Partilhar

Abscesso em gatos: sintomas e tratamento

 
Por Maria Besteiros. 4 abril 2019
Abscesso em gatos: sintomas e tratamento

Ver fichas de  Gatos

Neste artigo do PeritoAnimal vamos falar de abscessos em gatos: sintomas e tratamento. Os abscessos são acúmulos de pus que podem ser observados na pele sob a forma de nódulos de maior ou menor tamanho. A zona afetada, além de inflamar, pode ficar avermelhada e até formar uma ferida ou úlcera, se a pele for lesionada. Além disso, se o abscesso em gatos se romper, o pus contido em seu interior será extravasado. Por trás de um abscesso, que pode ocorrer em qualquer parte do corpo, há uma infecção que deve ser tratada pelo veterinário.

Abscesso em gatos: o que é?

O abscesso em gatos é um dos problemas cutâneos mais comuns em felinos. As características básicas dos abscessos são, como já mencionamos:

  • Inchaço da pele, formando um nódulo que varia em tamanho;
  • Presença de infecção, ou seja, o abcesso vai conter pus;
  • Dor e calor na área;
  • Os sintomas restantes dependem da localização. Veremos alguns exemplos nas próximas seções.

Por isso, se você notar alguma protuberância no corpo do seu gato, deve comunicar isso ao veterinário, uma vez que antes de iniciar o tratamento é necessário confirmar a natureza da inflamação, já que nem todos os nódulos serão abcessos. Os gatos também podem apresentar tumores cutâneos de maior ou menor gravidade. Os nódulos de gordura são pouco frequentes nos gatos.

Abscesso em gatos: boca

Vamos começar essa revisão dos abscessos mais comuns em gatos por aqueles que podem aparecer na boca. Quando uma infecção afeta uma peça dental, um acúmulo de pus pode ser produzido, dando origem ao abscesso. Esses são muito dolorosos, e você poderá notar que o gato vai parar de comer ou vai fazê-lo com dificuldade. Se conseguir olhar o interior da boca, é possível que você veja o abcesso e/ou o pus, no entanto, é difícil realizar essa exploração devido à dor que o gato sentirá ao ser tocado na área. Alguns abcessos em gatos no dente podem chegar a afetar o olho, causando uma inflamação ou descarga de pus.

Nesses casos, costuma-se optar pela extração da peça ou peças dentais afetadas, além de realizar a limpeza bucal e prescrever antibióticos. O diagnóstico é realizado com base em radiografia.

Abscesso em gatos: perianal

Esse tipo de abscesso em gatos pode ser localizado na área ao redor do ânus. Ali estão as glândulas anais que, entre outros problemas, podem se infeccionar e permitir a formação de um abcesso, que você verá como uma inflamação. A pele pode parecer avermelhada, formar um ferida ou se abrir, caso no qual notará a saída do pus. Costuma gerar odor ruim. Há casos que se agravam com uma fístula perianal, que é um canal por onde o pus pode chegar a exterior. Trata-se de um processo doloroso, que o veterinário deve tratar com antibióticos e higiene da área.

A seguir você pode conferir fotos de abscesso em gatos.

Abscesso em gatos: sintomas e tratamento - Abscesso em gatos: perianal

Abscessos em gatos por mordida

As lesões provocadas em conflitos com outros animais, especialmente as brigas entre gatos, que produzem mordidas, têm alta probabilidade de infeccionar devido às bactérias que esses animais carregam na boca. Nesses casos, é comum que a ferida pareça ter sarado externamente, mas em seu interior, o pus se acumula até que o abcesso seja visível. Esses abscessos são dolorosos e, dependendo da área em que se encontram, podem dar origem a outros problemas, como dificuldades para abrir a boca ou para manter a cabeça reta.

Para prevenir, além de evitar que o gato saia sozinho, especialmente se não for castrado, você deve prestar atenção em todas as feridas para garantir que se curem sem problemas, inclusive as feridas que parecem pouco importantes. O tratamento, como já mencionamos, inclui a desinfecção e/ou uso de antibióticos. Os abscessos em gatos mais complexos podem precisar de um dreno.

Abscesso em gatos: como tratar

Nas seções anteriores, vimos como tratar abscessos em gatos. Agora, listamos aqui os passos a seguir, sempre de acordo com a recomendação veterinária:

  • Identificação da infecção que causou o abscesso, se for o caso. Às vezes pode ser causado por um corpo estranho preso, que o veterinário deverá localizar e extrair.
  • Prescrição de antibióticos para o abscesso em gatos, com o objetivo de eliminar a infecção que está causando o acúmulo de pus. Dadas as dificuldades que alguns gatos apresentam para tomar comprimidos, esses podem ser receitados também na forma injetável.
  • No caso de abscessos duro ao tato você pode, como remédio para abscesso em gatos caseiro, aplicar calor sobre ele para que amoleça e assim, se limpe melhor.
  • Depois da drenar o máximo possível o pus, em casa você deve desinfetar a área com produtos como clorexidina.
  • Nos abscessos em gatos mais graves, o veterinário pode fazer uma pequena incisão para introduzir um dreno, geralmente um tubo, pelo qual os líquidos sairão ao exterior enquanto não ocorre a cicatrização da lesão.
Abscesso em gatos: sintomas e tratamento - Abscesso em gatos: como tratar

Abscesso em gatos: vídeo

No vídeo abaixo da Clínica Veterinária Manatí, localizada na Espanha, é possível observar a drenagem de um abcesso em gato, o que ajuda a enfatizar a importância de procurar um especialista, já que em casa seria impossível realizar essa prática. Da mesma forma, sem o material adequado e a higiene necessária, a ferida poderia piorar, causando novas infecções e, por consequência, agravando o quadro clínico.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Abscesso em gatos: sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas da pele.

Escrever comentário sobre Abscesso em gatos: sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Abscesso em gatos: sintomas e tratamento
1 de 3
Abscesso em gatos: sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página