Partilhar

Pus no pênis do cachorro - Causas

 
Por Giselly Lillmans. Atualizado: 8 novembro 2018
Pus no pênis do cachorro - Causas

Ver fichas de  Cachorros

Se somos os cuidadores de um cão macho é provável que, em algumas ocasiões, tenhamos visto ele montando em algum objeto, lambendo excessivamente o pênis ou os testículos (se não for castrado), ou apresentando uma secreção anormal. Por esse motivo, neste artigo do PeritoAnimal, vamos explicar por que tem pus no pênis do cachorro. Sempre que esse tipo de secreção ocorrer, devemos pensar em uma infecção, portanto, a recomendação será ir ao veterinário para que este profissional possa recomendar o tratamento mais adequado depois de fazer o diagnóstico. Neste artigo, falaremos sobre as causas mais comuns desse problema para que você possa transmitir o máximo de informações possível ao especialista.

Secreção peniana no cachorros: quando é normal?

Como sabemos, nosso cão pode usar o pênis para liberar urina e, raramente, esperma (se não for esterilizado). A urina deve ser líquida, de cor amarela clara e além disso, deve fluir em um fluxo contínuo. Qualquer alteração na textura ou coloração deve servir como um alerta, assim como sintomas como dor, pequenas evacuações em várias ocasiões, não conseguir urinar mesmo tentando, urinar demais, etc. Por exemplo, uma urina com sangue, chamada hematúria, pode indicar que nosso cachorro está sofrendo um problema no pênis, na próstata ou na uretra, assim como se sair pus no pênis do nosso cachorro, o que nos indicará, muito provavelmente, uma infecção. Da mesma forma, é possível que alguma ferida tenha sido feita na área que foi infectada e, por isso, observemos a secreção no pênis.

Os casos acima são típicos de secreções anormais em cães, então o ideal é ir ao veterinário para que, após testes como o exame visual ou a análise de urina, ele possa estabelecer um diagnóstico e o tratamento apropriado.

Pus no pênis do cachorro - Causas - Secreção peniana no cachorros: quando é normal?

Esmegma canino: o que é

Às vezes, podemos pensar que está saindo pus do pênis de nosso cachorro mas, na verdade, se trata apenas de uma substância chamada esmegma que não indica qualquer patologia. O esmegma é uma secreção amarelada ou esverdeada formada pelos restos de células e sujeira que se acumulam nos órgãos genitais, que o cão geralmente elimina diariamente. Assim, se o cão está liberando um líquido amarelo ou de um tom esverdeado de seu pênis mas não mostra nenhum sinal de dor e a quantidade eliminada é pequena, geralmente se trata de esmegma.

Por ser um líquido completamente normal, não é necessária qualquer intervenção.

Secreção verde pelo pênis - Balanopostite em cachorro

Este termo se refere à infecção produzida na glândula e/ou no prepúcio do cachorro. Dizer que nosso cão tem pus saindo do pênis quer dizer que ele secreta um líquido verde ou branco, denso, com cheiro ruim e em quantidade considerável, o que torna mais fácil diferenciá-lo do esmegma. Além disso, o desconforto sofrido fará com que o cão se lamba insistentemente. Tanto é assim que, às vezes, não vemos nenhuma secreção, justamente porque o cachorro a lambeu. Desta forma, se suspeitarmos que o cão tem um excesso de esmegma, provavelmente estará com alguma infecção e não o líquido normal descrito anteriormente.

Esta infecção pode ocorrer pela introdução de um corpo estranho, como fragmentos de plantas, no prepúcio, o que causa erosão, irritação e subsequente infecção e abscesso na glande. Outra causa da balanopostite é o herpesvírus canino que produz uma infecção crônica que, além disso, pode ser transmitida à fêmea se o cão cruzar. Também podem causar a infecção um orifício do prepúcio muito estreito e a fimose, que implica uma abertura prepucial tão pequena que pode até interferir no fluxo da urina. Os cães podem nascer com fimose ou adquiri-la. Precisamente, uma infecção no prepúcio pode causá-la.

Sempre que você notar desconforto no cão e uma secreção de pus, deve ir ao veterinário. Uma vez confirmado o diagnóstico, o tratamento é baseado na administração do antibiótico apropriado. Este exame veterinário é muito importante, porque o líquido nebuloso e de cheiro estranho também pode ser a urina se o cachorro sofre de cistite, que é uma infecção da bexiga. Deve ser tratada o quanto antes para evitar que chegue aos rins.

Pus no pênis do cachorro - Causas - Secreção verde pelo pênis - Balanopostite em cachorro

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Pus no pênis do cachorro - Causas, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças do sistema reprodutor.

Bibliografia
  • Autumn P. Davidson, DVM, MS, DACVIM, Clinical Professor, School of Veterinary Medicine, University of California, Davi. Disponível em: https://www.merckvetmanual.com/reproductive-system/reproductive-diseases-of-the-male-small-animal/balanoposthitis-in-small-animals

Escrever comentário sobre Pus no pênis do cachorro - Causas

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Pus no pênis do cachorro - Causas
1 de 3
Pus no pênis do cachorro - Causas

Voltar ao topo da página