menu
Partilhar

Skye terrier

Atualizado: 4 fevereiro 2022
Skye terrier

O skye terrier é um cão muito chamativo. Pequeno, com o corpo alongado e uma pelagem longa e densa, este animal é um dos menos comuns dos terrier e sem dúvidas uma das raças de cães mais elegantes. Suas longas orelhas cobertas de pelo liso e duro são a característica mais notável desta raça. Antigamente, eram utilizados para caçar animais de toca, mas hoje em dia esta prática não é mais utilizada e os skye terrier são animais de estimação que se adaptam muito bem a espaços pequenos, pois necessitam de pouca atividade física. Além disso, estes peludinhos são excelentes companheiros de idosos, pois precisam de companhia e não aguentam ficar sozinhos por muito tempo, sob risco de se tornarem agressivos ou sofrer ansiedade de separação.

Se vai adotar um cachorro da raça skye terrier e quer saber tudo sobre eles, não perca esta ficha de raça do PeritoAnimal, pois aqui te daremos toda a informação necessária para conhecer melhor estes pequenos cães.

Origem
  • Europa
  • Reino Unido
Classificação FCI
  • Grupo III
Características físicas
Altura
  • 15-35
  • 35-45
  • 45-55
  • 55-70
  • 70-80
  • Mais de 80
Peso adulto
  • 1-3
  • 3-10
  • 10-25
  • 25-45
  • 45-100
Esperança de vida
  • 8-10
  • 10-12
  • 12-14
  • 15-20
Atividade física recomendada
  • Baixa
  • Média
  • Alta
Clima recomendado
Tipo de pelo

Origem do skye terrier

Esta raça parece ser uma das mais antigas de todas as raças de terrier e há relatos de cães deste tipo no século XVI. Criado para caçar animais de toca, o skye terrier, junto do galgo afegão, está entre os cães mais atraentes e elegantes de todos. O nome desta raça deriva de seu lugar de origem, a ilha de Skye perto da costa escocesa.

Em 1840, a raça ganhou popularidade entre a aristocracia do Reino Unido, devido à afeição da rainha Vitória por estes cães. Essa popularidade, no entanto, não superou a passagem do tempo, e a raça é uma das menos difundidas nos dias de hoje.

Características físicas do skye terrier

Para os machos, a altura ideal é de 25 a 26 centímetros, e a longitude (da ponta do nariz à ponta da cauda) é de 103 centímetros. As fêmeas são um pouco menores, mas mantém as mesmas proporções.

De acordo com a Federação Cinológica Internacional (FCI), padrão da raça não indica um peso ideal, mas os skye terrier costumam ter por volta de 11 quilos, os machos sendo um pouco mais pesados que as fêmeas. O corpo deste pet é baixo e alargado. De acordo com o padrão da raça, seu comprimento deve ser duas vezes maior que a altura, o que o dá uma morfologia particular. O peito profundo e a longitude do corpo poderiam corresponder a um cão de grande porte e contrastam agradavelmente com as patas curtas mas musculosas do Skye terrier.

A cabeça é poderosa, grande e moderadamente larga. O focinho forte e simétrico termina em um nariz preto. Os olhos, de tamanho médio, são marrons, normalmente escuros, e muito expressivos. As orelhas podem ser em pé ou caídas, mas em ambos os casos estão cobertas de uma grande quantidade de pelo comprido, característico da raça.

A cauda do skye terrier é coberta de franjas, o que dá a ela uma aparência elegante que harmoniza com o restante do corpo. Quando o cão está ativo, levanta a cauda, mas nunca acima da linha horizontal.

O pelo do skye terrier é talvez uma de suas características mais notáveis e que dá à raça maior elegância. É uma pelagem dupla formada por uma capa interna de pelo curto, espesso, suave e lanoso, e uma camada externa de pelo longo, furo, reto, achatado e sem cachos. Pode ser de coloração negra, cinza, leonado ou creme, com marcas escuras. Também pode ser de qualquer coloração sólida, desde que tenha tonalidades da mesma cor, que a camada interna seja mais clara e que as orelhas e nariz sejam pretos.

Personalidade do skye terrier

A aparência elegante e graciosa destes cães esconde sua verdadeira personalidade tenaz e corajosa. Os skye são cães muito leais e afetuosos, mas tendem a escolher uma pessoa com quem são mais carinhosos, sendo considerados "cães de um só dono".

É muito importante começar cedo a socialização destes cães, pois quando adultos costumam ser reservados com estranhos e até agressivos. Tendem a ser agressivos com outros cães e animais de estimação, seja por territorialidade, hierarquia social, competência ou depredação. Quando estão bem socializados, os skye terrier aceitam melhor pessoas e cães conhecidos, mas mesmo com treinamento não serão dos mais amigáveis.

Apesar de tender a ser reservados com desconhecidos, estes animais precisam de muita companhia, não bastando vê-los apenas de vez em quando. Não aguentam grandes períodos de solidão e precisam estar com a sua família pelo maior tempo possível.

Estes cães podem ser excelentes animais de estimação para idosos ou jovens sem filhos. Os tutores, no entanto, devem dispor de bastante tempo para estarem ao lado de seus peladinhos ou, se possível, levá-los ao trabalho para que não fiquem sozinhos. Estes animais não são bons pets para famílias com crianças, porque tendem a morder quando se sentem ameaçados.

Cuidados do Skye terrier

O pelo destes terrier não requer cuidados especiais, mas demanda mais tempo do que para outras raças, sendo necessário escovar o pelo três ou quatro vezes por semana para que não se enrole, prática útil para reduzir a quantidade de pelos sobre os móveis e a roupa, já que perdem pelo regularmente. Não é necessário dar banho neles com muita frequência, apenas quando estiverem sujos.

Os cães desta raça não precisam de muito exercício, um ou dois passeios moderados por dia sendo suficientes para mantê-los em forma. O que precisam em demasia é de companhia, e não é bom deixá-los sozinhos por muito tempo.

Por seu pequeno porte e baixa demanda de exercício, estes cães podem viver bem em um local pequeno. Além disso, ao contrário de outros terrier, seu caráter tranquilo os torna ideais para a vida na cidade. Podem beneficiar-se também de um jardim onde brincar e correr livremente, mas devem viver dentro de casa junto do resto da família.

Como adestrar um skye terrier

Além de uma correta socialização, é importante seguir um bom programa de adestramento para poder controlar os cães e manter uma convivência harmônica. O ideal é seguir um programa de obediência canina que se concentre em aspectos essenciais para um animal de estimação, e não apenas em exercícios de competência. O adestramento deve ser realizado com métodos positivos, já que estes cães são muito sensíveis ao castigo e não se dão bem com os métodos tradicionais baseados na correção das más condutas através de castigos, como qualquer outro animal.

Entre os problemas de comportamento canino que costumam aparecer nesta raça, se encontram a agressividade (quando os cães não são socializados da forma correta) e a ansiedade por separação. Ambos os problemas estão relacionados ao trato inadequado por parte do criador e do tutor, e podem ser solucionados através do adestramento canino, socialização e manejo adequado de conduta.

Saúde do skye terrier

Esta raça tende a ser saudável, mas ainda assim apresenta alguns problemas de saúde característicos. Alguns deles têm a ver com a morfologia particular dos skye terrier, enquanto outros são comuns a várias raças de cães. Entre os problemas comuns à raça, estão:

  • Problemas na coluna vertebral
  • Deformações ósseas em extremidades e artrite
  • Câncer
  • Doenças autoimunes
  • Alergias
  • Disfunções tireoidianas

Mesmo que não possua nenhuma doença, é recomendável levar seu peludinho ao veterinário a cada 6 meses, para prevenir e detectar possíveis problemas de saúde, além de seguir o calendário de vacinação do skye terrier.

Agora que você já sabe tudo sobre a raça sky terrier, não perca este artigo sobre os cachorros mais inteligentes do mundo!

Fotos de Skye terrier

Artigos relacionados

Suba a sua foto de Skye terrier

Suba a foto do seu Pet

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
Como avalia esta raça?
Skye terrier
1 de 7
Skye terrier

Voltar ao topo da página