Partilhar

Gato com queixo inchado: causas e o que fazer

 
Por Carolina Costa, Médica Veterinária. 31 outubro 2019
Gato com queixo inchado: causas e o que fazer

Ver fichas de  Gatos

Os gatos são animais muito independentes e resistentes, não é com qualquer coisa que os faz manifestar que estão passando mal ou que estão com dores.

Existem certas doenças que passam imperceptíveis ao tutor até ao momento em que o gato muda a sua rotina e o seu comportamento. No entanto, problemas que causem alterações anatômicas visíveis, como queixo inchado ou com caroço, são mais facilmente identificáveis pelos tutores, fazendo com eles possam atuar mais rápido.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos explicar quais as possíveis causas de um gato com o queixo inchado e o que se deve fazer em cada situação.

Também lhe pode interessar: Ferida em gato: o que pode ser

Causas de queixo inchado em gatos

De seguida mostramos a você as causas mais comuns para gato com queixo o inchado e o que fazer em cada uma das situações.

Acne felina

A acne felina resulta de uma alteração da queratinização e posterior acumulação de material sebáceo (sebo) nos folículos pilosos, os chamados cravos (comedões). Estes folículos pilosos podem inchar e, caso haja invasão bacteriana, podem infetar e originar vesículas com material purulento (pus).

Ela surge mais no queixo (mento) ou acima da boca sob a forma de cravosno queixo do gato, espinhas, pápulas, pústulas e inchaço local. Em alguns casos se pode observar um inchaço considerável do queixo.

Apesar de poder surgir em gatos de qualquer idade, raça ou gênero, existe uma maior predisposição para animais estressados, com o sistema imunológico debilitado (animais jovens e idosos), com problemas de pele e que tenham poucos hábitos de higiene.

Por isso, se notou cravos no queixo ou no nariz de gato, como se fosse sujeira preta focinho de gato, é muito provável que se trate de acne felina. Não se preocupe, ela é inofensiva na maioria das vezes e pode até passar despercebida, a não ser que você sinta ao tocar no queixo do seu animal.

Tratamento para acne felina

E aí você se pergunta: meu gato está com queixo inchado e com pontinhos brancos, o que posso fazer? Como tirar pontos pretos do queixo do gato?

O tratamento para acne felina envolve limpeza local, que pode ser realizada das seguintes formas:

  • Umedecer um disco de algodão ou compressa numa solução de clorexidina diluída (cerca de 5ml) em água (100 ml) e limpar o queixo do gato, duas vezes por dia. A clorexidina não é tóxica e é um ótimo antisséptico.
  • Outra alternativa é dissolver uma colher de chá de sal em água morna e umedecer uma compressa ou toalha com a mistura e limpar localmente, também duas vezes por dia.
  • Existem autores que defendem que o vinagre para acne felina (ácido acético) também pode ser utilizado para limpeza local destas lesões, uma vez que apresenta propriedades anti-inflamatórias, anti-fúngicas e hidratantes. Junte partes iguais de vinagre e água e umedeça um pano ou toalha nessa mistura e limpe suavemente o queixo do gato, tendo sempre cuidado com feridas abertas e os olhos pois causa muita ardência.
  • Existem ainda shampoos específicos com peróxido de benzoílo a 2% e loções ou shampoos de clorexidina, também muito úteis para este problema.

Não se esqueça de que qualquer remédio deve ser sempre avaliada pelo veterinário da sua confiança.

Os cravos e sintomas da acne felina podem ser confundidos com excrementos de pulga, demodicose (como a sarna demodécica), dermatite por Malassezia ou dermatofitoses, por essa razão é muito importante descartar as outras causas.

Gato com queixo inchado: causas e o que fazer - Causas de queixo inchado em gatos

Gato com queixo inchado por infestação por pulgas

Um animal infestado por pulgas geralmente apresenta partículas negras que se assemelham a pimenta preta moída espalhadas um pouco por todo o corpo como se fosse sujeira. Além disso, o gato pode desenvolver dermatite alérgica à picada de pulga (DAPP) que se caracteriza por:

  • Coceira intensa;
  • Lambedura excessiva;
  • Alopécia (perda de pelo), mais localizada na região lombar junto base da cauda e nos membros;
  • Feridas;
  • Crostas;
  • Descamação;
  • Perda de peso;
  • Mucosas pálidas;
  • Febre (em casos mais graves).

A desparasitação regular é muito importante para manter estes e outros ectoparasitas longe do seu animal.

Queixo inchado em gatos por reação alérgica a picada de insetos ou plantas

Além da pulga, o seu animal pode ser picado por abelhas, mosquitos, aranhas ou outros insectos. Como resultado dessa picada, ocorre um inchaço local com eritema (vermelhidão) que pode ou dar ou não muita coceira. Em casos graves, a reação pode se difundir e causar a reação anafilática causando a morte do animal. Os sintomas da reação anafilática são:

  • Dispneia (dificuldade em respirar);
  • Edema (inchaço) da língua e da face;
  • Vômitos;
  • Diarreia.

Você pode aplicar gelo no local e se algum destes sintomas mais graves começar a surgir leve imediatamente o seu animal ao veterinário.

Gato com queixo inchado por alergia por contato com produtos químicos

Esta reação também pode causar inchaço no queixo do gato se ele tiver entrado em contato com algum tipo de produto químico. Existem certos produtos que se vão assemelhar a uma reação de picada de insectos e outros mais a queimaduras, no entanto são igualmente graves. Retire todos os produtos de limpeza e fármacos do alcance do gato.

Queixo inchado em gatos causado por alergia alimentar

Grande parte das situações tem associado outros sintomas, gastrointestinais e dermatológicos, como:

  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Náuseas;
  • Prurido no abdômen e membros;
  • Eritema e alopécias na pele.

No entanto, podem deixar o queixo e a boca do animal inchados. Para descobrir se é de origem alimentar, deve realizar a dieta de eliminação para descobrir qual o componente que está provocando a alergia.

Gato com queixo inchado por abscessos por arranhadura ou mordedura

Infeções nos tecidos induzidas pela inoculação de bactérias, seja através de arranhaduras ou mordeduras, que são mais comuns entre gatos.

Se houve uma briga entre gatos ou entre cachorros e gatos e eles se arranham ou mordem o local de inoculação pode ficar infectado e originar uma tumefação (inchaço) dolorosa que, com o passar do tempo, começa a infetar e a acumular pus, podendo originar infecção sistêmica e febre. Quando esse material purulento cria tensão nos tecidos eles podem se romper e começar a drenar para o exterior o líquido, causando um odor e aspecto desagradável para quem observa.

Não há uma localização específica para estes abscessos, no entanto os gatos têm mais tendência para os desenvolver na face, pescoço, dorso ou membros pois são as regiões mais comuns de ataque.

Queixo inchado em gatos por abscessos por problemas dentários

Apesar de ser mais comum em cachorros, os gatos também podem ter abscessos resultantes da inflamação e infeção das raízes de determinados dentes, causando muita dor e desconforto ao comer.

Os sintomas são os mesmos que do tópico anterior e é necessário tratamento local e sistêmico, podendo ser necessário extração dentária.

Gato com queixo inchado por complexo granuloma eosinofílico

Apresenta três formas distintas:

  1. Úlcera indolente;
  2. Placa eosinofílica;
  3. Granuloma eosinofílico.

A etiologia é variada, desde vírica, genética, bacteriana, auto-imune, parasitária ou alérgica.

Os eosinófilos são células que estão envolvidas em reações inflamatórias e quando surgem aumentadas nas análises sanguíneas geralmente são indicativas de reação alérgica ou infestação parasitária.

Apesar de apresentar estas três formas, neste artigo vamos focar somente no granuloma eosinofílico. Surge em jovens até um ano de idade e se caracteriza por uma estrutura firme, arredondada que não causa prurido. É mais comum nos membros posteriores e no queixo, sendo que muitas vezes é assintomático (sem sintomas).

O tratamento envolve corticoterapia (acetato de metilprednisolona ou prednisolona) durante algumas semanas e antibioterapia para tratar/prevenir infeções secundárias.

Queixo inchado em gatos causado por tumores

A última causa desse artigo sobre gato com queixo inchado são certos tumores cutâneos, ósseos ou de outras estruturas que podem se manifestar como uma tumefação do queixo e outros sintomas associados.

São mais comuns em animais idosos (mais de 8 anos), mas nunca se deve ignorar este diagnóstico em animais mais jovens.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gato com queixo inchado: causas e o que fazer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas da pele.

Bibliografia
  • Foster, A., Foil, C. (2003) BSAVA Manual of Small Animal Dermatology, second edition, BSAVA
  • Guaguère, E., Prélaud, P. (1999) Guia Practica de Dermatología Felina. Prefácio de D. W. Scott. Merial
  • Little, S.E (2016) August's Consultations in Feline Internal Medicine, volume 7, 1st edition, Elsevier.

Vídeos de Gato com queixo inchado: causas e o que fazer

1 de 3
Vídeos de Gato com queixo inchado: causas e o que fazer

Escrever comentário sobre Gato com queixo inchado: causas e o que fazer

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Gato com queixo inchado: causas e o que fazer
1 de 2
Gato com queixo inchado: causas e o que fazer

Voltar ao topo da página