Partilhar

Morkie

Atualizado: 12 novembro 2019
Morkie

Sem dúvidas, você vai se surpreender quando descobrir a raça canina que vamos lhe apresentar a seguir, os Morkies uns peculiares cachorrinhos que surgem da cruza entre o Yorkshire Terrier e o Maltês. Esses cachorros têm características muito especiais como, por exemplo, sua lealdade e ousadia.

Quer conhecer melhor os cachorros Morkies? Neste artigo do PeritoAnimal vamos explicar todas as características do Morkie, sua personalidade e cuidados. Continue lendo!

Origem
  • América
  • Canadá
  • Estados Unidos
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Ideal para
Clima recomendado
Tipo de pelo

Morkie: origem

A raça Morkie surgiu na década de 80 quando um criador decidiu cruzar um Yorkshire Terrier com um Maltês. Após esse cruzamento, nasceram os primeiros filhotes de Morkie. Assim como outras raças que surgiram do cruzamento entre duas raças caninas muito conhecidas, os Morkies não foram registrados como uma raça autônoma por nenhum dos órgãos cinológicos internacionais. Esses cachorrinhos são muito populares, sendo comum que se tornem pets de personalidades do mundo do cinema, da música e dos esportes.

Morkie: características

Um Morkie é um cachorro de pequeno porte, cujo peso se encontra normalmente entre os 2,5 a 5 quilos. Sua altura varia entre os 15 e os 31 centímetros e sua expectativa de vida gira em torno de 10 a 13 anos.

O corpo de um cachorro Morkie é compacto, com membros curtos e musculosos, embora geralmente sejam muito mais longos que os de um maltês. O rabo é de comprimento e espessura médios. A cabeça é média, com um focinho largo, redondo e escuro, geralmente preto. Suas orelhas são caídas e pendem ao lado da cabeça, sendo espessas e cobertas por uma densa camada de pelo. Os olhos são arredondados, de cor escura, olhar afável e vivaz.

A pelagem de um Morkie é longa e densa e destaca-se por sua suavidade, apresentando uma sub pelagem com aspecto de lã que ajuda o isolamento térmico desses cachorrinhos. Não realiza troca de pelo, motivo pelo qual é considerado um dos cachorros hipoalergênicos.

Filhote de Morkie

Os filhotes de Morkies são realmente adoráveis, pois são pequeníssimas bolinhas de pelo que só querem brincar e receber carinho. Assim como outras raças de pequeno porte, os filhotes costumam ser mais delicados e precisam de vigilância para evitar riscos e perigos, podendo detectar o quanto antes sinais de doenças, como apatia, excesso de choro ou agressividade sem motivos.

Cores de Morkie

As cores mais valorizadas e mais frequentes entre os Morkies são, prata, marrom-canela, branco, bege e preto, assim como a combinação das anteriores.

Morkie teacup ou toy

Existe uma variedade de Morkie de tamanho menor, que não ultrapassa os 3,5 quilos, motivo pelo qual é considerada como a variante toy da raça. Apesar do pequeno tamanho, não existem diferenças entre um Morkie padrão e um Morkie toy, sendo iguais em personalidade e morfologia.

Morkie: personalidade

Um exemplar padrão de Morkie se caracteriza por ter um temperamento forte, destacando-se a teimosia e determinação. Contudo, embora sua grande autoconfiança possa dar a impressão de não precisar de nada de ninguém, é um cachorro muito dependente. Isso faz com que seja necessário dar muita atenção e carinho para que eles não se sintam tristes e sozinhos.

Por outro lado, esse cachorro pode apresentar problemas ao se relacionar com os outros se não for socializado corretamente. Esses problemas podem surgir tanto com outros pets quanto com pessoas. Isso ocorre devido a sua grande desconfiança em relação a tudo e todos, além de sua dificuldade em lidar com estranhos, algo que desaparece após ganharem confiança nos demais.

Morkie: cuidados

Os cuidados do Morkie mais importantes são destinados a tratar de sua dependência. Desta forma, se você tiver um Morkie em sua casa, deve ter em conta as necessidades típicas da raça. Uma das mais importantes é conseguir que o Morkie se sinta querido e atendido em suas necessidades, pois a maior parte dos problemas que podem sofrer são a ansiedade por separação e o sentimento de abandono.

Outro tema fundamental é referente a sua alimentação. Você deve estar muito atento com a sua nutrição, já que se trata de uma raça gulosa, cuja carinha adorável pode nos levar a sobrecarregá-lo com doces e guloseimas variados. Recomenda-se encarecidamente não passar dos limites na hora de oferecer petiscos, pois o sobrepeso causa muitos problemas e são cachorros com essa tendência.

É preciso escovar o pelo dos cachorros Morkie diariamente, caso contrário, ele ficará sujo e formarão nós impossíveis de serem desfeitos. Os banhos são imprescindíveis, recomendando-se aproximadamente um a cada mês ou um mês e meio.

Morkie: educação

No que diz respeito à educação dos Morkies, é preciso destacar que para adestrar um cachorro desta raça o melhor é fazê-lo o mais cedo possível, caso contrário o adestramento pode se tornar muito difícil. De qualquer forma, um dos aspectos mais relevantes do adestramento de um Morkie é a socialização. Para que esta seja correta, adequada e possa se realizar com a maior facilidade possível, recomendamos que você leia nosso artigo sobre como socializar um filhote de cachorro corretamente.

Os Morkies não são cachorros exatamente fáceis de educar, devido a sua personalidade forte e teimosia. Serão necessárias várias repetições, paciência e muito reforço positivo. Se em nenhuma raça é recomendável o castigo, nesta muito menos, pois poderia fomentar com mais força o desenvolvimento de problemas derivados do medo, do estresse e da ansiedade. Por isso, é fundamental deixar claro que não se aconselha sobrecarregar os cachorros com sessões de treinamento muito longas ou intensas. O melhor é estabelecer uma rotina em que existam sessões curtas e distribuídas o longo do dia.

Morkie: saúde

Os Morkies são cachorros muito mais saudáveis do que as raças que os deram origem, considerando-se esta uma vantagem natural de adotar um cão mestiço. Ainda assim, existem uma série de doenças que podem afetar o Morkie. Algumas das mais frequentes são aquelas referentes as ouvidos, à boca e aos olhos. Entre elas, se destacam as cataratas, glaucoma e a otite. Também podem herdar doenças típicas dos Yorkshires e dos Malteses, como a luxação da patela, o colapso de traqueia ou a insuficiência cardíaca valvular crônica.

Para garantir que o Morkie dispõe de boa saúde, é fundamental realizar uma boa prevenção mediante visitas periódicas ao veterinário, desparasitação e vacinação. Ademais, oferecer os cuidados básicos ao cachorro Morkie expostos nos itens anteriores são outra das chaves que te permitirão conviver com um cachorro feliz e equilibrado.

Morkie: adotar

Para saber se você está preparado para adotar um cachorro da raça Morkie deve ter em conta todas as suas necessidades, as quais foram abordadas neste artigo. Caso depois de considerar todas essas necessidades você ainda tiver certeza de que pode enfrentar as possíveis dificuldades e assumir total responsabilidade pelo cuidado de um Morkie, oferecemos alguns conselhos sobre sua adoção.

O melhor é, em todos os casos, buscar uma associação ou abrigo de proteção de animais, pois desta forma você evita o abandono animal e dá uma nova oportunidade a um bichinho abandonado. Recomendamos buscar informações sobre entidades protetoras na sua região, pois assim você poderá conhecer suas instalações e também todos os animais que precisam de um lar.

Bibliografia
  • Imagem 5: Reprodução/Confederação Brasileira de Cinofilia

Fotos de Morkie

Vídeos de Morkie

1 de 3
Vídeos de Morkie
Artigos relacionados

Suba a sua foto de Morkie

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário sobre Morkie

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Morkie
1 de 5
Morkie

Voltar ao topo da página