menu
Partilhar

Gastrópodes - Quem são, características e exemplos

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 11 outubro 2022
Gastrópodes - Quem são, características e exemplos

Dentro da biodiversidade animal, vemos que cada grupo é peculiar, já que seus aspectos evolutivos permitiram que eles se distinguissem por diversos motivos. Assim, nos deparamos com a classe gastropoda, animais de hábitos principalmente aquáticos, mas que também, em menor medida, conquistaram o meio terrestre.

A taxonomia desses animais é muito variada, ao ponto de já terem sido identificadas milhares de espécies fósseis e vivas. Neste artigo do PeritoAnimal, te apresentamos informações sobre o que são os gastrópodes, suas características e exemplos.

Quem são os gastrópodes?

Os gastrópodes ou classe gastropoda são animais invertebrados pertencentes ao filo dos moluscos, e que, geralmente, dependendo do tipo, são chamados de caracóis, caramujos, lesmas terrestres, lesmas marinhas, lapas, lebres-do-mar, borboletas-do-mar, entre outros.

São um grupo altamente diverso, o maior dentro do filo ao qual pertencem, com uma história evolutiva interessante e bem-sucedida, a qual se evidencia na irradiação adaptativa que eles tiveram. Isso significa que eles se diversificaram numa quantidade variada de diferentes formas e costumes.

Descubra os Tipos de moluscos, suas características e exemplos, neste outro artigo do PeritoAnimal.

Gastrópodes - Quem são, características e exemplos - Quem são os gastrópodes?

Características dos gastrópodes

Devido à sua diversidade e ampla distribuição, são poucas as características gerais que podem ser mencionadas desse grupo de animais. Apesar disso, vejamos alguns dos seus traços principais:

  • Os gastrópodes são um grupo formado por mais de 65.000 espécies: entre as vivas e as fósseis.
  • Conquistaram diversos meios: o marinho, o terrestre e o de água doce. Mas a maior diversidade se encontra nos mares.
  • Têm um tamanho variado: nas espécies marinhas, encontramos os mais diminutos, medindo menos que um milímetro de diâmetro, enquanto existem caracóis terrestres que medem cerca de 20 centímetros de comprimento. Contudo, há espécies marinhas que chegam a medir 130 cm de comprimento.
  • Desenvolveram formas distintas: existem formas marinhas primitivas e outras terrestres que têm respiração aérea, sendo assim mais evoluídos.
  • Sua simetria é essencialmente bilateral: apesar disso, como realizam um processo de giro ou contorção, acabam tendo uma forma assimétrica.
  • Podem ou não ter uma concha: a qual é sempre de um compartimento, motivo pelo qual eles eram conhecidos como "univalvos".
  • A concha varia: pode ser muito visível em algumas espécies, ou não poder ser vista por ser minúscula e interna.
  • Por outro lado, a concha tem formas diferentes: quando está presente, pode ser enrolada como a de muitas espécies, ou pode apresentar outra forma. Além disso, a direção em que a concha se enrola é determinada geneticamente e pode ser para a direita ou para a esquerda. Talvez você queira dar uma olhada no seguinte artigo sobre os diferentes Tipos de caramujos que existem.
  • Estão presentes em diversos meios aquáticos e a diferentes profundidades: assim, estão no marinho, águas salgadas, doces, pântanos, charcos, entre outros.
  • Na terra, podem ter mais restrições de acordo com: a umidade, acidez, presença de minerais e temperaturas. Contudo, se diversificaram em florestas, debaixo da terra e de rochas, árvores, pastos, e inclusive vivem sobre outros animais.
  • Costumam ser muito sedentários e de movimentos lentos.
  • Sua locomoção é variada: pode ser através do nado, escalando ou se arrastando. Certas espécies podem se enterrar com facilidade.
  • Existe diversidade quanto ao tipo de alimentação: muitas espécies são herbívoras, mas também há carnívoras e carniceiras.
  • Podem praticar diferentes tipos de respiração: é comum que diversas espécies respirem por brânquias, outras através do manto, e também há as que respiram através de uma estrutura de tipo pulmonar.
  • O sistema circulatório é aberto: e quase todos têm uma espécie de rim único.
  • O sistema nervoso é bem desenvolvido: nele, há três pares de gânglios que se conectam a nervos.
  • Têm olhos ou fotorreceptores simples: além de outros órgãos tácteis ou quimiorreceptores.
  • Podem ter sexos separados ou não: ou seja, podem ser monoicos ou dioicos.
  • O tipo de fecundação pode variar: em muitas espécies, a fecundação é interna, mas há gastrópodes mais primitivos com fecundação externa.
  • Praticam diferentes estratégias reprodutivas: há muitas espécies de gastrópodes ovíparas, e algumas ovovivíparas.
  • Algumas espécies de caracóis são venenosas.
Gastrópodes - Quem são, características e exemplos - Características dos gastrópodes

Tipos de gastrópodes

Devido à diversidade dos gastrópodes e à sua história evolutiva, a taxonomia tem sido um tema de amplo debate ao longo do tempo, e continuará assim enquanto continuarem sendo feitos avanços e estudos respectivos.

Nesse sentido, existe uma classificação geral do grupo, eventualmente considerada informal, mas que segue sendo utilizada de maneira comum, e que estabelece basicamente três tipos (subclasses) de gastrópodes, os quais são os seguintes:

Subclasse Prosobranchia

É composta por mais de 65.000 espécies e tem as seguintes características:

  • São principalmente caracóis marinhos, mas também encontramos alguns gastrópodes terrestres e de água doce.
  • A cavidade do manto fica localizada na região anterior.
  • As brânquias ou a brânquia ficam localizadas perto do coração.
  • A circulação de água no animal acontece da esquerda para a direita.
  • Têm um par de tentáculos.
  • Geralmente os sexos são separados.
  • Normalmente apresentam opérculo, que é a estrutura que fecha a concha.

Subclasse Opistobranchia

Foram identificadas cerca de 4.000 espécies, e dentre as suas características, encontramos:

  • Os nomes comuns incluem: lesmas marinhas, lebres marinhas, borboletas marinhas e conchas canoas.
  • A maioria do grupo é de hábitos marinhos: vivem sob rochas e agrupamentos de algas.
  • Costumam ser agrupados em dois tipos: os que têm brânquia e concha, e os que não as têm, mas têm estruturas branquiais secundárias.
  • Podem ter uma contorsão parcial ou completa.
  • Tanto o ânus quanto a brânquia, quando estão presentes, ficam localizados no lado direito ou posterior do animal.
  • Os sexos são separados em todos os casos.
  • A concha é reduzida ou ausente.
  • Alguns têm defesas químicas.
  • Certas espécies têm tentáculos.
  • Em alguns casos, o pé foi modificado para ser uma nadadeira.

Subclasse Pulmonata

Existem cerca de 28.000 espécies, e dentre seus traços principais, podemos citar:

  • Neste grupo, estão: os caracóis terrestres, as lesmas terrestres e algumas espécies que vivem em água salgada.
  • Em alguns casos, se apresenta uma contorção.
  • As brânquias desapareceram: embora certas espécies tenham uma secundária.
  • O manto é vascularizado e se tornou um pulmão para a respiração.
  • Tanto as espécies aquáticas quanto as terrestres têm um par de tentáculos.
  • As espécies do grupo têm olhos.
Gastrópodes - Quem são, características e exemplos - Tipos de gastrópodes

Exemplos de gastrópodes

Alguns exemplos de gastrópodes são:

  • Concha-rainha (Lobatus gigas).
  • Melongena corona.
  • Triplofusus papillosus.
  • Turbinella pyrum.
  • Abalone (Haliotis).
  • Aplysia californica.
  • Acteocina.
  • Lebre-do-mar (Aplysia punctata).
  • Hermissenda crassicornis.
  • Lesma-do-mar (Elysia).
  • Escargot (Helix pomatia);
  • Discus rotundatus.
  • Trochulus hispidus.
  • Lesma-fantasma (Selenochlamys ysbryda).
  • Deroceras.

Agora que você conheceu quem são os gastrópodes e viu alguns exemplos destes animais, a seguir apresentamos as fotos desses animais gastrópodes para que você possa identificá-los.

Gastrópodes - Quem são, características e exemplos - Exemplos de gastrópodes
Gastrópodes - Quem são, características e exemplos -
Gastrópodes - Quem são, características e exemplos -

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gastrópodes - Quem são, características e exemplos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Hickman, C., Roberts, L., Parson A. (2000). Principios integrales de zoología. McGraw Hill Interamericana: España.
  • Solem, G. Alan. (2020). "Gasterópodo". Enciclopedia Británica. Disponível em: https://www.britannica.com/animal/gastropod. Acesso em 10 de outubro de 2022.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Gastrópodes - Quem são, características e exemplos
1 de 7
Gastrópodes - Quem são, características e exemplos

Voltar ao topo da página