menu
Partilhar

Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. 16 março 2021
Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer

Ver fichas de  Gatos

Os gatos normalmente não têm problemas com a comida. Eles usualmente sabem controlar muito bem a velocidade da ingestão e a quantidade que precisam comer, deixando na maioria das vezes parte da ração na tigela. Mas há alguns gatos que, por alguma razão, comem de uma maneira muto apressada e, num piscar de olhos, limpam a tigela sem deixar uma migalha sequer.

Este é um problema complicado porque você não pode sentar ao lado dele e conversar para entender seu comportamento e nem mesmo convencê-lo de que deve mastigar mais lentamente para processar melhor os alimentos. Se o gato sempre se comporta assim, é porque isso faz parte de sua personalidade. Consequentemente, a única forma de amenizar este problema é pensando em formas de dificultar que ele coma rapidamente a ração.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos te dar algumas dicas simples, e econômicas, se você tem um gato comendo muito rápido: causas e o que fazer. Assim, vamos apresentar maneiras para que você possa dificultar o acesso do felino à toda a ração.

Também lhe pode interessar: Meu cachorro come muito rápido, o que fazer?

Por que meu gato come rápido

Diferentes motivos explicam um gato comendo depressa. Vamos detalhar um pouco os motivos a seguir:

  • Competição entre gatos na mesma casa
  • Dieta desequilibrada
  • Estresse
  • Tédio
  • Parasitas
  • Depressão
  • Trauma

Se você vive com mais de um felino em casa, essa pode ser a explicação. É comum que, quando vivem em grupo, um deles seja considerado o gato dominante ou alfa, que pode acumular comida. Assim, os demais gatos, quando têm a oportunidade, comem rapidamente porque acreditam que não terão uma outra chance tão cedo.

Os gatos podem estar comendo com pressa devido a estresse, tédio ou mesmo depressão por se sentirem muito sozinhos ou, ainda, porque estão sofrendo de alguma enfermidade, como diabetes ou hipertireoidismo, doenças que ampliam drasticamente a sede e a fome dos felinos.

Nossos companheiros de quatro patas também podem se alimentar de maneira apressada devido a algum tipo de trauma da vida que tinha antes de ser adotado (quando é o caso). Os traumas podem afetar uma série de comportamento dos felinos, e a maneira com a qual se alimentam certamente é um deles. No passado, ele pode ter ficado sem comer por várias horas ou até mesmo dias e, por isso, quando tem algum alimento por perto, come vorazmente para não sofrer como no passado.

Uma outra possibilidade que explica um gato comendo rápido é a oferta de uma dieta desequilibrada a ele. Os nossos amigos felinos precisam de alimentos que ofereçam as proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais de forma balanceada para garantir sua saúde. No entanto, se seu organismo começa a sentir falta desses nutrientes, ele pode começar a comer mais e com pressa justamente na tentativa de compensar o que está faltando.

Por último, é possível que o seu gato esteja com algum parasita, como as tênias. Por isso, se você reparar alguma mudança no comportamento do seu amigo peludo, não deixe de consultar um veterinário. Agora, se você o conhece bem e sabe que desde filhote ele mantém esse comportamento, há algumas medidas que você pode adotar para ajudá-lo a comer mais tranquilamente. Continue lendo.

1. Comedouro lento

As lojas que vendem ração e acessórios para animais de estimação também contam com comedouros lentos de inox ou de plástico projetados para desacelerar a rápida ingestão de alimentos pelo gato. Os modelos mais comuns consistem em tigelas com obstruções no centro que impedem que o gato possa colocar sua cabeça inteira dentro do comedouro e comer praticamente sem quase respirar.

Assim, o gato precisa fazer verdadeiras peripécias com a língua para conseguir comer, mudando a posição da cabeça a todo instante. Os comedouros lentos que dificultam a maneira desenfreada de comer dos gatos podem custar de R$ 20 a R$ 200, dependendo do tipo de material com que é feito e marca, por isso recomendamos uma ampla pesquisa.

Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer - 1. Comedouro lento

2. Fôrma de silicone

Outra maneira, mais econômica que a anterior, de dificultar a ingestão do alimento pelo gato é utilizando fôrmas de silicone para assar biscoitos.

Você pode distribuir a ração em diferentes cavidades da fôrma, obrigando o felino a comer o conteúdo de cada uma pouco a pouco. Uma dica é distribuir a porção habitual servida numa tigela em todos os espaços disponíveis. É uma adaptação caseira de um comedouro lento.

Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer - 2. Fôrma de silicone

3. Fôrma de gelo

Uma fôrma de gelo também vai atuar como uma espécie de comedouro lento retardando ainda mais a ingestão de alimento de seu gato. Como as cavidades são ainda menores que a das formas de silicones para assar biscoitos, o felino aqui comerá ainda mais lentamente.

Possivelmente seu gato usará a pata para "pescar" a ração e levá-la para a boca. Essa estratégia, além de reduzir a velocidade com que ele se alimenta, também vai estimular sua mente, algo bastante trabalhado em diversos brinquedos para gatos.

Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer - 3. Fôrma de gelo

4. Caixa de ovos

Se entrarmos no plano de reciclagem, uma base ou mesmo a tampa de uma caixa de ovos poderá ser reaproveitada se a utilizarmos como descrevemos nas duas maneiras anteriores, atuando também como um tipo de comedouro lento.

A ideia é espalhar a ração pelos espaços antes ocupados pelos ovos para que os gatos tenham que ingerir pouco a pouco o alimento disponível. Destacamos aqui que NÃO devemos utilizar essas bases ou tampa que são feitas de papelão, e sim as de plástico, que podemos limpar antes e depois do uso pelos gatinhos.

Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer - 4. Caixa de ovos

5. Tigelas pela casa

Outra forma de retardar definitivamente a forma compulsiva de comer de seu gato é espalhando diferentes tigelas de comida pela casa.

É muito simples. Além do comedouro que o gato utiliza diariamente, você vai precisar de outras tigelas, sejam pires ou mesmo pratos de plástico, vidro ou porcelana. Distribua a porção da ração entre todos eles - utilizando pelo menos 3 e no máximo 6 - e coloque cada recipiente em um lugar da casa (quanto mais distante melhor). Desta forma, o gato terá que encontrar, com ou sem sua ajuda, o resto dos recipientes. Isso vai forçá-lo a andar pela casa procurando os alimentos dando pausas para absorver melhor a ração.

Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer - 5. Tigelas pela casa

6. Como fazer um comedouro para gatos

Uma outra opção é você fazer um comedouro para gatos em casa. A seguir, apresentamos um vídeo do nosso canal no YouTube no qual mostramos como fazer um desses. Para dificultar a ingestão do gato, basta que você insira algum tipo de barreira no comedouro que você fizer para impedir que o felino coloque toda sua cabeça dentro.

E agora que você já sabe o que fazer se tem a companhia de um gato comendo muito rápido, talvez possa se interessar por este outro artigo do PeritoAnimal em que falamos sobre os gatos que comem sem mastigar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de alimentação.

Bibliografia
  • JOURNAL OF NEUROPHYSIOLOGY. Food consistency and bite size as regulators of jaw movement during feeding in the cat. Disponível em: <https://journals.physiology.org/doi/abs/10.1152/jn.1980.44.3.456?journalCode=jn>. Acesso em 15 de março de 2021.
  • SANTOS, Daniela Evaristo dos. Vômito crônico em gatos: revisão de literatura. 2019. Tesis de Licenciatura. Brasil. Disponível em: <https://repository.ufrpe.br/handle/123456789/1935>. Acesso em 15 de março de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer
1 de 6
Gato comendo muito rápido: causas e o que fazer

Voltar ao topo da página