menu
Partilhar

Lesma é venenosa?

 
Por Nick A. Romero H., Biólogo e educador ambiental. 16 outubro 2021
Lesma é venenosa?

As lesmas são animais pertencentes ao filo dos moluscos, especificamente à classe dos gastrópodes. A classificação desses invertebrados não foi uma tarefa simples. Foram necessários anos de revisão e mudanças nos aspectos taxonômicos que os definem. Em qualquer caso, em geral, o termo lesma é usado para se referir a moluscos que perderam suas conchas ou que têm uma concha quase imperceptível, que pode até ser interna.

Existem tanto lesmas terrestres como aquáticas. Neste artigo do PeritoAnimal vamos falar sobre as lesmas terrestres, pois elas podem causar sérios problemas para as plantações, além de grandes complicações de saúde tanto para pessoas quanto para animais. Mas, afinal, a lesma é venenosa? Responderemos à pergunta a seguir.

Também lhe pode interessar: Cobra-cega tem veneno?

Características gerais das lesmas

O termo lesma é usado para se referir a uma série de moluscos que estão incluídos em diferentes grupos taxonômicos, mas que compartilham uma característica comum, que é ter perdido suas conchas ou ter uma concha muito reduzida. Portanto, a palavra lesma é usada para se referir a uma característica anatômica de um grupo de animais, e não às suas relações taxonômicas.

As lesmas são caracterizadas por uma boca e dois pares de tentáculos na cabeça, que são órgãos sensoriais para a percepção da luz e dos cheiros. Eles também possuem uma estrutura conhecida como manto, que está localizada no corpo, embora possa haver variações em sua disposição dependendo da espécie. Associados ao manto estão o ânus, os sistemas reprodutivo e respiratório.

Elas também têm um pé, que está localizado sob o corpo e contém a glândula pediosa, que segrega uma substância gelatinosa conhecida como muco sobre a qual as lesmas se movimentam em movimentos rítmicos. Esta substância também as protege contra danos pelo substrato sobre o qual se movem.

O corpo é macio e consiste de uma grande quantidade de água. Na falta de uma concha protetora, elas são muito propensas a ressecamento. Para combater isso, além do muco que produzem para se moverem, eles também secretam o muco que envolve o corpo. Isso as mantém úmidas em condições não extremas. Além disso, as lesmas procuram abrigo sob troncos e entre a vegetação e são particularmente ativas à noite, quando as temperaturas são mais baixas.

Lesma é venenosa? - Características gerais das lesmas

A lesma tem veneno?

Há uma percepção generalizada de que as lesmas são venenosas ou tóxicas. Mas será que lesma é venenosa? Será que as lesmas transmitem doenças? Na verdade, não, as lesmas não são venenosas, embora elas possam causar grandes problemas de saúde, pois carregam parasitas como Angiostrongylus cantonensis, um nematódeo nativo da Ásia que agora se espalhou para partes das Américas, África e Austrália. Este parasita é capaz de causar meningite em humanos, resultando em dano cerebral significativo.

Em qualquer caso, a doença não se deve ao contato direto com a lesma, mas ao consumo voluntário ou acidental do animal. No primeiro caso, foi relatado que os jovens desafiam uns aos outros a comer estes animais vivos em uma espécie de jogo com consequências lamentáveis. O consumo acidental ocorre quando vegetais mal lavados são consumidos, como alface, que é uma planta na qual a lesma pode viver.

Por outro lado, várias espécies são consideradas pragas, pois podem causar danos maciços a plantações de interesse para o homem. Neste sentido, diferentes tipos de controles biológicos e químicos foram desenvolvidos para minimizar o impacto agrícola destes animais.

As lesmas são venenosas para os cachorros?

Os cães tendem a ser muito curiosos e podem comer qualquer coisa que encontrem em seu caminho, por isso às vezes comem lesma ou caracóis, o que pode causar grandes complicações de saúde, não porque as lesmas sejam venenosas, mas porque as lesmas transmitem parasitas que podem causar doenças.

Estes parasitas incluem o Angiostrongylus vasorum, comumente conhecido dirofilariose ou verme do coração, embora seja um verme pulmonar, e o Crenosoma vulpis. A primeira causa doenças cardíacas, obstrui as artérias, provoca trombose através da formação de coágulos, insuficiência respiratória, hemorragias, problemas neurológicos e até mesmo a morte do animal.

O Crenosoma vulpis é um nemátodo responsável por problemas respiratórios, especificamente nos brônquios, bronquíolos e traquéia. Quando um cachorro come uma lesma que carrega este parasita, ele pode sofrer de problemas respiratórios, tosse e dificuldade para fazer exercícios.

Lesma é venenosa? - As lesmas são venenosas para os cachorros?

As lesmas são venenosas para os gatos?

Assim como acontece com pessoas e cães, as lesmas não são venenosas para gatos simplesmente com o contato, mas se ingerirem uma, as lesmas podem transmitir-lhes parasitas, tais como o Aelurostrongylus abstrusus ou o Troglostrongylus spp., que afetam principalmente seu sistema respiratório ao se alojarem em seus pulmões.

Além disso, as pessoas e especialmente os agricultores utilizam produtos químicos para controlar as lesmas, deixando-as impregnadas de toxinas. Se um gato ou cachorro consome uma lesma, o animal pode ser, então, envenenado. Problemas no sistema nervoso, convulsões ou salivação excessiva são sintomas de alerta. Nestes casos, é necessária uma atenção veterinária imediata.

Pode pegar lesma na mão? O que acontece?

Como vimos, as lesmas produzem um muco que elas utilizam para diversos fins. Além dos mencionados, serve também para proteger seus ovos, mantendo-os úmidos e longe dos predadores, graças a uma substância repelente conhecida como "miriamin". Se você se pergunta se pode pegar lesma na mão, destacamos que não há relatos de que ela cause qualquer toxicidade em humanos apenas pelo toque.

Agora que você já sabe que a lesma não é venenosa, mas representa um grande risco à saúde de pessoas e animais pelos parasitas que pode carregar, este outro artigo sobre a reprodução dos moluscos talvez possa te interessar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Lesma é venenosa?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Bibliografia
  • Engelhaupt, E. (2018). Por qué no debes comerte una babosa (por si necesitabas razones para no hacerlo). Disponível em: <https://www.nationalgeographic.es/animales/2018/03/por-que-no-debes-comerte-una-babosa-por-si-necesitabas-razones-para-no-hacerlo>. Acesso em 11 de outubro de 2021.
  • Salazar, K. y Granados, J. (2014). «Evaluación de diferentes tácticas para el control de gasterópodos (babosas terrestres) en el cultivo de lechuga (lactuca sativa l. Var. Fallgreen) en la zona de el guarco de Cartago».
  • Schroeder, F., González, A., Eisner, T. y Meinwald, J. (1999). «Miriamin, a defensive diterpene from the eggs of a land slug (Arion sp.). Disponível em: <https://www.pnas.org/content/96/24/13620>. Acesso em 11 de outubro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Lesma é venenosa?
1 de 3
Lesma é venenosa?

Voltar ao topo da página