Partilhar

Bulldog Francês

Atualizado: 7 novembro 2018
Bulldog Francês

O Bulldog Francês é um cão pequeno mas robusto. As orelhas de morcego e a cara achatada são as suas duas caraterísticas mais notáveis, além do seu temperamento carinhoso e bem disposto. Tem origem nos primeiros Bulldogs de Inglaterra, assim como todas as variantes desta raça, e tal como os seus compatriotas, são animais que precisam de muita atenção e companhia. Por isso, são muito recomendáveis para famílias com crianças grandes ou pessoas que vivem sozinhas. Se quer saber quais são as melhores raças de cachorros para crianças, não perca este artigo.

Nesta ficha do PeritoAnimal vamos contar tudo o que precisa de saber sobre a origem, as caraterísticas físicas, o caráter, os cuidados, a educação e a saúde do Bulldog Francês.

Origem
  • Europa
  • França
Classificação FCI
  • Grupo IX
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Clima recomendado
Tipo de pelo

Origem do Bulldog Francês

Na segunda metade do século XIX, durante a revolução industrial, muitos trabalhadores ingleses emigraram para França. Uma grande parte destes trabalhadores era proveniente da cidade inglesa de Nottingham, onde os cachorros Bulldgos eram muito apreciados e, depois foram levados para a França pelos seus donos. Alguns desses cães eram de tamanhos muito pequenos e alguns também tinham as orelhas eretas, condição que não era muito apreciada na Inglaterra. No entanto, em França os pequenos Bulldog de orelhas erguidas causaram sensação, especialmente entre as mulheres. Por isso, os comerciantes de animais importaram cada vez mais Bulldog que começavam a ser conhecidos como Bouledogue Francais ou Bulldog Francês.

Nos finais do século XIX, os criadores franceses já tinham conseguido criar de forma consistente esses cachorros pequenos com "orelhas de morcego" e alguns Bulldog franceses tinham sido adquiridos por famílias nobres. Foi a partir de então que a raça começou a ganhar um maior protagonismo entre os franceses e foi mais difundida no estrangeiro. Pouco tempo depois a raça foi exportada para a América, onde alcançou bastante popularidade.

Hoje em dia, o Bulldog Francês é um cão conhecido em quase todo o mundo e muito apreciado como pet e companheiro. Também o podemos encontrar em exposições caninas de todo o mundo, e às vezes alguns são utilizadas como cachorros de terapia.

Caraterísticas físicas do Bulldog Francês

O peso destes pequenos Bulldog não deve ser menor que 8 quilos nem maior que 14 quilos, tanto no caso dos machos como nas fêmeas. O tamanho não está indicado no padrão da raça, mas deve ser proporcional ao peso. Claro que, são cães pequenos. Este Bulldog é um cão robusto e de ossos sólidos apesar de ser pequeno e gordinho. É um típico molossóide pequeno.

A linha superior do corpo deste cachorro levanta-se ao nível do lombo e depois desce bruscamente até à cauda. As costas são largas e musculados, o lombo é largo e curto e a garupa é oblíqua. O peito do Bulldog Francês é cilíndrico e profundo, os flancos são levantados ao nível do ventre.

O Bulldog Francês tem a cabeça larga e quadrada, com dobras e rugas na sua pele. A cara é achatada e o stop muito marcado. O nariz é largo, muito curto e levantado. Os olhos são escuros, grandes, redondos e levemente salientes têm uma expressão desperta. As orelhas são médias, largas na base e redondas na extremidade e eretas.

A cauda deste cachorro é curta de nascimento, grossa na sua base, a sua porção central pode ser em espiral ou dobrada naturalmente para terminar em ponta. Mas quando o Bulldog está ativo, a sua causa fica virada para baixo na horizontal.

A pelagem deste Bulldog é muito bonita, brilhante, macia e curta. Esta raça pode ter o pelo branco, tigrado e branco, fulvo, tigrado, creme ou tigrado escuro.

Caráter do Bulldog Francês

O temperamento dos Bulldog Franceses corresponde perfeitamente ao dos cachorros de companhia. Estes cães são amigáveis, brincalhões, muito sociáveis e doces. Pode-se dizer que são ótimos cães de companhia. Estes Bulldog costumam socializar facilmente com as pessoas, cachorros ou outros animais. Costumam se dar muito bem com crianças, mas podem ser muito carentes de companhia e carícias para crianças. Independente disso, é importante socializar estes cachorros desde cedo para evitar que se tornem tímidos quando forem adultos.

Esta raça não costuma ser muito problemática, mas pela sua grande necessidade de companhia pode desenvolver ansiedade por separação com certa facilidade. Isso significa que o Bulldog Francês pode se converter em um cachorro destruidor se ficar sozinho por períodos de tempo longos. Este não é um cachorro para deixar isolado em um cômodo ou jardim, ele precisa de conviver com pessoas.

Por outro lado, estes cães podem ser excelentes pets para a maioria das pessoas. Devido ao seu caráter amigável e sociável, chegam a ser excelentes animais de estimação para famílias com crianças grandes e pessoas sozinhas. No entanto, deve ter em conta que precisam de muita companhia e são muito brincalhões, por isso não são adequados para pessoas que passam a maior parte do tempo fora de casa. Também são bons cães para donos iniciantes, sempre que estejam conscientes do tempo que devem dedicar aos seus pets.

Cuidados do Bulldog Francês

O cuidado do pelo é mais fácil e simples do que em outras raças caninas, uma vez que o seu pelo curto não requer muitas exigências. Uma escovação semanal para remover o pelo solo costuma ser suficiente, quanto a banhos deverá dar-lhe apenas quando estiver sujo ou uma vez por mês. No entanto, deve limpar com frequências as rugas da sua casa, para evitar se acumular sujeira nelas. Basta limpar suavemente com um pano úmido e depois secar também suavemente.

As necessidades de exercício são baixas para o Bulldog Francês. Apesar de ser um cachorro muito brincalhão, cansa-se rapidamente e pode fazer a maior parte do exercício físico dentro de casa. Ainda assim, é aconselhável passear com ele diariamente para estimular a sua mente e permitir-lhe socializar e oferecer-lhe algum tempo de brincadeira não intensa. Devido ao seu nariz achatado, o Bulldog Francês não tolera bem os climas quentes e pode ser hipersensível à anestesia. Também não é bom permiti-lo fazer ou forçá-lo a fazer exercícios intensos, uma vez que pode sofrer de um choque térmico com facilidade.

Não é um bom nadador, por isso deve supervisioná-lo sempre no caso de existirem piscinas, lagos ou mar perto. Os Bulldog Franceses costumam ter problemas para nadar, uma vez que as suas cabeças são muito pesadas em relação ao resto do corpo, e podem afogar-se facilmente.

Estes cães adaptam-se com facilidade à vida nos apartamentos e em grandes cidades, por isso são excelentes pets para a maioria das pessoas cosmopolitas. No entanto, deve ter em conta que as suas necessidades de companhia são muito altas e não podem ficar sozinhos por muito tempo nem viverem isolados em um cômodo, jardim ou pátio. Estes cachorros precisam de passar tempo com as suas famílias.

Educação do Bulldog Francês

Esta é uma das raças que não se destacam no adestramento canino e muitos treinadores definem os Bulldog Franceses como cachorros teimosos e dominantes. No entanto, a verdadeira ração pela qual é difícil treinar estes cachorros é porque não respondem bem ao adestramento tradicional.

Pelo contrário, quando são treinados com o clicker, ou outra variante do adestramento positivo, os Bulldog Franceses podem aprender com facilidade. O único aspeto que pode levar mais tempo em comparação a outras raças é a educação do cachorro para ir ao banheiro, porque estes pequenos cães precisam de ir com mais frequência que cachorros de raças médias ou grandes.

Saúde do Bulldog Francês

Infelizmente, o Bulldog Francês é propenso a várias doenças de cachorros, relacionadas com o seu focinho achatado. Entre as mais frequentes podemos encontrar as seguintes: narinas estenóticas, degeneração do disco intervertebral e hemivértebra. Com menor frequência também se diagnosticam nesta raça: displasia de quadril, luxação da patela, entrópio, cataratas, surdez e distiquíase.

Fotos de Bulldog Francês

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Bulldog Francês

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário sobre Bulldog Francês

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?

Bulldog Francês
1 de 10
Bulldog Francês

Voltar ao topo da página