Partilhar

Cachorro pode comer abóbora? - Benefícios e quantidades

 
Por Eduarda Piamore. 30 novembro 2020
Cachorro pode comer abóbora? - Benefícios e quantidades

Ver fichas de  Cachorros

A abóbora pertence à família Cucurbitaceae, da qual também fazem parte o chuchu, o pepino, o melão e a melancia e é um alimento bastante presente na dieta humana. As abóboras são usadas em receitas doces e salgadas, e até mesmo suas sementes ganharam muita popularidade graças a seu alto teor de vitaminas e minerais, e podem ser consideradas um suplemento natural.

Considerando o valor nutricional e as propriedades da abóbora, muitos tutores se perguntam se podem oferecer este alimento a seu cachorro para complementar sua nutrição e o que devem considerar antes de fazê-lo. Com isto em mente, neste artigo do PeritoAnimal, discutiremos se cachorro pode comer abóbora - benefícios e quantidades. Boa leitura!

Valor nutricional da abóbora

Antes de discutir os benefícios da abóbora para cachorro, é essencial conhecer o valor nutricional do alimento. Como há muitas espécies e tipos de abóboras, tomaremos como referência a abóbora Cucurbita pepo, uma das variedades mais populares no Brasil e na maioria dos países.

De acordo com o banco de dados do Departamento de Agricultura dos EUA[1], 100 gramas desta abóbora crua têm a seguinte composição nutricional:

  • Água: 92g
  • Energia: 26kcal
  • Gordura total: 0,1g
  • Carboidratos: 6,5g
  • Açúcares: 2,76g
  • Fibras: 0,5g
  • Vitamina A: 8513Ul
  • Vitamina C: 9mg
  • Vitamina B1: 0,05mg
  • Vitamina B2: 0,11mg
  • Vitamina B3 (pp): 0,6mg
  • Vitamina B6: 0,06mg
  • Vitamina E: 1,06mg
  • Vitamina K: 1.1µg
  • Folato: 16µg
  • Cálcio: 21mg
  • Ferro: 0,8mg
  • Magnésio: 12mg
  • Fósforo: 44mg
  • Potássio: 330mg
  • Sódio 1mg
  • Zinco: 0,32mg.

Pode dar abóbora para cachorro? Faz bem?

Como vimos em sua composição nutricional, a abóbora é um alimento rico em vitaminas e minerais, por isso ajuda a fortalecer o sistema imunológico e a prevenir as doenças mais comuns em cachorros. E por ser pobre em carboidratos, gorduras e açúcares, pode até ser consumido por cães obesos e cachorros diagnosticados com diabetes canino.

A contribuição significativa da fibra oferecida pela abóbora também ajuda no processo digestivo, estimulando o trânsito intestinal e evitando a prisão de ventre em cães. Além disso, seu alto teor de água ajuda a manter o cachorro bem hidratado, evitando o desenvolvimento de sinais de desidratação que ocorrem especialmente durante as épocas de muito calor.

Entretanto, precisamente por causa de seu alto teor de fibras, o Animal Poison Control Center (ASPCA) ou Centro de Controle de Envenenamento de Animais, na tradução livre do órgão estadunidense, indica que a abóbora não é tóxica para cães, mas que em grandes quantidades pode causar problemas estomacais, como diarreia ou vômitos. Portanto, é importante controlar a quantidade deste alimento, pois, caso contrário, os benefícios poderiam ser contraproducentes.

Considerando estes dados, podemos dizer que não só cachorro pode comer abóbora, mas também que seu consumo moderado é benéfico para seu organismo e, conseqüentemente, para sua saúde. É importante ter em mente, entretanto, que a abóbora pode ser adicionada como suplemento à dieta de um cão, mas nunca deve ser a base da nutrição.

A dieta do cachorro precisa suprir as necessidades nutricionais que seu corpo requer em cada etapa da vida. E embora tenham se adaptado a uma dieta onívora através do processo de domesticação e sejam capazes de digerir muitos alimentos que outros canídeos selvagens não conseguem, os cachorros precisam consumir uma quantidade significativa de proteína e gordura.

Portanto, embora existam muitas frutas e legumes que são bons para cães, como a abóbora, não é apropriado basear a nutrição canina apenas no consumo desses alimentos, pois isso poderia levá-lo a deficiências nutricionais que enfraquecem o sistema imunológico do animal, tornando-o mais vulnerável a muitas doenças. Se for estabelecida uma dieta caseira, as frutas e legumes devem ocupar 10% da ingestão diária total.

Cachorro pode comer abóbora? - Benefícios e quantidades - Pode dar abóbora para cachorro? Faz bem?

Benefícios da abóbora para cachorro

Agora que sabemos que cachorro pode comer abóbora, listamos aqui as propriedades benéficas deste alimento para sua saúde:

Uma "amiga" da boa digestão

Sem dúvida, a propriedade mais notável da abóbora para cachorro é seu efeito regulador sobre o processo digestivo. Por sua alta contribuição de fibras, é um dos melhores remédios naturais contra a constipação em cães. Também é frequentemente muito benéfica para cachorros com diarreia, pois misturada com arroz e carne magra de frango, por exemplo, ajuda a combater a desidratação e estimula o apetite do cão. Ainda assim, é importante moderar a quantidade de abóbora para evitar o consumo exagerado, que pode intensificar a diarreia.

Efeito purificador

Ddevido a seu alto teor de água e antioxidantes naturais, a abóbora oferece uma poderosa ação diurética e purificadora ao organismo canino, colaborando com a eliminação de toxinas e a regulação da atividade renal [2], prevenindo infecções do trato urinário e insuficiência renal em cães.

Um alimento necessário na gravidez

A Faculdade de Medicina de Harvard salienta que o beta-caroteno (vitamina A) contido na abóbora, na cenoura e em outros alimentos vermelhos alaranjados são nutrientes essenciais durante a gravidez e a lactação.[3] Estudos da instituição também apontam para os efeitos positivos do consumo de abóbora e outras fontes vegetais de ferro sobre a fertilidade. Portanto, a abóbora é um alimento especialmente benéfico para complementar a dieta de uma cadela grávida.

Rica em ácido fólico

A abóbora é rica em vitaminas do complexo B, incluindo ácido fólico (vitamina B9). Este nutriente está envolvido na formação de células e na síntese de hemoglobina, por isso é essencial na prevenção e no tratamento da anemia em cães. O ácido fólico também é um nutriente essencial na dieta de cadelas grávidas e filhotes, pois participa ativamente da formação de todas as células e tecidos de seu corpo, prevenindo malformações e estimulando o desenvolvimento físico e cognitivo dos filhotes.

Antioxidante natural contra o envelhecimento celular

A abóbora é rica em antioxidantes naturais, como a vitamina C e o licopeno. Estes componentes combatem os radicais livres, evitando o envelhecimento celular e a oxidação do colesterol LDL, que marca o início dos processos que levam à arteriosclerose e a numerosas doenças degenerativas e cardiovasculares. Portanto, a abóbora é um dos alimentos com ação cardio-protetora, que também ajuda na prevenção do câncer em cães, entre outros graves problemas de saúde.

Uma aliada da saúde dos olhos

O alto conteúdo de betacaronetas, adicionado aos antioxidantes naturais, faz da abóbora uma aliada ideal da boa saúde dos olhos, ajudando a combater os danos degenerativos inerentes ao processo de envelhecimento. Assim, este alimento pode ser incorporado à dieta de cachorros mais velhos para evitar a perda da acuidade de seus sentidos e a deterioração progressiva de suas funções cerebrais, o que frequentemente leva a sintomas de síndrome de disfunção cognitiva.

Cachorro pode comer abóbora? - Benefícios e quantidades - Benefícios da abóbora para cachorro

Ajuda a regular a pressão arterial e os níveis de açúcar

Vários estudos demonstraram a eficácia do consumo moderado e regular de abóbora para a regulação da pressão arterial alta e hiperglicemia.[4] Além disso, a abóbora tem baixo teor de calorias e geralmente gera uma sensação muito boa de saciedade, por isso é altamente recomendada para dietas que visam a perder peso. Por esta razão, cachorro pode comer abóbora principalmente os diagnosticados com pressão alta, diabetes e/ou excesso de peso para promover o controle de peso saudável e o controle dos níveis de glicose e colesterol, sempre sob a orientação de um veterinário.

Propriedades das sementes de abóbora

As sementes de abóbora são um dos melhores remédios naturais para cães desparasitantes. Além disso, são ricos em minerais como o magnésio, que atua como protetor cardiovascular e da próstata, e o zinco, que ajuda a fortalecer o sistema auto-imune e tem um impacto positivo no humor, ajudando na prevenção e no tratamento da depressão e do cansaço excessivo. Além disso, alguns estudos comprovaram o efeito anticancerígeno do extrato de sementes de abóbora, graças à sua eficácia em inibir o crescimento de células tumorais. [5]

Propriedades das sementes de abóbora: As sementes de abóbora são um dos melhores remédios naturais de para desparasitar cachorros. Além disso, elas são ricas em minerais como o magnésio, que atua como protetor cardiovascular e da próstata, e o zinco, que ajuda a fortalecer o sistema auto-imune e tem um impacto positivo no humor, ajudando na prevenção e no tratamento da depressão e do cansaço excessivo. Além disso, alguns estudos comprovaram o efeito anticancerígeno do extrato de sementes de abóbora, graças à sua eficácia em inibir o crescimento de células tumorais.[5]

Propriedades da flor da abóbora

Outro fato interessante sobre a abóbora são as propriedades medicinais de sua flor. Além de não conter sódio, gorduras saturadas e carboidratos, a flor da abóbora é rica em vitamina A (beta-caroteno), C e o complexo B, mostrando também excelentes contribuições de minerais essenciais como cálcio, potássio, ferro, fósforo e magnésio. Sua composição a torna um excelente suplemento para fortalecer o sistema imunológico, estimulando a produção de glóbulos brancos, e cuidando da saúde dos olhos.[6] Entretanto, sua propriedade mais notável é o estímulo à produção de enzimas regeneradoras que, além de seus antioxidantes naturais, ajuda a prevenir a multiplicação anormal das células cancerígenas.

Como vimos, há inúmeros benefícios em oferecer abóbora para cachorro.

Como preparar abóbora para cachorro

Você já sabe que pode dar abóbora para cachorro. E uma das dúvidas mais frequentes dos tutores é como oferecer a abóbora aos seus pets para aproveitar todas as suas propriedades benéficas.

A abóbora cozida é a melhor opção para cachorros, pois este vegetal cru é muito difícil de digerir para os cães e pode causar alguns distúrbios digestivos, como a formação excessiva de gases. No entanto, deve sempre ser dada sem a casca, que pode ser prejudicial a estes animais.

A maneira mais simples e saudável de preparar a abóbora para seu melhor amigo é fazer um purê de abóbora para cachorro, cuja preparação requer apenas cozinhar o vegetal em água (sem sal) e amassá-la com um garfo. Você também pode adicionar uma colher de chá de cúrcuma para tornar o purê ainda mais nutritivo, pois esta raiz é um excelente suplemento natural, graças a suas propriedades anti-inflamatórias, digestivas, anticancerígenas, antioxidantes e antiglicêmicas.

Além disso, você pode adicionar abóbora a um número infinito de receitas caseiras doces e salgadas para complementar a dieta de seu melhor amigo, tanto na forma de purê como ralada. No PeritoAnimal, temos várias ideias para receitas de bolos para cachorro, uma delas de abóbora.

Cachorro falando abóbora

E já que a questão que respondemos é se cachorro pode comer abóbora, não poderíamos deixar de comentar sobre um vídeo que ficou bastante conhecido na internet: o de um cachorro falando abóbora. Publicado em fevereiro de 2018, o vídeo do "cachorro falando abóbora" tinha mais de 2 milhões de visualizações no YouTube até o fechamento deste artigo.

Colocamos o link para que você possa assistir aqui no final deste artigo, na parte de Bibliografia.

Cachorro pode comer abóbora? - Benefícios e quantidades - Como preparar abóbora para cachorro

Quantidade de abóbora para cachorro

Como já vimos, o consumo regular e moderado de abóbora pode ser muito benéfico para nossos melhores amigos, desde que respeitemos os limites de uma quantidade segura para seu organismo. Embora a abóbora não seja um dos alimentos proibidos ou prejudiciais aos cães, é importante oferecer a quantidade ideal de acordo com o tamanho e peso do cachorro para evitar efeitos negativos, tais como diarreia devido à ingestão excessiva de fibras.

Em geral, é aconselhável respeitar uma dose diária de 1 colher de sopa de abóbora para cada 10 quilos do cão. Entretanto, é sempre aconselhável consultar um veterinário antes de adicionar um novo alimento ou suplemento à dieta de seu cão. O profissional poderá aconselhá-lo sobre a dosagem e a forma de administração mais apropriada para obter um impacto positivo na saúde de seu peludo, sem o risco de efeitos adversos.

E agora que você sabe que cachorro pode comer abóbora, no seguinte vídeo você confere se cachorro pode comer ovo ou não:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro pode comer abóbora? - Benefícios e quantidades, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas equilibradas.

Referências
  1. USDA Databases. Pumpkin, raw. Disponível em: <https://ndb.nal.usda.gov/ndb/foods/>. Acesso em 26 de novembro de 2020.
  2. Mukesh Y., Shalini J., Radha T., G. B. K. S. Prasad and Hariom Y. Medicinal and biological potential of pumpkin: An updated review. in Nutrition Research Reviews 23(2):184-90, 2010.
  3. Walker, W.A. The Harvard Medical School Guide to Healthy Eating During Pregnancy. McGraw-Hill, 2005.
  4. Y.-I. Kwon E. Apostolidis Y.-C. Kim K. Shetty. Health Benefits of Traditional Corn, Beans, and Pumpkin: In Vitro Studies for Hyperglycemia and Hypertension Management. Journal of Medicinal FoodVol. 10, No. 2, 2017.
  5. Medjakovic S., Hobiger S., Ardjomand-Woelkart K., Bucar F., Jungbauer A. Pumpkin seed extract: Cell growth inhibition of hyperplastic and cancer cells, independent of steroid hormone receptors. Fitoterapia, Apr;110:150-6, 2016.
  6. González L., Leticia, A. Efecto de diferentes métodos de cocción sobre el contenido y capacidad antioxidante de la flor de calabaza (cucurbita pepo L.) Universidad Autónoma de Queretaro, 2010.
Bibliografia
  • YOUTUBE. Cachorro falando abóbora. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=bpa5USo5pY0>. Acesso em 26 de novembro de 2020.
  • Flint, C. Pumpkin spice - Naughty or nice? Pet Poison Helpline.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Cachorro pode comer abóbora? - Benefícios e quantidades
1 de 5
Cachorro pode comer abóbora? - Benefícios e quantidades

Voltar ao topo da página