menu
Partilhar

Selamectina para coelhos - Dosagem, usos e efeitos colaterais

 
Por Laura García Ortiz, Veterinária especializada em medicina felina. 25 janeiro 2022
Selamectina para coelhos - Dosagem, usos e efeitos colaterais

Ver fichas de  Coelhos

A selamectina é um antiparasitário seguro e é uma excelente opção de remédio contra carrapato em coelhos. O antiparasitário também age contra outros parasitas externos como pulgas ou piolhos. A dosagem vai depender do tipo de parasita que o coelho em questão apresentar. Esta substância ativa pertence à classe das avermectinas e age paralisando estes invasores através da intervenção na interrupção da neurotransmissão motora normal destes organismos invertebrados.

Continue lendo este artigo do PeritoAnimal para conhecer mais sobre a selamectina para coelhos, sua dosagem, usos e efeitos secundários nesta espécie animal.

O que é a selamectina

A selamectina é um antiparasitário semi-sintético usado na medicina veterinária para exterminar os parasitas externos e internos dos animais. Seu uso é frequente não apenas em cães e gatos, mas também em animais como os coelhos, sendo especialmente útil no combate de carrapatos em coelhos e pulgas.

Esta substância ativa exerce sua ação mediante a ativação dos canais de cloro da sinapse muscular, o que faz com que os íons de cloreto entrem nas células nervosas, a neurotransmissão normal e a atividade elétrica muscular sejam interrompidas e, portanto, se produza uma paralisia neuromuscular e a consequente morte do parasita. Isto acontece uma vez que a selamectina tenha sido absorvida pela pele e pelos folículos capilares do coelho, passando em seguida à circulação sanguínea, intestino e glândulas sebáceas, onde podem ser encontrados os invasores que morrerão através da ingestão deste desparasitante ao se alimentarem das secreções ou do sangue do coelho infectado.

Neste outro artigo falamos sobre vacinas para coelhos. São necessárias?

Para que serve a selamectina em coelhos

A selamectina no coelho serve como um desparasitante externo de uso tópico para exterminar os parasitas externos que possam estar alojados em seu corpo.

A selamectina é um fármaco realmente útil para acabar com os ácaros da sarna que podem afetar os coelhos, como o Psoroptes cuniculi e Otodectes cynotis, com os piolhos que afetam os coelhos (Haemadipsus ventricosus), o ácaro da Cheyletiella (Cheyletiella parasitovorax), as pulgas (Ctenocephalides felis) e os carrapatos Rhipicephalus sanguineus e Dermacentor variabilis.

No que diz respeito às pulgas, a selamectina acaba com as pulgas adultas, os ovos e as larvas, rompendo, de forma eficaz, seu ciclo de vida desde a encubação no coelho e, ao redor, as larvas no meio e os adultos em sua superfície corporal, para que possa ajudar a controlar as possíveis infestações no meio ambiente das zonas às quais o coelho possa ter acesso. Além disso, a selamectina não apenas tem esta ação desparasitante imediata, como também impede as infestações por estes organismos durante 5 semanas.

Dosagem de selamectina para coelhos

A dosagem de selamectina a ser utilizada em coelhos vai depender do parasita que estiver sendo tratado, seguindo as recomendações abaixo:

  • Para pulgas: dosagem de 20 mg/kg durante 7 dias.
  • Para ácaros: dosagem de 6-18 mg/kg por via tópica através de pipetas. Dois tratamentos com um mês de intervalo.
  • Para o ácaro Cheyletiella: dosagem de 12 mg/kg.

A selamectina para coelhos é normalmente comercializada através de pipetas. Desta forma, para aplicar a selamectina você deve afastar os pelos da zona interescapular (entre as escápulas) para que a pele fique visível, segurar a pipeta na posição vertical, abrir a tampa e aplicar a quantidade recomendada diretamente sobre a pele, sem massagear.

Contraindicações da selamectina em coelhos

A selamectina não deve ser utilizada em coelhos doentes com outras patologias concomitantes, em coelhos fracos, abaixo do peso, imunossuprimidos ou com sinais de enfermidades sistêmicas. Além disso, ela não deve ser utilizada caso seja identificada hipersensibilidade a alguma das substâncias ativas ou excipientes do medicamento. Neste último caso, recomendamos que consulte outros antiparasitários, como o fenbendazol para coelhos ou o panacur, e escolher o que for mais apropriado para o seu animal. Em outro artigo, falamos dos melhores vermífugos para coelhos.

Por ser em formato pipeta, deve ser aplicado com o pelo e a pele completamente secos para facilitar a absorção cutânea e a chegada à corrente sanguínea, não devendo dar banho aos coelhos dois dias antes e dois dias após a aplicação da pipeta de selamectina.

Efeitos colaterais da selamectina em coelhos

O uso da selamectina pode causar os seguintes efeitos adversos em coelhos:

  • Coceira leve e temporária no local da aplicação.
  • Alopecia (queda de pelo) leve a moderada no local da aplicação.
  • Eritema.
  • Irritação focal.
  • Hiper salivação.
  • Fezes amolecidas.
  • Vômitos.
  • Anorexia.

Geralmente esses sintomas se resolvem sozinhos, e apenas os primeiros acontecem com maior frequência. Os sintomas do final da lista são mais incomuns e podem aparecer caso haja uma dosagem excessiva do produto, situação na qual seria necessário ir à clínica veterinária.

Agora que você já viu que a selamectina é uma boa opção para acabar com carrapatos em coelhos, assim como pulgas, ácaros e piolhos, não deixe de conferir o vídeo a seguir em que mostramos um guia completo de como cuidar de um coelho:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Selamectina para coelhos - Dosagem, usos e efeitos colaterais, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Medicamentos.

Bibliografia
  • Zuriaga E. A. (2019). Tratamiento de una queiletielosis en un conejo con una combinación de selamectina y sarolaner en spot-on. Argos Informativo Veterinario, ISSN 1699-7875, Nº. 214 (Urgencias y cuidados intensivos), 2019, págs. 18-19
  • Kurtdede A.,Zafer K., Acar A., Guzel M., Cingui C.C., Ural K. Ica A. (2007). Use of selamectin for the treatment of psoroptic and sarcoptic mite infestation in rabbits Disponível em: <https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-3164.2007.00563.x>. Acesso em 19 de janeiro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Selamectina para coelhos - Dosagem, usos e efeitos colaterais
Selamectina para coelhos - Dosagem, usos e efeitos colaterais

Voltar ao topo da página