

Dicas para adestrar um Yorkshire - O temperamento do Yorkshire Terrier

O Yorkshire é um cachorro, não uma criança

Um dos principais problemas que encontramos ao falar do adestramento do Yorkshire Terrier é precisamente sua doçura, afetividade e a sua expressão verdadeiramente adorável, que juntos ao seu tamanho pequeno, fazem deste cachorro um pet ideal para mimar.

Muitos dos problemas de comportamento desta raça são devido à atitude dos donos, que tratam os seus pets como se fossem crianças, quando são cachorros que podem sofrer ao querermos humanizá-los.

Para poder disciplinar um Yorkshire Terrier e conseguirmos ficar firmes perante a sua expressão adorável, devemos ter claro o seguinte:

  • É um cachorro caprichoso, assim para o educar é preciso não o mimar.
  • Não devemos mimá-lo em excesso, ele precisa de afeto, mas não tanto como pode precisar um bebê.
  • Não devemos ceder perante ele quando simplesmente nos pede carinho, devemos apenas dá-lo quando o merecer.

Devido às caraterísticas do Yorkshire, cumprir estas regras pode ser difícil, mas é absolutamente necessário.

Dicas para adestrar um Yorkshire - O Yorkshire é um cachorro, não uma criança

O reforço positivo

Todos os cachorros precisam de aprender com o reforço positivo, o que poderíamos resumir da seguinte forma: não dar bronca pelos erros e premiar o bom comportamento.

O reforço positivo consiste em premiar o nosso cachorro com carícias, palavras carinhosas ou guloseimas caninas (ou todos estes estímulos paralelamente) quando executaram uma ordem de forma adequada.

Pelo contrário, para adestrar um Yorkshire, não deve bater-lhe ou gritar com ele, uma vez que isto causará um estado de estresse e ansiedade que não irá possibilitar uma boa aprendizagem.

O que é de grande importância é que se demonstre como um dono que não está disposto a ceder, que é capaz de dominar a situação e que vai manter a sua posição. Por exemplo, se quer que o seu pet não suba para o sofá, não deixe que realize esta ação sob qualquer circunstância, se um dia o permitir ultrapassar esse limite, é muito provável que o volte a fazer embora você não o deixe.

Tenha em conta que com um Yorkshire é de grande importância marcar claramente os limites e não ceder uma vez que estes se tiverem definido.

Dicas para adestrar um Yorkshire - O reforço positivo

Passear com o Yorkshire

Para iniciar o seu pet nos seus passeios diários é importante que o habitue de forma progressiva, desta forma poderá desfrutar dos passeios plenamente, uma vez que conseguirá adestrar o Yorkshire.

Primeiro deve habituá-lo ao uso da coleira, colocando-a desde as primeiras etapas para que assim se sinta confortável com ela, e quando o tiver habituado à coleira, deve colocar a correia e levá-lo a passear.

Deixe que o cachorro se mexa livremente com a correia para que experimente a sensação, depois deverá ensinar-lhe a ordem básica "vem".

Para evitar puxões indesejados durante o passeio, é importante que o ensine a caminhar ao seu lado, pelo que deverá manter a sua cabeça perto da sua perna.

Dicas para adestrar um Yorkshire - Passear com o Yorkshire

Evitar ingestões perigosas

É muito importante adestrar o seu Yorkshire para evitar qualquer ingestão acidental que possa ser prejudicial para ele, uma vez que se trata de um cachorro muito ativo e energético, na curiosidade de descobrir o seu meio podem danificar muitos objetos, ou pior, machucarem-se a eles próprios.

Para isso, deve trabalhar com prêmios comestíveis, que deixará no sol para lhe ensinar a ordem "deixa", deste modo o cachorro aprenderá a se distanciar dos possíveis objetos que possa encontrar.

Dicas para adestrar um Yorkshire - Evitar ingestões perigosas

Nunca deixe de trabalhar com o seu Yorkshire

Acreditamos que a educação do Yorkshire é um processo que tem lugar apenas durante a etapa de filhote, mas o seu comportamento deve ser reforçado também durante a etapa adulta, para assim conseguir manter o equilíbrio do seu temperamento.

O Yorkshire é um cachorro muito familiar, pelo que se está disposto a adotar um deles, recomendamos que se informe de tudo sobre a ansiedade por separação e, por fim complementamos toda a informação que lhe demos com vários truques de adestramento canino.

Leia também o nosso artigo sobre os cuidados e tudo o que deve saber sobre o Yorkshire Terrier.

Dicas para adestrar um Yorkshire - Nunca deixe de trabalhar com o seu Yorkshire

Se deseja ler mais artigos parecidos a Dicas para adestrar um Yorkshire, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Educação básica.

Escrever comentário sobre Dicas para adestrar um Yorkshire

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Magno
O meu é macho tem 4 anos passeio com ele e ele é bastante obediente e muito colado comigo quando chego do trabalho de moto já na varanda ele começa a latir já sabendo que estou chegando. dou lhe ração duas vezes ao dia não muita quantidade pois já sei mais ou menos o que ele vai consumir. É de fato um ótimo companheiro! Estou muito satisfeito com ele o FREDY.
Marlene
Olá.
Eu queria saber quanto custa um Yorkshire terrie

Dicas para adestrar um Yorkshire
1 de 7
Dicas para adestrar um Yorkshire

Voltar ao topo da página