Partilhar

Bernedoodle

Atualizado: 30 outubro 2020
Bernedoodle

Nascido do cruzamento entre Poodles e Boiadeiros de Berna, o Bernedoodle é um lindo cachorro com uma personalidade avassaladora, um temperamento perfeitamente equilibrado e uma inteligência brilhante. Porém, isso não é tudo, já que o cachorro da raça Bernedoodle é carinhoso e brincalhão, ideal para todos os tipos de família.

Embora possa ser confundido com outros cachorros mestiços, como o Goldendoodle ou o Labradoodle, o Bernedoodle possui características particulares que o tornam um cão único. Embora seja verdade que todos eles compartilham parte da genética do Poodle, como dissemos, eles também têm características totalmente diferentes. Além disso, você sabia que o Bernedoodle é o predecessor do Cobberdog Australiano? Continue lendo para descobrir todas as características do Bernedoodle, sua origem e muito mais!

Origem
  • América
  • Estados Unidos
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Clima recomendado
Tipo de pelo

Origem do Bernedoodle

Os primeiros Bernedoodles vieram ao mundo graças aos cruzamentos feitos por um criador americano, que decidiu registrar os filhotes e dara eles o nome de Bernedoodle. Este nome é a combinação dos nomes das duas raças parentais, os Berneses (berne-) e os Poodles (-doodle). Esse nascimento ocorreu em 2003, quando se estabeleceu a origem da raça Bernedoodle.

Atualmente, a raça não está listada como raça independente, pois é considerada simplesmente um cruzamento entre duas raças. No entanto, é amplamente aceita, embora não exista um padrão oficial estabelecido para ela. Existe uma variação da raça chamada Bernedoodle Australiano, pois surge do cruzamento entre o Bernedoodle e o Labradoodle Australiano.

Características do Bernedoodle

O Bernedoodle é normalmente um cachorro de tamanho grande. No entanto, devemos esclarecer que existem três tipos de Bernedoodle de acordo com seu tamanho, já que espécimes grandes, pequenos ou toy podem nascer na mesma ninhada devido às diferenças que existem entre as raças progenitoras.

  • Bernedoodle toy: com peso entre 4 e 11 quilos e altura na cernelha entre 30 e 44 centímetros. Embora seja denominado "toy", não é um verdadeiro cachorro miniatura, mas sim uma classificação dentro desta raça híbrida, uma vez que os cachorros toy não costumam ultrapassar os 3 kg de peso.
  • Bernedoodle pequeno: pesa entre 11 e 22 quilos e mede entre 45 e 57 centímetros de altura. Como no caso anterior, este tipo de Bernedoodle na verdade se enquadra no grupo de cachorros de médio porte.
  • Bernedoodle padrão: com um peso entre 30 e 40 kg e altura na cernelha de 58 a 74 cm.

Da mesma forma que o tamanho de cada cachorro pode diferir mesmo nascendo na mesma ninhada, a pelagem também varia, logo, existem exemplares com pelo liso e outros com pelo cacheado, embora estes últimos sejam os mais comuns. Esta pelagem é hipoalergênica, sendo uma das razões pela qual a raça se tornou extremamente popular.

Continuando com as características do Bernedoodle, a cabeça deste cachorro é muito proporcionada, assim como seu focinho, de modo que não é nem muito larga nem muito fina. Os olhos são de tamanho médio, assim como as orelhas, que são triangulares e de inserção alta.

A expectativa de vida do Bernedoodle é entre 12 e 15 anos aproximadamente, sendo normalmente menor nos exemplares maiores.

Cores do Bernedoodle

As cores típicas do cachorro Bernedoodle são as que mais se assemelham com as cores do Boiadeiro de Berna, cuja pelagem é tricolor (preto, castanho e branco). Nesse caso, além disso, é comum observar uma faixa branca que começa na testa e percorre toda a barriga. Mesmo assim, existem exemplares que são apenas de uma cor, como o Poodle. Nesse caso, geralmente em tons diferentes de cinza ou marrom. Também é comum o padrão do Boiadeiro de Berna, com a faixa branca, mas com duas dores em vez de três, assim como cores diferentes, como branco e preto, branco e cinza, etc.

O filhote de Bernedoodle

Os pequenos Bernedoodles são incrivelmente fofos, pois são bolinhas de pelo que adoram abraçar e brincar. Porém, é nesta fase vital que os cachorros desta raça apresentam uma personalidade mais obstinada, sendo extremamente teimosos. Esta teimosia pode dificultar a seu adestramento, por isso, é considerado necessário iniciar a sua formação o mais cedo possível. Claro, é fundamental que o filhote fique com a mãe e os irmãos até que ocorra o desmame natural, o que geralmente ocorre por volta dos dois ou três meses de idade, pois é com a mãe que ele começa o processo de socialização e ela é encarregada de lhe transmitir os primeiros ensinamentos. Uma adoção prematura pode causar problemas de comportamento no futuro por ter dificultado esse processo. Descubra como socializar um filhote corretamente uma vez que esteja desmamado e adotado.

Personalidade do Bernedoodle

Este cachorro mestiço se destaca por sua personalidade afável, pacífica e reservado. Eles tendem a desenvolver certa dependência de membros do núcleo familiar, mas são extremamente desconfiados de estranhos. Portanto, o Bernedoodle geralmente não tolera bem a solidão, especialmente se não foi educado para isso. Na verdade, pode até desenvolver depressão ou ansiedade por separação. Desta forma, é um cachorro que precisa de atenção e muito amor. Não é um bom cachorro para quem passa muito tempo fora de casa ou não consegue dedicar o tempo de qualidade de que necessita, brincando, passeando ou fazendo qualquer outra atividade em sua companhia.

Por outro lado, se bem socializado, o Bernedoodle se encaixa perfeitamente nas famílias com crianças, pois adora brincar com elas e passar horas juntos. Da mesma forma, adapta-se bem à vida com idosos ou em casas onde já vivam outros cachorros, gatos ou animais. Porém, é sempre necessário apresentá-los adequadamente para evitar possíveis problemas de convivência e tolerância.

Por último, o Bernedoodle é atento e inteligente devido à herança do Poodle, que representa uma das raças mais inteligentes do mundo. Por essa razão, os jogos de inteligência são perfeitos para esse mestiço. Além disso, é importante destacar que, às vezes, o Bernedoodle pode se mostrar um pouco territorial, pois busca proteger seus donos de possíveis ameaças, embora não seja um cachorro agressivo. Também não late muito, apenas quando considera que há um perigo potencial e sente a necessidade de avisar.

Cuidados do Bernedoodle

Um dos cuidados mais importantes do Bernedoodle é o exercício físico diário, que deve ser de intensidade moderada-alta. Isso é essencial porque é um cachorro bastante enérgico, que se não se exercitar o suficiente, pode sofrer alterações físicas e mentais. Por esse motivo, geralmente é melhor combinar caminhadas calmas com jogos e atividades físicas de alta intensidade, como corridas ou circuitos de agilidade.

É importante observar também que a dieta deve ser adequada ao tamanho de cada espécime, sempre optando por alimentos de alta qualidade, pois uma boa alimentação é a base de uma boa saúde. Esta dieta pode ter como base ração, comida caseira ou uma dieta mista que combina ambos alimentos. No caso da dieta caseira ou mista, é aconselhável consultar um médico veterinário especializado em nutrição para suprir corretamente as necessidades nutricionais do Bernedoodle.

Por outro lado, a manutenção da pelagem também faz parte dos cuidados do Bernedoodle, principalmente em espécimes de pelo encaracolado. Assim, é aconselhável escová-lo regularmente, cerca de duas a três vezes por semana, e ir ao tosador de vez em quando, pois esses cachorros não perdem tanto pelo e podem acumular pelos mortos, algo totalmente contraproducente. Já o banho deve ser realizado quando estritamente necessário.

Educação do Bernedoodle

Como já mencionamos, é muito importante iniciar a educação do Bernedoodle o mais rápido possível. Mesmo que você o adote já adulto, saiba que, devido à sua incrível inteligência, ele tende a se adaptar muito rapidamente e a internalizar novos conhecimentos de forma surpreendente.

Como um dos principais "problemas" do cachorro Bernedoodle é que ele costuma ser muito teimoso, o reforço positivo se torna ainda mais importante nessa raça híbrida. Assim, treiná-lo com recompensas, palavras de incentivo ou carinhos permitirá que você obtenha excelentes resultados, pois o animal permanecerá motivado e disposto a continuar aprendendo. Não perca nosso artigo sobre como adestrar um cachorro saber por onde começar e como.

Por outro lado, lembre-se que é um cachorro que não tolera a solidão, portanto, este é outro aspecto a ser considerado na hora de educar o Bernedoodle. É fundamental que você o acostume a ficar sozinho, ajudando-o a associar aquele momento a estímulos positivos, pois assim o animal ficará tranquilo na sua ausência e você também. Para fazer isso, consulte este artigo: como acostumar um cachorro a ficar sozinho.

Em geral, são cachorros tão inteligentes e tão atentos que não demoram a aprender, e por isso, com muito poucas repetições assimilam o comando ou a modificação no comportamento que queremos transmitir. Mesmo assim, como em qualquer animal, pode acontecer que resistam a certos aprendizados. Nesses casos é vital não se desesperar e, sobretudo, não usar punições. Paciência, calma e perseverança são sempre as chaves principais.

Saúde do Bernedoodle

Em geral, o Bernedoodle não costuma desenvolver as doenças típicas das duas raças progenitoras, o que faz dele um cachorro bastante saudável. Porém, isso não significa que não possa sofrê-las, o que ocorre é que nos cães sem raça definida a incidência desse tipo tipo de doenças hereditárias é muito menor do que nos puros.

Algumas dessas doenças são problemas ósseos e articulares, como a displasia de quadril ou a displasia de cotovelo. Também podem sofrer de problemas oculares, bem como problemas cutâneos. Se você notar que seu Bernedoodle se coça excessivamente ou está com a pele avermelhada ou irritada, é aconselhável levá-lo ao veterinário de referência para que ele possa determinar as causas, entre as quais podem estar dermatites atópicas ou alergias cutâneas. Para evitar conjuntivite ou outros problemas oculares, é recomendável limpar os olhos em casa. Para saber como fazer isso, você pode ler este artigo sobre como limpar os olhos do seu cachorro.

Outras condições que podem afetar este cachorro, embora em menor grau, são as seguintes:

  • Distúrbios digestivos
  • Alterações do sistema imunológico
  • Otite

Porém, se você levá-lo à clínica veterinária para fazer os check-ups periódicos que o profissional recomenda, mantiver sua higiene e oferecer todos os cuidados que ele precisa, terá um Bernedoodle forte e saudável ao seu lado, além de feliz.

Onde adotar um Bernedoodle?

Antes de tomar uma decisão importante como adotar um cachorro, é muito importante avaliar cuidadosamente as necessidades do animal e seu estilo de vida. Como já mencionamos, o Bernedoodle precisa de atenção e tempo, então, você deve ser capaz de se dedicar a ele. Se você passa muitas horas longe de casa, esse provavelmente não é o cachorro mais adequado para morar com você. Agora, se o seu estilo de vida se encaixa perfeitamente, então não hesite em procurar um Bernedoodle para adoção, pois você terá ao seu lado um cachorro nobre e afetuoso que lhe dará o melhor de si todos os dias.

Para adotar um Bernedoodle, você deve ir aos protetores de animais, abrigos e associações mais próximos de seu local de residência. Por ser um cachorro mestiço, é mais provável que você encontre um disposto a passar o resto da vida contigo. Mas se não encontrar, você sempre pode deixar seus dados de contato para que possam te informar assim que um for resgatado.

Fotos de Bernedoodle

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Bernedoodle

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Bernedoodle
1 de 6
Bernedoodle

Voltar ao topo da página