Partilhar

Guia completo de cuidados para gatos idosos

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. Atualizado: 8 novembro 2018
Guia completo de cuidados para gatos idosos

Ver fichas de  Gatos

Os gatos são animais de longa duração, isto porque se tratam de animais que podem chegar a viver até aos 18 anos e inclusivamente em certas ocasiões podem superar os 20. É importante considerar que se o seu gato superou os 12 anos de idade deve começar a receber cuidados especiais e atenções de forma regular, isto por se tratar de um animal de idade avançada.

Por esse motivo, neste artigo do Perito Animal queremos trabalhar para lhe oferecer conselhos úteis que façam com que o seu pet receba os melhores cuidados nesta etapa tão delicada da vida de um gato idoso. Continue lendo e descubra este guia completo dos cuidados para gatos idosos.

Também lhe pode interessar: Fralda para cachorro - Guia completo!

A alimentação do gato idoso

Visualmente os gatos conservam um aspeto juvenil e ativo que não nos faz pensar que precisam de cuidados extra, mas isso não é bem assim. Os seus ossos, músculos e órgãos começam a trabalhar de forma mais lenta e se ressentem com o passar do tempo.

Para começar este guia de cuidados para os gatos idosos falamos da alimentação. Será fundamental estar atento à sua alimentação e consultar o veterinário para uma mudança na sua alimentação para uma gama senior ou light.

Este tipo de alimentação é indicada para gatos idosos uma vez que engorda menos que outras rações (ideal para a sua pregressiva redução de atividade diária) e permite controlar o seu peso, algo que é fundamental nesta etapa. Lembre-se que os gatos ou outros animais com sobrepeso têm uma menor esperança de vida, ajude-os a manter uma figura saudável e estável.

Outra consideração que deve ter em conta é que deve confirmar que o animal bebe e come de forma adequada. Certifique-se de que bebe água e comida frequentemente, caso contrário deve ir ao veterinário.

Guia completo de cuidados para gatos idosos - A alimentação do gato idoso

Cuidar da sua boca é fundamental

A falta de apetite pode dever-se à formação de placa dentária que causa uma gengivite dolorosa ao nosso gato e o impede de mastigar a sua ração. As doenças dos dentes são frequentes nos gatos idosos e costumam vir acompanhadas de um mau hálito.

Descubra também no Perito Animal conselhos para remover o tártaro nos gatos. Em casos muito graves o seu gato idoso pode precisar de uma intervenção do veterinário.

Se observar que não come ração, experimente estimulá-lo com comida úmida que além de ser saborosa e fácil de ingerir, contém uma grande quantidade de água, algo que é ideal para gatos mais velhos.

Guia completo de cuidados para gatos idosos - Cuidar da sua boca é fundamental

Cuidados do gato idoso em casa

Além do que foi comentado anteriormente é importante que nesta etapa da vida prestemos atenção ao nosso amiguinho oferecendo-lhe atenções extra.

Para fomentar um gato saudável e ativo, mesmo nesta etapa de velhice, é importante que evite a apatia do pet, brincando com ele e captando a sua atenção de forma regular. Brinquedos, carinhos ou massagens são opções perfeitas para que se mantenha em forma e saudável.

Do mesmo modo que quando está acordado vamos tentar motivar o nosso gato a ser ativo, quando estiver a dormir deve respeitar a suas horas de sono, oferecendo-lhe uma cama confortável e aconchegante para que os seus ossos não se ressintam.

Outro cuidado específico dos gatos idosos é a atenção a problemas relacionados com os sentidos, como por exemplo a cegueira ou a surdez. Ao envelhecerem pode começar a se desorientar dentro da mesma casa onde sempre viveram e também podem perder capacidades que devemos descobrir através de uma observação cuidada.

Embora a Internet tenha muito conselhos para aplicar a gatos idosos, na verdade o melhor conselhos pode ser dado por você mesmo porque é você que convive com o gato e conhece as suas necessidades e carências. Não deixe de observar e prestar a atenção necessária para que passe esta etapa junto com a melhor pessoa possível, que é você!

Guia completo de cuidados para gatos idosos - Cuidados do gato idoso em casa

Seguimento veterinário do gato idoso

Durante a velhice os problemas de saúde começam a ser mais frequentes que em outras etapas da vida do gato. Devemos estar informados e atentos a qualquer mudança física que se observe: perda de pelo, aparecimento de tumores, irregularidade ao caminhas, etc. Diante de qualquer sintoma é importante recorrer ao veterinário o quanto antes.

A depressão ou a prostração podem ser sinais de doença e devemos tomar isso com seriedade. A falta de apetite e a sede aumentada podem ser sinais de vários transtornos: problemas renais, hepáticos, gastrites. Estes problemas são mais frequentes quando o gato envelhece, por isso recomenda-se fazer análises sanguíneas com regularidade a partir dos 8 ou 10 anos. Fazer um diagnóstico precoce é a chave para um tratamento de sucesso nos problemas que o gato idoso possa ter.

Embora não observe nenhum sinal de doença no seu gato, também é muito recomendável ir ao veterinário a cada 6 meses aproximadamente para fazer uma análise e revisão geral. Desse modo descartam-se possíveis anemias ou alergia que podem ter passado despercebidas.

Descanso e repouso

O repouso é fundamental na vida de um gato idoso. A partir dos 8 anos começamos a notar como ele precisa de mais horas de descanso e isso é normal, não se alarme com isso. Por essa razão, compre uma nova caminha confortável e várias almofadas para que descanse bem.

Sempre que o gato estiver descansando propicie um ambiente tranquilo e não o incomode. Além disso e como conselhos extra, se vir que lhe custa subir as escadas deve ajudar a pegá-lo ao colo. Também é recomendável colocar umas almofadas juntos dos aquecedores para que ele se possa encostar por ai. Tudo o que possa fazer para tornar a vida do seu gato mais fácil e confortável será bem-vindo.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Guia completo de cuidados para gatos idosos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Geriatria.

Escrever comentário sobre Guia completo de cuidados para gatos idosos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Dalva
Voces indicam várias rações renais, mas todas que eu compro, meu gato não come porque não são palatáveis. Poderiam me informar quais as rações que REALMENTE tem sabor agradável como peixe ou carne. Meu gato tem 18 anos. Precisa de uma ração renal de preferência sabor peixe ou carne bem saborosa. Quais voces me indicariam? Por favor, não diga que há várias indicações no site, pois ali não fala se são palatáveis ou não. Gostaria de uma específica. Com nome e sobrenome. Obrigada.

Guia completo de cuidados para gatos idosos
1 de 4
Guia completo de cuidados para gatos idosos

Voltar ao topo da página