Partilhar

Cuidados com cachorro recém castrado

Por Mariana Castanheira, Médica Veterinária. Atualizado: 30 janeiro 2019
Cuidados com cachorro recém castrado

Ver fichas de  Cachorros

Depois de serem submetidos a uma cirurgia, todos os cachorros precisam ter cuidados básicos ao regressar a casa. Neste artigo do PeritoAnimal vamos nos concentrar nos cuidados com um cachorro recém castrado ou esterilizado.

Se você gostaria de saber a diferença entre esterilização e castração e os cuidados que requerem os cachorros recém operados, continue lendo!

Também lhe pode interessar: Idade ideal para castrar uma gata

O que é a castração?

A castração consiste na remoção das gônadas masculinas (testículos) ou femininas (ovários e útero, ou simplesmente os ovários). A cirurgia na qual se removem os testículos é chamada de "orquiectomia" ou "orquidectomia". A remoção dos ovários é chamada de "ovariectomia" e, se for também retirado o útero, é chamada de "ovariohisterectomia".

É o mesmo castrar que esterilizar?

Geralmente referimos castração e esterilização de forma indiferenciada, mas não são a mesma coisa. Esterilizar implica deixar o animal sem capacidade de se reproduzir. Para isso, poderiam ser utilizadas técnicas como as utilizadas em medicina humana, chamadas de "ligadura de trompas", ou "vasectomia" em machos.

As gônadas continuam no mesmo lugar e, se forem aplicadas estas técnicas nos cachorros, eles continuam produzindo hormonas, mantendo o instinto de reprodução. Este é o instinto que queremos evitar, assim como a ação das hormonas sexuais que ao fim de algum tempo provocam muitas doenças nas cadelas (tumores de mama, infeções de útero...) e nos cachorros macho (hiperplasia da próstata). Para além disso, queremos evitar a marcação de território, agressividade ou tendência para fugir.

Por isso, embora falemos de cuidados de cachorros recém esterilizados e utilizemos esta definição como sinônimo de castrados de forma habitual, devemos relembrar que não são a mesma coisa e o que neste caso traz mais benefícios é a castração.

Cuidados com cachorro recém castrado - O que é a castração?

Castração de cadelas - recuperação

Para remover os ovários e o útero é necessário acedermos à cavidade abdominal. É por essa razão que a cadelinha vai para casa com uma ou várias incisões no abdômen. A cirurgia pode ser realizada:

  • Por laparoscopia: veremos duas pequenas incisões por cima e por baixo do umbigo, que você deve vigiar nos dias posteriores à intervenção. O médico veterinário vai indicar que limpe diariamente a incisão com soro fisiológico, até retirar os pontos. Nas ocasiões em que for utilizado um fio reabsorvível, não há necessidade de retirar os pontos.
  • Abordagem convencional na linha média do abdômen: Você vai observar uma pequena incisão de poucos centímetros debaixo do umbigo. O tamanho depende do tamanho da cadela, se alguma vez teve o cio, se está gorda ou magra, etc.
  • Abordagem pelo flanco: Você vai observar incisões atrás das costelas.

Em qualquer caso, independentemente da técnica, o médico veterinário vai lhe pedir para impedir que a cadela aceda aos pontos nos dias posteriores à cirurgia. Poderá aconselhar a utilização de um colar isabelino ou de uma camiseta para evitar que ela lamba aquela zona. Receitará também alguns analgésicos pós-operatórios (como por exemplo meloxicam ou carprofeno) e segundo o critério do médico veterinário poderá também receitar um antibiótico para os dias seguintes.

As cadelas devem recuperar num lugar tranquilo, quente e confortável, durante alguns dias. Você deve rever todos os dias as incisões para confirmar que não não existem sinais de inflamação ou infeção da zona. Desta forma, você está garantindo que detecta atempadamente qualquer anomalia consequente à cirurgia. Se for uma cadela que dorme na rua, o veterinário vai pedir que ela durma dentro de sua casa pelo menos uma semana.

Se a incisão for muito grande, mesmo estando a tomar analgésicos, a cadela pode ter dificuldade em defecar. Por essa razão, alguns veterinários aconselham uma dieta úmida e/ou um lubrificante por via oral, como o azeite de oliva na comida. O veterinário vai com certeza alertar para que você esteja muito atento a qualquer reação adversa aos fármacos receitados (vômitos, diarreia...). Vai também lhe pedir para evitar brincadeiras demasiado bruscas, que envolvam saltos ou corridas, pelo menos durante uma semana, porque por mais pequena que seja a incisão, existe sempre o risco de aparecer uma hérnia.

O machos vão perseguir ela?

Muito cuidado nos primeiros dias. Se a cadela estava perto do próximo cio ou nos dias posteriores a ele, continuará a emitir odores de "fêmea disponível" durante algum tempo e os machos vão continuar se aproximando. O melhor é dar um prazo de 7-10 dias antes de a juntar com o resto dos amigos caninos no parque ou nas zonas de recreio.

Por vezes, o ciclo hormonal tão especial das cadelas faz com que elas passem um mau bocado. Pode aparecer leite nas maminhas dela depois da cirurgia e despertar um comportamento maternal, conhecido gravidez psicológica. O médico veterinário vai indicar o que fazer em ambos os casos, pois embora sejam pouco frequentes, podem ser muito incômodos para a cadela.

Cuidados com cachorro recém castrado - Castração de cadelas - recuperação

Pós-operatório da castração do cão

No caso dos machos, os testículos são retirados por meio de uma incisão no escroto (bolsa de pele que os cobre). Alguns veterinários optam por realizar acima do escroto, embora não seja uma técnica tão popular. Regra geral, não existe necessidade de aceder à cavidade abdominal. Você deve proporcionar um ambiente quente e tranquilo para o seu cachorro recuperar. Deve restringir a atividade física por alguns dias, tal como no caso das fêmeas.

Por norma, o médico veterinário receita um analgésico pós-cirúrgico durante alguns dias, como por exemplo o meloxicam (geralmente por menos dias do que no caso das fêmeas). Você deverá igualmente vigiar a incisão durante uma semana. Não é comum serem receitados antibióticos orais, mas depende de caso para caso. Os pontos costumam ser retirados ao fim de 7-9 dias e no caso de serem reabsorvíveis, desaparecem passado um período aproximado.

Em qualquer dos sexos dos cachorros, é necessário vigiar que não aparecem sinais como vômitos e diarreias. No caso dos machos, a cirurgia é mais rápida e costuma ter menos medicação pós-cirurgia associada.

Você deverá vigiar se aparecem hematomas no escroto, pela pressão exercida sobre ele para extrair os testículos, assim como erupções cutâneas ou irritação na área do escroto e à volta dele (esta pele é das partes mais sensíveis do corpo do cachorro e é necessário depilar para realizar a cirurgia).

Os machos precisam de usar colar elizabetano?

Claro, é necessário que o cachorro utilize um colar elizabetano nos dias posteriores à cirurgia para impedir que o cachorro lamba essa zona e arranque os pontos da sutura. Os pelos, ao nascerem, provocam muita coceira e é natural que o cachorro queira lamber essa zona a todo o custo zona para aliviar a sensação incômoda. Para além disso, quando os pontos "secam" podem arrancar um pouco de pele, o que também é muito incômodo para eles.

O que fazer caso apareçam hematomas ou irritações?

Os cremes para as irritações, parecidos com os dos bebês, podem ajudar caso apareça alguma irritação na região do escroto. Porém, jamais podem ser aplicados sobre os pontos nem perto da zona da incisão. Algumas pomadas para hematomas contêm compostos que evitam a formação de coágulos e podem ser aconselhados nos casos em que ocorre um hematoma escrotal.

Cão castrado sente vontade de cruzar depois da castração?

Nos dias posteriores à cirurgia, os cachorros machos continuam sendo férteis. Por isso, você deve ter muita precaução durante a semana seguinte à operação e evitar zonas com cadelas que não estejam castradas. Vai levar algumas semanas até que todas as hormonas sejam eliminadas do sangue e não convém que o cachorro se agite demasiado ao cheirar uma fêmea com o cio.

Como sempre, cada caso é um caso. Estes cuidados básicos que sugerimos no PeritoAnimal podem complementar os que o seu médico veterinário de confiança indicar. Nunca duvide em consultar um especialista em qualquer situação anormal que aconteça depois da castração do seu cachorro.

Cuidados com cachorro recém castrado - Pós-operatório da castração do cão

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cuidados com cachorro recém castrado, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Prevenção.

Escrever comentário sobre Cuidados com cachorro recém castrado

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
53 comentários
A sua avaliação:
Cláudia Regina
Minha cadela Fox paulistinha de nove anos foi castrada há cinco dias e está saído leite dos seus mamilos.
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Claudia! Você deve levar a sua cadela a um médico veterinário de confiança o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
Sônia Maria Carlos
Meu shitzu foi castrado a 3 meses ele pode ter engravidado a minha SRD. Ele pegou ela 3 vezes estava com 2 meses de castraçao ela nao estou estranhando a barriga dela.
A sua avaliação:
ROBERTO TROPIANO
Meu cão é mestiço de fox paulistinha e tem uns 11 anos,ele foi castrado a uns 3 anos e agora ele esta com dificuldades para evacuar e fica desesperado.Depois da cirurgia apareceu um caroço perto do anus dele e o veterinário disse que era em função da castração e teria que fazer uma cirurgia para resolver,só que isso desapareceu e só agora que ele começou com essas dificuldades.O que fazer?
Amanda
Olá meu cachorro fez uma castração ontem e me orientaram usar a roupa cirúrgica não o colar mais percebi q ele conseguiria mexer msm assim na cirurgia fui comprar o colar assim q eu cheguei em casa estava com sangue a roupa dele. A cirurgia oq devo fazer
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Amanda! Você deve levar o seu cachorro ao veterinário o mais rápido possível para evitar maiores problemas.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
Kaleb
Ola!!! Um vet fez vasectomia no meu cachorro. Trocamos varias mensagens, eu expliquei que tinha três cadelas e queria castrar o cachorro para evitar uma ninhada de cães. Três meses depois eu faria a castração nas cadelas. Só que o infe..z não avisou e nem prescreveu, que o cachorro podia engravidar em até 4 meses. Hoje estou com 10 filhotes e ninguém quer eles. Gostaria de saber se posso denunciar o vet no CFMV - Conselho Federal de Medicina Veterinária ?
caroline rodrigues
oi td bem ?
meu cachorro foi castrado ontem e esta lambendo muito os pontos ele nao quer usar o colar isso pode prejudicar em alguma coisa ?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Caroline! Como mencionamos no artigo: é necessário que o cachorro utilize um colar elizabetano nos dias posteriores à cirurgia para impedir que o cachorro lamba essa zona e arranque os pontos da sutura. Os pelos, ao nascerem, provocam muita coceira e é natural que o cachorro queira lamber essa zona a todo o custo zona para aliviar a sensação incômoda. Para além disso, quando os pontos "secam" podem arrancar um pouco de pele, o que também é muito incômodo para eles. Por isso, se seu cachorro não quer usar o colar, é importante que você busque uma solução alternativa junto com o médico veterinário para evitar complicações no pós operatório.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
Neia rocha
Me cachorro foi castrado mais um dos testículos dele está no abdômen não teve como retirar nesta cirurgia, ele corre risco de fecundar na fêmea? Já que ele ainda tem um testículos
Adriano
Boa tarde meu cão foi castrado a 9 dias atrás já inclui-se tirou os pontos, ele achou cruzando com minha cadela que esta no cio ela vai pegar cria?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Adriano! Como referimos no artigo: nos dias posteriores à cirurgia, os cachorros machos continuam sendo férteis. Por isso, você deve ter muita precaução durante a semana seguinte à operação e evitar zonas com cadelas que não estejam castradas. Vai levar algumas semanas até que todas as hormonas sejam eliminadas do sangue e não convém que o cachorro se agite demasiado ao cheirar uma fêmea com o cio.
A sua avaliação:
Daniel
Bastante informativo o artigo.
Achei de especial interesse o informado que cães pós cirurgia ainda têm a capacidade de procriação e que levam semanas até que os hormônios diminuam.
Estou com meu pug recém operado e percebendo que ele se comporta ainda como se nada houvesse acontecido, mas agora entendi que ele ainda está cheio de hormônio e até sêmen.
Sandra Michels maykot
Oi. Gostaria de uma opiniao sobre um caso que aconteceu em uma york shire, após a castração ficou com uma bolinha. Falaram que iria desinchar e/ou desaparecer ao longo do tempo.
Quero saber se ja viu um caso destes antes.

Cuidados com cachorro recém castrado
1 de 4
Cuidados com cachorro recém castrado

Voltar ao topo da página