Partilhar

Convivência entre gatos e coelhos

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 22 maio 2017
Convivência entre gatos e coelhos

A convivência entre estes dois animais pode parecer muito difícil ou quase impossível, mas isso não é a realidade, uma vez que o coelho e o gato podem chegar a ser grandes amigos, sempre que os primeiros passos na convivência se deem de forma adequada e progressiva.

Se está pensando em acolher sob o mesmo teto estes dois animais, no PeritoAnimal damos-lhe alguns conselhos para tornar possível a convivência entre gatos e coelhos.

Também lhe pode interessar: Convivência entre gato e hamster

Com os filhotes é sempre mais fácil

Se o coelho é o animal que entrou primeiro em casa pode tentar atacar o gato se este for pequeno, devido à natureza dos coelhos ser hierárquica.

Pelo contrário, se é o coelho que entra em casa com a presença de um gato adulto é muito fácil que o gato atue com base no seu instinto predador, considerando o coelho a sua presa.

Em contrapartida, se este primeiro contato ocorrer quando ambos os animais são filhotes, é muito simples que a convivência seja de harmonia, uma vez que entendem que o outro animal é companheiro, fazendo parte de um novo ambiente e de uma nova dinâmica. Mas acolher estes dois animais ao mesmo tempo nem sempre é possível, por isso veja como agir em outros casos.

Convivência entre gatos e coelhos - Com os filhotes é sempre mais fácil

Se o gato vier depois...

Embora estes dois animais possam ter uma grande amizade, não é conveniente forçar o contato nem a presença, devemos entender que independentemente de quando tiver chegado o gato, o coelho é a sua presa natural.

Nestes casos convém iniciar o contato na gaiola, e por mais pequeno que seja o gato, é conveniente que o espaço entre as barras da gaiola seja suficientemente estreitas de maneira a que o gato não consiga introduzir as suas garras. Também é necessário que a gaiola do coelho seja grande para que assim o gato vá reconhecendo e se habituando aos seus movimentos.

Deve ter paciência uma vez que este período pode durar desde dias até semanas, e o mais recomendável é que o contato ocorra sempre de forma progressiva. O seguinte passo é permitir um contato direto de ambos os animais de estimação em um cômodo. Não intervenha a não ser que seja realmente necessário. No entanto, se o gato tentar atacar o coelho, pulverize-o com um spray de água, de forma rápida, assim o gato associará a água ao comportamento que teve com o coelho.

Convivência entre gatos e coelhos - Se o gato vier depois...

Se o coelho vier depois...

Os coelhos têm uma grande sensibilidade perante as mudanças e ficam estressados com grande facilidade. Isto quer dizer que não podemos apresentar o gato assim de repente. É necessário que primeiro o coelho se habitue à sua gaiola e ao cômodo onde vai estar e, posteriormente à casa.

Uma vez que esteja habituado ao seu meio é o momento de apresentar o gato, serão necessárias as mesmas precauções que no caso anterior, primeiro o contato a partir da gaiola e posteriormente o contato direto. Se tiver paciência e cuidado a convivência entre gatos e coelhos não lhe causará nenhum problema, desta forma poderá ter dois animais de estimação que têm uma grande relação.

Convivência entre gatos e coelhos - Se o coelho vier depois...

Se deseja ler mais artigos parecidos a Convivência entre gatos e coelhos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Escrever comentário sobre Convivência entre gatos e coelhos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
8 comentários
A sua avaliação:
Gustavo Oliveira
Eu comprei um mini coelho (Cabeça de Leão é a raça eu acho) e após uns 3 meses minha noiva adotou um gatinho bem novinho, já são melhores amigos, toda noite o gato vai dormir com o coelho para não ficar só!
A sua avaliação:
Thais
Oi! Eu quero adotar um gatinho, mas eu tenho 5 coelho; eu seguiria os mesmos passos do artigo mas com cada um?
Thais
Oi! Eu quero adotar um gatinho, mas eu tenho 5 coelhos; nesse caso eu seguiria os passos que está no artigo mas mostrando um coelho de cada vez?
A sua avaliação:
Vitor Chavantes
Oi!! Então, a historia é engraçada, mas preciso compartilhar e claro tirar duvidas porque o artigo não diz a respeito sobre o meu caso.. hahaha..

Bem, moro em uma casa que tem um jardim maneiro, um tempo atras, talvez uns 6 meses atras, resgatamos essa gatinha da foto (Dara), já adulta, porém ela tem traços de já ter sido maltratada e suspeitamos disso devido a agressividade dela, pois ela é braba, grosseira, arranha se não estiver afim de papo ou carinho, arranha se não dermos carne pra ela (é mole?) e etc.. Enfim, ela é bem agressiva e caça pequenos roedores, tem fase que ela caça direto e outras que não, ela já até pegou beija flor!!! :O
Mas claro, mesmo com tudo isso nós amamos ela!

E ai algo inesperado acontece, moramos nessa casa a quase 2 anos e nunca algo parecido aconteceu. Um dia, sem mais nem menos minha mãe me manda uma mensagem: - Vitor, tem um coelho aqui.
Eu questionei e falei. -como isso, mãe?
Mãe: Ele simplesmente apareceu...

É o coelho da foto, agente perguntou aos vizinhos e os vizinhos falaram coisas diferentes e dentre estas que o coelho vinha de um vizinho la de baixo e pow para chega na minha casa tem q subir uma escadaria e tem um portão! Simplesmente o coelho passou a morar aqui, passou a comer as plantas da minha mãe e depois passamos a comprar ração pra ele, pra mata a fome dele (come pracaralio viu, meu deus) pq ele invade a casa pra comer a ração do gato, pra dormir no colchão e etc.. (minha mãe fica bolada hahaha )..

Bom, o coelho ficou e no primeiro dia mesmo a gata nada fez a não ser ficar longe, com o tempo reparamos que eles aproximavam e agora parecem um casal, o coelho segue a gatinha para todos os lados quando não esta entocado (ele já dormiu na parte de cima da casa e agora dorme na parte de baixo), moral da historia, eles parecem ser marido e mulher.

Acho surreal.. O coelho parece ser cego de um olho, suspeitamos que ele seja velho. Não sabemos.... São só julgamentos, ele aceita carinho de boa, no corpo todo.. A gata, volta e meia da umas patada frenética nele, parece q ele esta brincando com ela, mas ela não curte não (ou a brincadeira dela é bruta), o coelho corre em volta dela, chega perto dela por trás e da uns sustos nela e é muito engraçado!!!! Ela fica bolada e as vezes corres atras dele pra da umas porrada nele, mas ai daqui pouco fazem as "pazes" e ficam nesse love ai.. Enfim, aguardo comentários, adoraria dividir historias e ler opiniões! Ler o artigo e ver as doideiras entre a relação coelho e gato e estar presenciando esse caso aqui é engraçado demais!
A sua avaliação:
Cláudia
minha gata tem 6 meses e a trouxe recentemente pra morar onde tem um coelho de 1 ano e 10 meses (não castrado)... ela quer brincar com o coelho, igual todo filhote, mas ele se estressa e quer mordê-la, existe algum risco pro coelho?
Vanessa Lopes (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Cláudia! É muito importante que o contato entre ambos ocorra de forma progressiva para nenhum dos dois acabar magoado. Deve começar por juntá-los primeiro em um cômodo durante alguns minutos e com a sua supervisão, aumentando o tempo de forma progressiva à medida que for vendo que não há problema. Só quando vir que realmente eles se dão bem é que deve deixá-los sozinhos. Obrigada pelo seu comentário e boa sorte ;)
A sua avaliação:
Monica
Minha amiga tinha só coelhos e um deles adulto macho é super amigável com uma gatinha filhote que ela resolveu adotar, mas esse último vídeo que ela me mandou, eu acho que a gatinha não está mais só brincando e sim treinando um ataque no futuro. a gatinha estava deitada, o coelhinho está se lambendo. Ela levanta e olha para o pescoço do coelho, distrai e parece que vai descer do sofá, (os dois estavam em cima do sofá). O rabo levanta e começa a balançar para os lados, ela resolve voltar, põe a patinha atrás da orelha do coelho, (o coelho é meigo e acha que ela está fazendo carinho e é submisso), ele é maior do que ela, ela fica com as duas patinhas pelo corpo, olhando agora para a parte traseira dele, como o abraçando, meio que dando mordidinhas e lambidas, o rabo para algumas vezes de balançar, a gatinha para um pouco e agora abraça o pescoço do coelho. O vídeo termina. Algo me diz que isso pode acabar mal, o que vc acha sobre isso?
Vanessa Lopes (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Monica! Tudo depende de alguns fatores, como se eles já tinham estado juntos antes ou se é a primeira vez que se estão conhecendo. Mas como era gatinha filhote, é provável que ela só quisesse brincar com o coelho. Obrigada pelo seu comentário :)
A sua avaliação:
Tiago
Oi Pessoal, tudo bem ? Temos 4 gatos em casa, 2 de 1 ano e 8 meses e 2 de 10 meses. Um parente nosso nos ofereceu um coelhinho, quando nascer. Considerando a idade, acha que seguindo os passos do artigo, teremos problemas de convivência ?
Vanessa Lopes (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Thiago! Tudo vai depender um pouco da reação dos gatos que já vivem em casa, por isso a apresentação entre ambos deve ser feita aos poucos. No início deve colocar o coelho sozinho em um cômodo e depois ir apresentando os gatinhos e deixando que eles estejam se conhecendo durante algum tempo. Depois deve aumentar progressivamente o tempo que estão juntos e o espaço da casa, lembrando que ao início não os deve deixar sozinhos. Pouco a pouco e com paciência, com certeza que eles se vão dar bem! Muito obrigada pelo comentário e boa sorte! :)
Ana Carolina
Tenho 3 gatos sendo 1 de 7meses outro de 1 ano e outro de 6 anos, acabei de adotar um coelho de 1 ano e pelo oque estou vendo eles covivem ate que bem no meu quarto as vezes os gatos levam susto com o coelho e saem correndo dele mas tirando isso nunca o atacaram pra min estou fazendo certo. Já faz uma semana que o coelho chegou tenho certeza que ele vão ser grandes amigos.
Vanessa Lopes (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Ana! Que bom saber que a convivência entre eles está sendo muito boa, esperamos que continue. Se tiver alguma dúvida sobre os seus cuidados, não hesite em deixar um comentário. E se quiser pode partilhar uma foto dos seus bichinhos :) Muito obrigada pelo seu comentário!

Convivência entre gatos e coelhos
1 de 4
Convivência entre gatos e coelhos

Voltar ao topo da página