menu
Partilhar

Feridas em gatos que não cicatrizam - Causas e o que fazer

 
Por Laura García Ortiz, Veterinária especializada em medicina felina. 2 agosto 2022
Feridas em gatos que não cicatrizam - Causas e o que fazer

Ver fichas de  Gatos

A cicatrização nos gatos consiste em uma reação natural do corpo que tem a finalidade de curar as feridas, que inicia de forma imediata após o desenvolvimento da lesão, produzindo uma série de reações incluindo a hemostasia ou interrupção do sangramento, a formação de crostas para selar as feridas, a regeneração de uma matriz elástica fina após a queda da crosta e finalmente a remodelação do tecido definitivo.

Este processo é dividido em três fases, uma primeira fase inflamatória em que se recrutam os macrófagos e neutrófilos até o local da lesão, uma segunda fase proliferativa de alguns dias de duração em que migram os fibroblastos, queratinócitos e células endoteliais para produzir uma nova epitelização com formação de tecido de granulação e novos vasos sanguíneos. A última etapa é a de maturação em que o excesso de colágeno é degradado e finalmente o tecido é reparado.

Quer saber mais sobre as feridas em gatos com problemas de cicatrização? Continue lendo este artigo do PeritoAnimal para saber mais sobre o que fazer com feridas em gatos que não cicatrizam e suas causas.

Quanto tempo leva para cicatrizar uma ferida em um gato?

Se você se questiona o quanto demora para fechar uma ferida de um gato, deve saber que a duração normal da cicatrização é:

  • Feridas pouco profundas levam de uma a duas semanas.
  • Feridas cirúrgicas ou profundas demoram várias semanas ou um mês.

Isso acontece sempre quando a ferida é cuidada e limpa, se a ferida não é cuidada adequadamente pode alongar o processo, ou que não cicatrize ou que ocorram danos sistêmicos.

Você já se perguntou o que pode ser usado em uma ferida de um gato? Geralmente não é necessário utilizar nada se as feridas são muito leves ou superficiais, mas em feridas com certa importância requer que os tecidos mortos sejam desbridados para eliminar os restos necróticos, os corpos estranhos e contaminações, deve ser realizada drenagem nos casos necessários e manter uma limpeza adequada com antissépticos como a clorexidina.

Feridas em gatos que não cicatrizam - Causas e o que fazer - Quanto tempo leva para cicatrizar uma ferida em um gato?

Causas de feridas em gatos que não cicatrizam

Geralmente as feridas de nossos gatos cicatrizam sem problema algum com os cuidados necessários. No entanto, existem determinadas circunstâncias que podem fazer com que as feridas do seu gatinho não cicatrizem normalmente, ou seja, que tenham problemas de cicatrização.

Antes de tudo, é importante que o gato tenha um colar elizabetano para evitar que lamba a ferida, já que isso retarda o processo de cicatrização ao retirar com sua língua os tecidos novos que estão se reconstruindo e pode ser uma causa do porquê a ferida do seu gato não cicatriza. Se você tem mais gatos deve evitar que os demais também lambam a ferida do gato afetado, pois poderia causar o mesmo dano.

Outra causa pode ser que a ferida infeccione, especialmente se são feridas abertas, pois estão expostas à contaminação bacteriana. Quando uma ferida está infectada aparecem sinais como inchaço, vermelhidão, odor fétido, ardência e secreções, bem como febre e apatia no pequeno felino.

Uma ferida não cicatriza também devido a doenças que dificultam o processo como:

  • Diabetes mellitus.
  • Doença arterial ou venosa.
  • Uso de fármacos: que retardam a cicatrização como corticoides e outros imunossupressores.
  • Idade avançada: devido a sua pele mais frágil, resposta inflamatória mais lenta e pela frequência de outras doenças crônicas que dificultam o processo.
  • Ferida com fricção, lambidas ou movimentação constante.
  • Infecção e biofilmes bacterianos.
  • Isquemia ou redução do fluxo sanguíneo: ao afetar a circulação e com isso as etapas da cicatrização.
  • Anemia.
  • Sobrepeso e obesidade.
Feridas em gatos que não cicatrizam - Causas e o que fazer - Causas de feridas em gatos que não cicatrizam

O que fazer se a ferida do meu gato não cicatriza?

É importante determinar o motivo que está fazendo com que a ferida do gatinho não cicatrize. Uma vez estabelecida a causa principal, seu veterinário deverá dizer como atuar para solucionar isso e reestabelecer a correta cicatrização e recuperação da pele do seu gato.

Se o problema é simples, devido a fricções, lambidas ou ataques de outros gatos, a ferida deverá ser isolada, coberta e protegida, bem como usar colares elizabetanos para evitar que se lamba e auto lesione a ferida.

Por outro lado, se é identificado que a ferida está infeccionada, deverão ser coletadas amostras para realizar cultura e antibiograma para determinar quais antibióticos são efetivos. Isto é importante para a prevenção das resistências antimicrobianas, algo que pode ser muito perigoso e que é cada vez mais frequente. Além do tratamento com antibiótico, deve ser realizada limpeza e desinfecção adequadas.

Nos casos em que o problema seja orgânico, se pode optar por acelerar o processo com pomadas e tratamentos tópicos, como os que contém tartarato de ketanserina e asiaticosídeo com princípios cicatrizantes que aceleram a cicatrização ao aumentar a perfusão dos tecidos, ativação dos fibroblastos, estimulação do colágeno do tipo 1 que equilibra a formação de fibras de colágeno em forma de rede e a cicatrização rápida e com mais resistência às forças de tensão.

Talvez você se interesse em visitar os seguintes artigos do PeritoAnimal sobre Feridas em gatos: primeiros cuidados e como Evitar que meu gato coçe uma ferida.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Feridas em gatos que não cicatrizam - Causas e o que fazer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas da pele.

Bibliografia
  • G. Pérez. (2018). Primeros auxilios para gatos. Arcopress S.L.
  • Harvey, A., Tasker, S. (Eds). (2014). Manual de Medicina Felina. Ed. Sastre Molina, S.L. L ́Hospitalet de Llobregat, Barcelona, España

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Feridas em gatos que não cicatrizam - Causas e o que fazer
1 de 3
Feridas em gatos que não cicatrizam - Causas e o que fazer

Voltar ao topo da página