Partilhar

Gato pode comer chocolate?

Gato pode comer chocolate?

Ver fichas de  Gatos

O chocolate é um dos doces mais consumidos e apreciados no mundo todo, tendo até mesmo quem se declara viciado nele. Por ser tão delicioso, é possível que alguns tutores queiram compartilhar essa iguaria com seus companheiros felinos e se perguntem se os gatos podem comer chocolate.

Embora existam alguns alimentos humanos que os gatos podem consumir, o chocolate é um dos alimentos tóxicos para gatos, podendo prejudicar gravemente a saúde e bem-estar deles. Por isso, jamais deve oferecer ou deixar ao alcance dos felinos alimentos ou bebidas que contenham chocolate e/ou seus derivados.

Neste artigo do PeritoAnimal, vamos explicar se gato pode comer chocolate e desta forma você poderá conhecer melhor seu companheiro felino e fornecer-lhe a nutrição ideal. Continue lendo!

Também lhe pode interessar: Por que cachorro não pode comer chocolate

Chocolate para gatos

A principal razão pela qual os gatos não podem comer chocolate é porque este alimento contém duas substâncias que o organismo não consegue digerir: a cafeína e a teobromina.

A primeira substância, a cafeína, é bastante conhecida por estar presente em vários alimentos e bebidas que consumimos diariamente, especialmente o café e seus derivados. A teobromina, por sua vez, é um composto menos popular, naturalmente presente nas sementes de cacau e que também pode ser adicionado artificialmente ao chocolate durante sua fabricação na indústria.

Por que se adiciona teobromina ao chocolate? Basicamente porque, juntamente com a cafeína, essa substância é responsável por induzir a sensação de felicidade, prazer, relaxamento ou estimulação que sentimos ao consumir este alimento. Ainda que seja menos potente que a cafeína, a teobromina tem um efeito prolongado e atua diretamente sobre o sistema nervoso, impactando também as funções cardíacas, respiratórias e musculares.

Nas pessoas, o consumo moderado de chocolate pode chegar a oferecer uma ação estimulante, antidepressiva ou energizante. Mas os gatos e cachorros não possuem enzimas para digerir o chocolate ou metabolizar essas duas substâncias já mencionadas. Por essa razão, as bebidas e alimentos que contém chocolate ou cacau, são alimentos proibidos para gatos.

É importante lembrar que o chocolate contém açúcares e gorduras em sua elaboração, o que resulta num alto valor energético. Por isso, seu consumo também pode levar a um rápido aumento de peso, assim como a possíveis elevações nos níveis de glicose e colesterol no sangue.

Além disso, os chocolates comerciais costumam incluir leite em sua fórmula nutricional, o qual também pode provocar alergia nos gatos. Lembre-se que, ao contrário do que as lendas afirmam, o leite não é um alimento adequado para gatos, já que a grande maioria dos gatos adultos é intolerante à lactose. Podemos, então, concluir que chocolate faz mal para gatos.

Porque não pode dar chocolate para gatos

Se um gato comer chocolate, terá como consequência a dificuldade em metabolizar a cafeína e a teobromina. Os gatos costumam apresentar problemas digestivos depois de ingerir chocolate, tais como vômitos e diarreia. Também é possível observar alterações no comportamento habitual e sintomas de hiperatividade, ansiedade ou nervosismo, graças ao efeito estimulante das duas substâncias.

Sintomas de gato intoxicado com chocolate

No geral, esses sintomas aparecem durante as 24 ou 48 horas posteriores ao consumo, que é o tempo médio que seu corpo leva para eliminar a cafeína e a teobromina do organismo. Caso o felino tenha ingerido quantidades maiores de chocolate, podem aparecer outras consequências mais graves como convulsões, tremores, letargia, dificuldade para respirar e se mover e, inclusive, falência respiratória. Ao observar qualquer um desses sintomas, não hesite em ir imediatamente para a clínica veterinária.

Meu gato comeu chocolate: o que fazer

Como os gatos não sentem o gosto de doces e desenvolveram uma rejeição natural a esse tipo de alimento, é muito provável que seu gato não consuma esse alimento na sua ausência, mesmo que você o deixe a seu alcance. No entanto, os gatos são especialmente curiosos, por isso te aconselhamos evitar deixar chocolate ao alcance, bem como qualquer tipo de produto, comida, bebida ou substância potencialmente tóxica ou alérgica.

No entanto, se por algum motivo você suspeita que seu gato tenha ingerido alimentos ou bebidas que contêm chocolate, a melhor coisa a fazer é levá-lo imediatamente ao veterinário. Na clínica veterinária, o profissional poderá examinar o estado de saúde de seu gato, detectar possíveis sintomas relacionados a essa ingestão e estabelecer um tratamento adequado.

O tratamento vai depender do estado de saúde de cada gato e também da quantidade de chocolate consumida. Se for uma dose pequena e inofensiva, pode ser necessária somente a observação clínica, para verificar se o gatinho não apresenta sintomas mais graves e conserva boa saúde.

No entanto, se seu gato ingeriu doses mais elevadas, o veterinário vai analisar a viabilidade de fazer uma lavagem gástrica, assim como a possibilidade de administrar fármacos para controlar a sintomatologia que possa se apresentar, como convulsões e arritmias cardiorrespiratórias.

Gato pode comer chocolate? - Meu gato comeu chocolate: o que fazer

Meu gato comeu chocolate: ele deve vomitar?

Ao perceber que seus gatos consumiram alimentos tóxicos para gatos, como o chocolate, muitos tutores pensam imediatamente em fazê-los vomitar. No entanto, a indução ao vômito só é uma medida recomendável quando se passaram apenas 1 ou 2 horas da ingestão, além de precisar levar em conta quais substâncias ou alimentos o gato consumiu. Passado esse tempo, induzir o vômito nos gatos não é eficaz para eliminar as substâncias tóxicas, e pode inclusive danificar o trato digestivo.

Naturalmente, é essencial conhecer os primeiros socorros em caso de envenenamento, para agir com segurança e eficiência caso o gatinho consuma alimentos ou substâncias tóxicas. No entanto, como dificilmente terá certeza sobre quanto tempo se passou desde a ingestão da substância, o melhor que pode fazer é levar o felino imediatamente para a clínica veterinária.

Caso se trate de um filhote de gato, a atenção veterinária será indispensável, independente do tempo que se passou desde o consumo ou da quantidade ingerida.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gato pode comer chocolate?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de alimentação.

Bibliografia
  • BRANT, Sharon. Chocolate. Disponível em: <https://www.merckvetmanual.com/toxicology/food-hazards/chocolate>. Acesso em: 28 jan. 2019.

Escrever comentário sobre Gato pode comer chocolate?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
MARCOS SERGIO BATISTA
Meu gato não quer beber água de jeito nenhum. Já comprei fonte, espalhei vasilhas com água por toda a casa e nada. Por favor me oriente como proceder. Estou dando água a força na seringa mais é muito estressante pra mim e para ele. Não sei mais o que fazer. Já segui todas as orientações do veterinário e nada.
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Marcos! Temos um artigo sobre possíveis causas e soluções de um gato não querer beber água, confira: https://www.peritoanimal.com.br/meu-gato-nao-bebe-agua-causas-e-solucoes-22640.html
De qualquer maneira, é importante buscar ajuda de um médico veterinário de confiança.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Diana
gato pode comer bolo de chocolate?

Gato pode comer chocolate?
1 de 2
Gato pode comer chocolate?

Voltar ao topo da página