Partilhar

As raças mais caras de cachorro no Brasil

 
Por Rafael Ferreira. Atualizado: 1 março 2018
As raças mais caras de cachorro no Brasil

Ver fichas de  Cachorros

Grandes, médios, pequenos, de pelos longos, curtos, sem pelo, focinho longo, encolhido, amigáveis, energéticos, tranquilos, territorialistas, desbravadores, cães vêm em tantos tipos diferentes que é difícil achar alguém que não tenha se fascinado com alguma raça ao longo da vida. Mas o que fazer se a raça do seu cão dos sonhos custa muito caro?

Para ajudar você a se preparar e entender melhor o que está por trás do valor de cada filhote, o Perito Animal separou uma lista com as dez raças de cachorro mais caras do Brasil.

Também lhe pode interessar: As 20 raças de cachorro mais caras do mundo

Quanto custa ter um cachorro

Quem tem um cãozinho, raramente pensa no quanto quanto custa ter um cachorro no dia a dia. Para muitas pessoas, esse valor se resume à ração e uma ocasional visita ao veterinário porque são elas mesmas que dão banho, limpam o canil/cama e dão atenção. Agora, quando se tem uma quantidade grande de cães, a coisa se multiplica e o menor dos detalhes ganha grandes proporções.

Um criador sério dará ração de ótima qualidade, manterá uma rotina de visitas ao veterinário (o que inclui uma série de vacinas e cuidados que muitos donos simplesmente ignoram), banhos com produtos especiais para garantir que os animais fiquem livres de parasitas, além de muito esforço para manter o canil limpo e os cãezinhos saudáveis. Além disso, é importante ter em mente que nem todos os filhotes serão vendidos. Dependendo da raça, o padrão é tão específico que qualquer individualidade pode descaracterizar o filhote fazendo com que ele perca o seu valor comercial.

Então, além do alto custo de manutenção para os criadores sérios, o retorno não é tão vantajoso e nem tão garantido quanto parece. Sem falar do investimento inicial para conseguir cães adultos saudáveis para começar a reprodução. Leve-se em conta também que quanto mais pessoas desejam uma raça específica, maior será o valor que o criador poderá cobrar para cobrir os custos. É por isso que muitas raças de cachorro custam realmente caro.

Quais as raças de cães mais caras do Brasil?

Quando se pesquisa por raças mais caras, é comum que as listas tragam tipos de cães famosos internacionalmente pelo seu preço, mas que muitas vezes não existem no Brasil. Pensando nisso, realizamos uma pesquisa com as maiores lojas de animais e criadores e separamos as 10 raças mais caras de cães no Brasil.

Pastor Belga – pode chegar a R$6.000

Na verdade, essa raça possui quatro variações: Groenendael, Laekenois, Tervuren e Malinois. Dentre elas, a Groenendael é a mais comum no país e visualmente lembra muito um Pastor Alemão, só que preto. Ou seja, tem o mesmo focinho alongado, o mesmo porte, as mesmas orelhas pontudas, com a diferença de ter o pelo mais longo e cheio. Como a maioria dos pastores, é bastante energético e precisa de espaço, além de ser muito inteligente.

As raças mais caras de cachorro no Brasil - Pastor Belga – pode chegar a R$6.000

Terra Nova (Newfoundland) – pode chegar a R$6.000

Famoso pelo seu apreço à água, o Terra Nova é muitas vezes usado como um cão salva-vidas. Seu corpo conta com adaptações que o tornam um grande nadador e o porte avantajado garante força para resgatar pessoas, brinquedos e até redes de pesca. Contudo, apesar do tamanho imponente, ele é bastante dócil, tranquilo e gentil. Este é um dos maiores cachorros do mundo.

As raças mais caras de cachorro no Brasil - Terra Nova (Newfoundland) – pode chegar a R$6.000

Samoieda – pode chegar a R$6.500

Dizer que essa raça é originária da Sibéria já deve ajudar a entender muito sobre ela. Podem ser brancos como a neve ou creme, de pelagem longa, ideais para pessoas morando nas regiões frias do país. Já foram muito utilizados para puxar trenós e, como os cães do tipo, possuem muita energia e precisam de atividade física regular. Esta é uma das raças consideradas dos cachorros mais bonitos do mundo.

As raças mais caras de cachorro no Brasil - Samoieda – pode chegar a R$6.500

Bull Terrier – pode chegar a R$6.500

Criado originalmente para ser um cão de briga, o Bull Terrier foi mais tarde adaptado para ser um cão mais calmo e afetuoso. Muitas vezes confundido com o Pit Bull, ele se diferencia pela tendência a ser mais brincalhão. Por ser um pouco brusco nas brincadeiras, não é uma raça indicada para se ter com crianças muito pequenas. Lembre-se também, sem muita atividade a atenção daquela mandíbula poderosa pode se voltar contra os seus móveis.

As raças mais caras de cachorro no Brasil - Bull Terrier – pode chegar a R$6.500

Bulldog Francês – pode chegar a R$8.500

Um dos cãezinhos mais simpáticos dessa lista, essa variação do clássico Bulldog é mais esguia, menor e com “orelhas de morcego”. Outra diferença, que é muito importante, é o fato de serem muito mais energéticos do que seus primos ingleses. No entanto, como a maioria das raças de focinho achatado, o Bulldog Francês tem uma expectativa de vida menor, raramente vivendo mais de 10 anos. Veja o nosso artigo sobre os problemas da raça bulldog francês.

As raças mais caras de cachorro no Brasil - Bulldog Francês – pode chegar a R$8.500

Bulldog Inglês – pode chegar a R$10.000

Esse é o clássico Bulldog com suas bochechas grandes, mandíbula protuberante e olhos caídos. Sua carinha de blasé não é coincidência, cães dessa raça tendem a ser preguiçosos e mais na deles. No entanto, quando decidem brincar, prepare-se para ver coisas caindo pela casa. São bruscos e nem um pouco delicados, verdadeiros touros (bull) desajeitados, mas isso só aumenta o charme da raça para quem gosta.

As raças mais caras de cachorro no Brasil - Bulldog Inglês – pode chegar a R$10.000

Cavalier King Charles Spaniel – pode chegar a R$10.500

Imagine um Cocker Spaniel que terá cara de filhote para sempre. O Cavalier é tão adorável que dizem ter se tornado uma obsessão do rei Charles II a ponto de terem seus nomes associados até hoje. São ideais para quem busca um cão de colo tanto pelo tamanho pequeno, quanto pela calma e docilidade. Ótimos para toda a família.

Pit Bull Blue Nose – pode chegar a R$12.000

A raça Pit Bull está tão cercada de controvérsia que é difícil achar alguém que não conheça, mas no Brasil existe uma coloração muito mais cara do que as outras. Conhecidos como Blue Nose, ou nariz azul, Pit Bulls desse tipo tendem a ter uma cor cinza escura levemente azulada. Como os demais tipos de cães da raça, são gentis e alegres, mas precisam ser socializados para impedir que se tornem possessivos.

As raças mais caras de cachorro no Brasil - Pit Bull Blue Nose – pode chegar a R$12.000

Rottweiler – pode chegar a R$12.900

Antes do Pit Bull, o Rottweiler foi por muito tempo considerado uma raça violenta e usados como cães de guarda. Contudo, quem conhece os cães do tipo sabe que é mais uma questão de tamanho e imponência associados a uma personalidade mais introspectiva. Devem ser socializados desde cedo para que se tornem animais gentis e calmos com estranhos, caso contrário podem se tornar bastante territorialistas.

As raças mais caras de cachorro no Brasil - Rottweiler – pode chegar a R$12.900

Spitz Alemão – pode chegar a R$16.000

Também conhecido como Lulu da Pomerânia, faz parte do grupo Spitz (o mesmo do Samoieda), cães das regiões nortenhas do globo criados para resistir a neve. No entanto, diferente dos seus primos puxadores de trenó, o Lulu foi encolhido para se tornar uma versão de colo. Como outros cães de pequeno porte, é extremamente energético e brincalhão, com uma leve tendência a se tornar mal-educado quando não recebe limites. Mas é mais fácil falar do que fazer. Como resistir à tentação de mimar essas bolinhas de pelo? Não é à toa que são no geral a raça de cão mais cara do país. Esta raça é considerada uma das raças de cachorros mais caras do mundo.

As raças mais caras de cachorro no Brasil - Spitz Alemão – pode chegar a R$16.000

Se deseja ler mais artigos parecidos a As raças mais caras de cachorro no Brasil, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre As raças mais caras de cachorro no Brasil

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

As raças mais caras de cachorro no Brasil
1 de 10
As raças mais caras de cachorro no Brasil

Voltar ao topo da página