Partilhar

Dicas para o meu gato ser mais carinhoso

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 2 novembro 2018
Dicas para o meu gato ser mais carinhoso

Ver fichas de  Gatos

Os gatos têm a fama de serem animais independentes, indiferentes e até desconfiados, mas apesar de poderem ser assim às vezes, não devemos rotulá-los, porque também podem ser animais muito carinhosos e ternos. Quando querem, claro.

Da mesma forma que as pessoas, cada animal tem o seu caráter e a sua própria personalidade. Os gatos, tal como os cachorros e os seres humanos, respondem consoante o tratamento que recebem.

Isto quer dizer que se o seu gato é um pouco difícil, a melhor forma de começar a mudar esta situação será melhorando a relação com ele. Continue lendo este artigo do PeritoAnimal onde lhe vamos dar algumas dicas para o seu gato ser mais carinhoso.

Também lhe pode interessar: As raças de gatos mais carinhosas

Se quer receber carinho, também o deve dar

Como referimos anteriormente, apesar de todos nascermos com uma personalidade, é verdade que esta se pode moldar com o tempo e esforço. Nos gatos, dependerá especialmente de como é a convivência com o animal, ou seja, de como o trata.

Se o seu gato é novo em casa, é possível que esteja estranho e desconfortável. Isto é totalmente normal uma vez que o seu pet tem de aprender a conhecê-lo, tanto a si como à sua nova casa. As mudanças costumam causar estresse nos gatos, por isso não estranhe se vir que o seu gato reage de forma negativa. Certifique-se de que o ambiente é o mais confortável possível para ele.

As chaves básicas para o seu gato ser mais carinhoso, seja ele um novo membro da família ou não, são três: paciência, proximidade e muito amor.

Dicas para o meu gato ser mais carinhoso - Se quer receber carinho, também o deve dar

As técnicas do amor e do envolvimento

Para fazer com que o seu gato seja mais carinhoso, terá que alterar um pouco as suas dinâmicas de vida. Não se assuste, é apenas um pouco.

De fato, será suficiente passar tempo e momentos de qualidade com o seu gato. Dedique-lhe tempo, um gato não é um acessório para decorar a casa. Se se dedicar, o seu pet pode ser um excelente e amoroso companheiro. Claro que, não se trata de passar o dia todo junto dele, mas fazer coisas como deixá-lo dormir perto de si enquanto está vendo televisão ou estar ao seu lado enquanto está sentado no sofá falando com alguém no celular.

Se quiser pode ir um pouco mais além e deixá-lo dormir consigo na sua cama à noite ou durante o cochilo depois da refeição dos dois. E falando de comida, convide-o a comer ao mesmo tempo que você, isto será como compartilhar uma mesa com um amigo. De vez em quando, surpreenda-o com algo como um pedaço de peixe e quando ele vier para junto de si, ofereça-lhe uma carícia.

Tenha em conta que os felinos são animais excecionais que gostam de ser procurados e queridos. Especialmente quando lhe estiver ensinando a ser mais carinhoso, deve procurá-lo para o acariciar e passar tempo junto a ele. Assim, uma outra forma de conseguir que o seu pet seja mais carinhoso e, sobretudo de chamar a sua atenção, é incentivá-lo a brincar com você. Divertirem-se juntos, ao mesmo tempo que mantém um contato físico agradável, dá-lhe confiança e segurança.

Dicas para o meu gato ser mais carinhoso - As técnicas do amor e do envolvimento

Um bom ajudante significa mais carinho

Não é inteiramente verdade que os gatos gostem da solidão. Na verdade, eles gostam muito de companhia, de senti-lo perto, de saber que você está de olho neles e que os faça participar nas rotinas da casa.

Se chamar o seu gato para o acompanhar e "ajudar", por exemplo a arrumar a cama ou o cômodo, o animal ganhará esse hábito, e sempre que o fizer, de certeza que ele o acompanhará. Agora, se não lhe der atenção e lhe der simplesmente de comer, com certeza que o gato não se sentirá atraído pela sua companhia para nada.

Se o gato se assusta por qualquer motivo e retrai-se e esconde-se, não é recomendável forçá-lo a sair da sua zona de conforto. Faça uso de umas das chaves básicas anteriores, use a sua paciência e com um tom suave tente acalmá-lo. Esta é a melhor forma de conseguir que ele saia do seu esconderijo.

Nunca nos devemos esquecer que os gatos não aprendem nada através da violência. Tratá-lo e castigá-lo de forma agressiva e desrespeitosamente apenas criará nele um sentimento de medo e depois quando quiser educá-lo para ser carinhoso, será muito tarde e custará ainda mais. Se o seu gato está tendo algum mau comportamento ou atitude, claro que deverá corrigi-lo diretamente, mas sempre de forma apropriada e com o uso do reforço positivo.

O mesmo acontece com as carícias exageradas. Se não quer mimos não o obrigue, quando o seu gato os quiser e lhe fizer falta ele irá pedir-lhe. Se mesmo depois da sua rejeição você o continuar tratando com amor, verá como logo ele estará ronronando pedindo-lhe para o abraçar.

O mais importante de tudo é, aprender a respeitar o espaço e a personalidade do seu pet. Por mais que tente, alguns gato serão sempre, mais carinhosos que outros.

Dicas para o meu gato ser mais carinhoso - Um bom ajudante significa mais carinho

Se deseja ler mais artigos parecidos a Dicas para o meu gato ser mais carinhoso, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Educação avançada.

Escrever comentário sobre Dicas para o meu gato ser mais carinhoso

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Dicas para o meu gato ser mais carinhoso
1 de 4
Dicas para o meu gato ser mais carinhoso

Voltar ao topo da página