menu
Partilhar

Hemorragia interna em cachorros - Sintomas e tratamento

 
Por Carla Moreira, Médica veterinária. 19 junho 2023
Hemorragia interna em cachorros - Sintomas e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

Hemorragia é a perda de sangue por meio de um corte ou ferida traumática, podendo acontecer também por motivos naturais, como um sangramento no nariz ou nos ouvidos. A ruptura de vasos sanguíneos resulta em hemorragia, sendo o sangramento interno aquele em que o sangue não é visível, acumulando-se dentro das cavidades do próprio corpo, tais como crânio, tórax, abdômen, entre outras.

Hemorragias superficiais são fáceis de serem percebidas e raramente são fatais. O perigo está nas hemorragias internas ou profundas. Atropelamentos, traumas, quedas e, infelizmente, maus tratos, podem resultar em hemorragia interna, levando o cachorro a óbito se não for socorrido a tempo.

A hemorragia interna em cachorros pode ser lenta (crônica) ou rápida (aguda), e uma grande perda de sangue em pouco tempo pode resultar em parada cardíaca. E como saber se o cachorro está com hemorragia interna? Como ajudar o animal? Existe algo que possa ser feito até chegar no hospital? É importante saber controlar uma hemorragia até que o animal seja transportado para um centro clínico, e, pensando nisso, o PeritoAnimal escreveu este artigo para te ajudar nessa tarefa! Então aproveite as dicas e aprenda tudo sobre hemorragia interna em cachorros, suas causas, sintomas e tratamento.

O que é uma hemorragia interna no cachorro?

A hemorragia acontece quando algum vaso sanguíneo é rompido, podendo ser um capilar, uma veia ou uma artéria. As hemorragias podem ser superficiais ou internas. Quando vasos da pele são cortados, perfurados ou lacerados, ocorre hemorragia, que raramente é fatal. O problema é quando a hemorragia é interna, ou seja, o sangue extravasado fica contido em alguma cavidade do corpo e não é possível que o tutor perceba.

O principal risco da hemorragia interna em cachorros é o choque hipovolêmico, que ocorre quando o corpo fica sem sangue suficiente nos vasos sanguíneos, não conseguindo levar oxigênio às células, o que pode levar à morte do animal. O choque hipovolêmico ocasionado por hemorragia é estabelecido com perda sanguínea equivalente a 30% da volemia no cão. Ou seja, caso o cachorro perca por volta de 30% do seu volume sanguíneo, seu corpo entrará em choque.

O que causa hemorragia interna em cães?

A hemorragia interna em cães acontece quando ocorre rompimento de vasos sanguíneos internos, podendo ser capilares (pequenos vasos sanguíneos), veias ou artérias. Essa ruptura dos vasos pode acontecer devido a algum trauma, como em um acidente automobilístico, quedas, maus tratos e após uma cirurgia (onde alguma ligadura de vaso sanguíneo pode ter rompido). Traumas fortes em regiões da cabeça, tórax e abdômen, além de outras regiões, alertam para o risco de hemorragias.

Os traumas e as neoplasias foram considerados as duas causas mais comuns de hemorragia abdominal. Cães mais jovens estão mais predispostos a sofrerem acidentes traumáticos, enquanto as neoplasias ocorrem mais comumente nos animais mais idosos. Estudos na área de veterinária indicam que o sucesso do tratamento clínico nesses casos é bem pequeno, sendo as intervenções cirúrgicas o tratamento mais efetivo para contenção da hemorragia.

Sintomas de hemorragia interna em cachorros

A hemorragia interna em cachorros é uma condição preocupante que pode apresentar diferentes sintomas. Por isso é importante prestar atenção aos sinais que indicam a presença de uma hemorragia interna, pois um diagnóstico precoce pode salvar a vida do cachorro. Geralmente, cachorros com hemorragia interna apresentam:

  • Fraqueza
  • Mucosas pálidas (por exemplo, a gengiva)
  • Pele fria
  • Tontura
  • Sede
  • Respiração acelerada
  • Vocalização
  • Dor
  • Perda de consciência.

Nunca tente tratar o cachorro em casa, pois a hemorragia interna é uma emergência médica, que deverá ser tratada por um profissional e o mais rápido possível.

Cachorro defecando sangue é sinal de hemorragia?

Quando um cachorro está defecando sangue, muitos tutores se perguntam se isso pode ser sinal de hemorragia. E a resposta é sim, este pode ser um sintoma de hemorragia interna no animal. Após um trauma, a depender da região afetada, pode acontecer de o cachorro urinar ou defecar sangue. Isso porque órgãos como a bexiga e os intestinos podem ter alguns de seus vasos sanguíneos rompidos, havendo sangramento. Esse sintoma pode ser um indicativo muito útil para detectar uma hemorragia por atropelamento, por exemplo.

Mas tenha calma! Nem todo cachorro que defeca sangue está tendo uma hemorragia interna! Algumas doenças gastrointestinais podem causar esse tipo de sintoma também, pois agentes causadores de gastroenterites são capazes de lesionar a mucosa gastrointestinal, resultando em sangramentos. Além disso, parasitas intestinais também causam sangramento, podendo ser diagnosticados com um simples exame de fezes.

Então, se o seu cachorro não sofreu nenhum trauma e não realizou nenhuma cirurgia nos últimos dias, o sangue nas fezes provavelmente não será indicativo de hemorragia interna, mas deverá ser investigado também. A perda lenta e contínua de sangue pode resultar em anemia.

O que acontece quando dá hemorragia interna no cachorro?

A hemorragia interna é um quadro muito grave no cachorro, podendo levá-lo à morte caso não seja socorrido a tempo. A hemorragia pode evoluir para o quadro de choque hipovolêmico, caracterizado como uma condição de emergência em que a severa perda de sangue e fluidos resulta em uma diminuição crítica do volume sanguíneo, fazendo com que o coração não consiga bombear sangue suficiente para os tecidos.

Hemorragias abdominais em cães devem receber fluidoterapia intensa para estabilizar o animal e a cirurgia acontecerá caso os animais em tratamento clínico não revelem melhoras em seu estado.

O que fazer quando o cachorro está com hemorragia interna?

Caso você desconfie que seu cachorro está com hemorragia interna, deite-o em uma posição confortável e mantenha o animal aquecido, utilizando um cobertor ou bolsas de água morna. Não tente resolver o problema sozinho ou esperar um tempo, pois o socorro deverá ser imediato.

Leve o cachorro imediatamente para uma clínica veterinária de sua confiança. Evite movimentar o animal, pois isso pode piorar o sangramento interno. Durante o trajeto, verifique parâmetros como temperatura e coloração da gengiva (se está muito pálida, mais ou menos corada). Essas observações poderão auxiliar o médico veterinário durante a consulta, além do histórico sobre o trauma que pode ter ocasionado a hemorragia.

Agora que você já sabe as causas, os sintomas e o que fazer em caso de hemorragia interna em cachorros, não perca o vídeo a seguir no qual te contamos 6 sintomas de um cachorro doente:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Hemorragia interna em cachorros - Sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia
  • Santos, S.M.J. et al. Cartilha de primeiros socorros: hemorragias. Cartilha vinculada ao grupo de estudos e pesquisa em saúde da pessoa em condições críticas – UFPB, 2020. Disponível em http://www.ccta.ufpb.br/editoraccta/contents/titulos/saude/cartilha-de-primeiros-socorros-hemorragias/cartilha-hemorragia.pdf. Acesso em 19/06/2023.
  • Zancan, R.G. Fluidoterapia no choque hipovolêmico. Monografia de especialização. Universidade Federal de Santa Maria, 2014. Disponível em https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/779/Zancan_Rubia_Gabriela.pdf?sequence=1. Acesso em 19/06/202.
  • Sardinha, M.R.R. Estudo Retrospectivo de Hemoabdómen em Cães. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Lisboa, 2015. Disponível em https://core.ac.uk/download/pdf/48584231.pdf. Acesso em 19/06/2023.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Hemorragia interna em cachorros - Sintomas e tratamento
Hemorragia interna em cachorros - Sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página