Partilhar
Partilhar em:

5 coisas que deve saber antes de adotar um gato

5 coisas que deve saber antes de adotar um gato

Ver fichas de  Gatos

Ter um animal de estimação é uma das melhores decisões que pode tomar e se se trata de um gato, e além disso o tiver adotado, então melhor ainda! Mas, está preparado para ter um animal de companhia em casa? Se tem dúvidas quanto à resposta desta pergunta, no PeritoAnimal vamos ajudá-lo a resolver o problema e explicamos-lhe as 5 coisas que deve ter em conta antes de adotar um gato.

Incorporar um novo membro à família é sempre um motivo de alegria, mas quando adota um animal deve ter em conta muitos fatores, tanto do animal em si, como da família à qual quer se integre e do lugar que passará a ser a sua nova casa.

Se já conviveu com gatos deve saber algumas coisas importantes, mas não se esqueça que embora a emoção de ter um pequeno gato em nossa casa nos supere, o sentido comum nunca deve falhar. É melhor estarmos preparados para fazer com que o nosso amigo se sinta bem e que a relação gato-humano se desenvolva da melhor forma possível.

Se quer adotar um gato, saiba tudo o que deve saber antes e prepare-se para desfrutar de um excelente pet.

Também lhe pode interessar: 5 motivos para adotar um gato

1. Filhote ou gato adulto

Sabemos que um gato pequeno vai ser sempre mais animado que um adulto, mas deve saber que os gatos adultos também estão cheios de carinho para dar e pode ser que a habituação à sua nova casa seja inclusive mais fácil que a de um gato muito jovem.

Se decidiu adotar um filhote de gato tem que ter em conta que deverá ter paciência para o educar e tempo para brincar com ele, uma vez que os filhotes têm demasiada energia e são bastante hiperativos. Além disso, desfrutará com o seu pet uma etapa bonita, cheia de momentos divertidos, mas que têm responsabilidades importantes.

Se pelo contrário, quer ajudar um gato adulto, as vantagens de o adotar são muitas. Um gato adulto já tem os conhecimentos básicos aprendidos e habituá-lo a uma nova casa será mais simples. Lembre-se que todos merecemos segundas oportunidades e mais ainda, animais como estes, que embora não brinquem tanto continuam proporcionando companhia e carinho incondicional.

Se ainda tem dúvidas quanto a este primeiro ponto, aqui tem alguns artigos que de certeza lhe serão úteis:

2. O seu espaço em casa

Tanto se se tratar de um filhote como de um gato adulto, uma das coisas que deve saber antes de adotar um gato é que um felino precisa de 4 espaços essenciais dentro da sua casa. Estes espaços são:

  • Área da caixa de areia: Um espaço no qual deverá estar sempre a sua caixa de areia. Lembre-se que os gatos são animais extremamente asseados e a zona onde está a caixa de areia é sagrada. Nunca deve estar próxima da comida e deve estar em um lugar ventilado sempre que for possível.
  • Zona de brincadeira: Se não quer que os seus móveis ou a sua roupa sofram de ataques contínuos, antes de adotar um gato, deve ter preparada a zona de jogos e esta deve incluir sempre um arranhador.
  • Zona de alimentação: Deve estar longe da caixa de areia, lembre-se que os gatos são delicados com os cheiros e a zona onde colocar o bebedouro e o seu recipiente para comer deve estar em outra parte da casa, sempre no mesmo lugar.
  • Zona de descanso: No geral, a zona de descanso costuma ser um canto no qual o nosso amigo se sente bem e que o utiliza tanto para dormir, como para levar a cabo as suas rotinas de higiene pessoal. Este lugar pode ser o próprio arranhador ou um canto da casa onde tenha uma almofada e alguns brinquedos.

Lembre-se que para ter um felino em casa não precisa de grandes espaços ou de um jardim para correr, mas o que tem de ter em conta antes de adotar um gato, é que este vai precisar de encontrar facilmente os seus espaços.

Para o ajudar com isto, nestes artigos encontrará várias dicas e conselhos que o ajudarão:

3. Prepare a família

Antes de adotar um gato é muito importante ter em conta que o novo pet irá fazer parte da sua família, por isso os restantes membros da mesma deverão estar cientes da sua chegada para que as boas vindas sejam positivas.

Crianças e adultos

Se tem crianças pequenas em casa deve prepará-las para a chegada do novo membro da família. Os gatos são muito carinhosos, embora a sua fama diga o contrário, mas também é verdade que são bastante independentes e que não gostam de ser perseguidos e manipulados durante longos períodos de tempo. Ensine os seus filhos a brincar com o gato e a educá-lo para que a relação seja totalmente saudável e o gato se possa integrar rapidamente na família.

Se este é o seu caso, não hesite em consultar o nosso artigo com os melhores gatos para crianças.

Quanto aos adultos, os gatos não são iguais a nenhum outro tipo de animal de estimação e por isso, não os pode tratar como se trata de um cachorro, por exemplo. Os gatos têm um caráter idêntico ao dos humanos, por isso não tente tê-los junto a si o dia todo. Lembre-se que são animais e que precisam de atenção e, sobretudo de muitas brincadeiras, como perseguir coisas ou caçar.

Outros pets

Os gatos são bastante territoriais, por isso antes de adotar um gato certifique-se que o resto dos pets que tem em casa conseguem se dar bem com ele. Se tem cachorros ou gatos, a melhor forma de introduzir o novo integrante da família será pouco a pouco e com muito cuidado, uma apresentação precipitada pode arruinar para sempre a relação entre os seus pets.

Para isso, dê um espaço privado ao novo gato, como uma cômodo por exemplo e vá lhe apresentando pouco a pouco o resto da casa. Deixe que os pets se cheirem uns aos outros, sem a necessidade de se verem, vigie os primeiros encontros de forma constante e assim vão perdendo o medo. Este processo pode demorar até um mês, tenha paciência e não o apresse.

Confira também estes conselhos que o podem ajudar neste processo:

4. Consulte o veterinário

Embora seja o ponto número quatro da nossa lista de coisas que deve saber antes de adotar um gato, o tema da visita ao veterinário é um dos mais importantes, tanto se quer adotar um filhote ou um gato adulto.

Leve o seu novo pet ao veterinário para este verificar se está tudo bem com ele e, se é necessário ser vacinado e desparasitado. Se tem outros animais em casa pode colocar em risco a sua saúde ao levar outro animal que possa transmitir doenças.

Os gatos, apesar de serem fortes, são animais também delicados em certos aspetos. Um gato deprimido ou assustado tem mais chances de contrair certas doenças, pelo que é importante vigiar o seu estado de saúde desde o primeiro momento em que chega à sua vida. Outro fator que deve ter em conta é o tema da castração, que está muito relacionada com a sua felicidade, uma vez que um gato não tem o "estresse" que pode gerar a época do cio, não será apenas mais dócil como também mais feliz.

Se tem dúvidas sobre este tema, pode se informar mais sobre o cio nos gatos e os benefícios de castrar um gato nestes artigos.

5. Um gato mudará a sua vida

Ao longo deste artigo explicamos os fatores básicos que deve ter em conta se quer adotar um gato. Deve decidir que tipo de gato quer, deve preparar o espaço para ele em casa e o resto da família para a sua chegada e, também lhe explicamos que a visita ao veterinário é quase obrigatória, mas o mais importante de tudo é que ter um gato como pet deixará a sua vida de alegria!

Os gatos precisam de tempo, cuidados e carinho, como qualquer ser vivo, e tudo o que lhe dão em contrapartida não tem preço, por isso não hesite em ter um gato na sua família. Seja qual for o motivo que o tenha levado a tomar esta decisão, deve saber que a relação com o seu novo pet deve ser para sempre e que os sacrifícios que terá de fazer, terão como resultado uma amizade única.

Pode ser que os felinos tenham má fama, que o seu caráter solitário e independente se confunda com egoísmo, agressividade e até que alguns acreditem que os gatos são animais traiçoeiros, mas quem tem um felino em casa sabe que isto está completamente longe da realidade. Um gato dará alegria a sua casa, será o seu apoio em momentos de solidão, irá torná-lo uma pessoa mais ativa e por conseguinte, as risadas diárias estarão asseguradas com as suas loucuras. Confira todos os benefícios de ter um gato conosco.

Não se esqueça de comentar e compartilhar conosco a sua experiência vivendo com gatos!

Se deseja ler mais artigos parecidos a 5 coisas que deve saber antes de adotar um gato, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre 5 coisas que deve saber antes de adotar um gato

O que lhe pareceu o artigo?

5 coisas que deve saber antes de adotar um gato
1 de 6
5 coisas que deve saber antes de adotar um gato