Partilhar

Por que os gatos ronronam?

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 6 novembro 2018
Por que os gatos ronronam?

Ver fichas de  Gatos

O ronronar dos gatos é algo conhecido por todo o mundo, no entanto, é desconhecido o mecanismo físico que provoca este som peculiar. Se o seu gato ronrona muito, mexe a cauda ou ronrona muito forte, aqui poderá encontrar parte do seu significado.

Não são apenas os gatos domésticos que ronronam, muitos felinos selvagens como os tigres, as panteras, os leões, os leopardos, onças e chitas também ronronam. A imensa maioria de felinos selvagens de tamanho pequeno também emitem este som caraterístico enquanto fazem massagens com as patas, por exemplo.

Continue lendo este artigo de umComo no qual lhe explicamos por que os gatos ronronam e saiba tudo sobre este som caraterístico dos gatos.

Também lhe pode interessar: Coisas que você deve saber sobre os gatos

Teorias sobre o ronronar

No início referimos que o ronronar felino é um som do qual se desconhece a sua origem certa e o mecanismo de emissão.

Existem duas teorias científicas sobre isso: Estudos eletromiográficos defendem a hipótese de que são os músculos da laringe do gato, que tremem muito e provocam uma dilatação da glote e a sua imediata regressão, cuja veloz atividade causa vibrações ao inalar e exalar o ar ao respirar. Toda esta mecânica física provoca o ronronar.

A outra teoria diz que o som é de origem hemodinâmico. Esta hipótese afirma que o ronronar tem origem na veia cava posterior. Mais concretamente na altura do diafragma, uma vez que os músculos comprimem o fluxo sanguíneo, causando umas vibrações que se transmitem através dos brônquios.

Por que os gatos ronronam? - Teorias sobre o ronronar

O ronronar materno

Durante e depois do parto a gata comunica com os seus filhotes através do ronronar. Os gatos contam também com a capacidade inata para ronronar ao fim de uma semana de vida, utilizando-o para comunicarem com a sua mãe.

O ronronar serve à gata para acalmar os seus filhotes durante o traumático parto. Depois serve para mostrar a sua posição à sua ninhada, uma vez que durante alguns dias os gatinhos permanecem cegos. Com o ronronar e o seu cheiro a mãe guia os seus filhotes para mamarem. Durante a lactação a mãe acalma os seus filhotes para evitar que mordam os seus mamilos ao mamar.

Quando os filhotes aprendem a ronronar, comunicam o seu estado de ânimo à sua mãe. Mostram-se contentes quando mamam, ou também pode significar que estão bem ou que têm medo. O ronronar não é monocorde, conta com várias frequências que o gato utiliza dependendo de cada situação.

Por que os gatos ronronam? - O ronronar materno

O ronronar de prazer

Todas as pessoas que contam com a companhia de gatos em casa, com certeza que já tiveram uma boa sensação ao sentirem o ronronar do gato ao seu colo, ou enquanto o acariciam.

O ronronar dos gatos domésticos é uma espécie de zumbido que produz entre 25 e 150 vibrações por segundo. Entre esta ampla gama de tons o gato pode expressar com precisão os seus desejos e estado de ânimo. Ao contrário da crença popular, o ronronar pode não significar apenas que o gato está a gostar daquele momento.

Por que os gatos ronronam? - O ronronar de prazer

Vários significados do ronronar

O mais habitual e conhecido é o ronronar que o gato expressa em situações que considera boas para ele. Enquanto come o gato ronrona, também o faz ao ser acariciado, mas este é um ronronar mais complexo, uma vez que não quer dizer apenas que o gato está a gostar, como também é uma forma de mostrar agradecimento e confiança ao sentir-se amado.

No entanto, o gato também pode ronronar quando está doente e pede a nossa ajuda. Os gatos ronronam para evitar situações de tensão, como por exemplo: depois de lhe darmos bronca, ou inclusive para evitar brigas com outros gatos emitindo um ronronar amigável nestas ocasiões.

Tipos de ronronar

Já vimos que através do ronronar o gato pode mostrar diversos estados de ânimo. De seguida, vamos relacionar os diferentes tons, frequências e seus significados para poder entender melhor o seu pet:

  • Se o seu gato ronrona de forma irregular é sinal de que está gostando.
  • Se o gato ronronar com um tom vigoroso e regular é porque quer algo. Pode ser comida, água ou uma carícia sua.
  • Se o gato ronrona de forma muito alta, normalmente significa que o animal se encontra mal e está pedindo a nossa ajuda para aliviar a sua dor ou mal-estar.
  • Quando o gato ronrona de forma pausada e uniforme significa que o gato deseja terminar com uma situação incômoda. Por exemplo: quando olhamos para ele fixamente nos olhos, o que para os felinos é um sinal pouco amigável. Neste caso o gato ronrona da forma que explicamos para nos comunicar que ele não representa nenhum perigo e deseja a nossa amizade. Quando isto acontece, a nossa resposta deverá ser um piscar muito lento de olhos e uma carícia que dará por terminada a tensão entre ambos.
  • Devemos ter em conta a tonalidade habitual do nosso gato. Visto que do mesmo modo que as pessoas possuímos tonalidades de voz diferentes, cada um deles tem o seu próprio tom, mais grave ou agudo, mais acelerado ou pausado.

Se você tem curiosidade sobre o comportamento felino, leia também porque alguns gatos mamam no cobertor.

Por que os gatos ronronam? - Tipos de ronronar

Se deseja ler mais artigos parecidos a Por que os gatos ronronam?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Por que os gatos ronronam?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
Midori
Minha gatinha de madrugada em vários momentos vem ronronar bem alto no meu ouvido e com as patinhas começa a amassar pãozinho e até chega a babar no meu cabelo ela tem feito isso por alguns minutos e em diversas horas principalmente de madrugada
A sua avaliação:
Leonardo
Eu já tive gatos e cães sob o mesmo teto e coisas engraçadas aconteceram:
Tive uma fêmea Persa, chamada Sara, com forte instinto maternal, desde filhote. Ela mandava e desmandava em dois cachorrinhos que já viviam comigo, antes da chegada dela. O mais interessante é que um dos cães já tinha por volta de cinco ou seis anos (Pingo), quando eu levei para casa um filhote recém-desmamado de cachorro, à beira da morte, desnutrido e sujo Foi batizado de Benji. Pois bem, em seguida à minha entrada, a. Sara surgiu na cozinha, subiu na pia e queria o filote para ela (claro, roronando e miando intensamente - e ela tinha entre 7 e 8 meses de idade), enquanto minha esposa começou a limpar o filhote (Benji) e o Pingo ficava olhando, tentando entender o que ocorria. O Benji, após a higiene, foi colocado em uma caminha que a Sara não usava e, mesmo assim, ela se deitou com ele, como se protegendo-o (ronronando). Passados alguns minutos, minha esposa foi preparar algo para alimentar o Benji (ela desmanchou algumas bolinhas de ração em água à temperatura do corpo). Fui pegar o filhote, para que fosse alimentado com aquele caldo e a Sara pulou novamente em cima da pia e só sossegou, mas não se afastou, após eu lhe mostrar o que estava sendo oferecido ao seu "filho adotivo", para que cheirasse aquela mistura. O Benji foi alimentado com aquilo por alguns dias, até recuperar as forças e a super-mãe, ronronando, chamava o Pingo (que a obedecia prontamente), para que os três se deitassem juntos: Pingo era menor do que um Fox Paulistinha e o Benji, cerca de 1/3 do tamanho do Pingo e a Sara tinha uma tamanho intermediário, mas ainda assim, menor do que o Pingo. Em seguida, a Sara saía e deixava os dois cães na caminha, que tinha dimensões que somente acomodariam o Pingo.
O Benji dormiu durante três dias e o Pingo entrava e saía da cama, algumas vezes.
A gata era quem decidia os momentos de comer, beber, ir ao banheiro, etc. Os cães tinham suas vontades, mas quando a "mãe" chamava, eles não se demoravam em estar ao lado dela.
Por fim, a Sara, que ensinou Benji (e, sem querer, Pingo, também) onde comer, beber e fazer as necessidades, também ensinou os cães a se expressarem/comunicarem e eles passaram a "ronronar", emitindo pequenos rosnados, que variavam, conforme a ocasião.
Helio
Gatas castradas param de ronorar ?

Por que os gatos ronronam?
1 de 5
Por que os gatos ronronam?

Voltar ao topo da página