menu
Partilhar

Cristais na urina de gatos - Tipos, sintomas e tratamento

 
Por Maria Besteiros. 16 julho 2021
Cristais na urina de gatos - Tipos, sintomas e tratamento

Ver fichas de  Gatos

Os cristais na urina de gatos são um problema ao qual se deve prestar atenção, pois podem facilmente acabar formando cálculos, popularmente conhecidos como pedras. Elas podem causar uma obstrução urinária, o que constitui uma emergência.

Neste artigo do PeritoAnimal, veremos quais os fatores que predispõem ao aparecimento de cristais na urina de gatos, quais os tipos mais frequentes e quais as medidas que devem ser tomadas para eliminá-los, mas já adiantamos que a nutrição e a hidratação adequada são fundamentais. Continue lendo para conhecer todas as informações sobre os cristais na urina de gatos.

Causas de cristais na urina de gatos

Os cristais na urina de gatos são formados a partir de minerais normalmente presentes na urina e que, devido a diferentes circunstâncias, se agruparam formando o cristal. O conjunto de cristais é chamado de cálculo ou pedra. Eles são mais comuns em gatos machos, que possuem uma uretra mais estreita. Costumam aparecer em uma idade relativamente precoce, entre 2 e 5 anos.

Outros fatores de risco são a obesidade, a desidratação, já que diminui o volume de urina, algumas doenças infecciosas e estresse, bastante comum em gatos por serem muito sensíveis às mudanças em sua rotina. Da mesma forma, uma urina concentrada, por exemplo se o gato bebe pouca água e urina pouco, constitui um risco por aumentar a probabilidade de formação de cristais e por dificultar sua eliminação.

Se você suspeita que a causa dos cristais na urina do seu gato é o estresse, não perca este artigo sobre 11 coisas que deixam seu gato estressado.

Sintomas de cristais na urina do gato

Os sintomas de cristais na urina de gatos são dor ao urinar ou a presença de sangue na urina, o que é conhecido pelo nome de hematúria. Além disso, o gato que está eliminando cristais pode apresentar alterações em seu comportamento na hora de evacuar, como por exemplo urinar fora da caixa de areia.

Ao perceber algum desses sintomas, devemos ir rapidamente ao veterinário, pois o quadro clínico pode se complicar. Os cristais na urina são uma das causas da doença conhecida como DTUIF, que afeta o trato urinário inferior dos gatos e geralmente é recorrente. Em casos graves nos quais há formação de cálculos em gatos e ocorre uma obstrução, há mais sintomas, como vômitos, letargia, dor na região abdominal ou abdômen distendido. É um caso de urgência veterinária. Um bloqueio completo da urina pode ser fatal para o gato.

Cristais na urina de gatos - Tipos, sintomas e tratamento - Sintomas de cristais na urina do gato

Tipos de cristais na urina de gatos

Dependendo dos minerais presentes e das características da urina, diferentes tipos de cristais podem ser percebidos na urina dos gatos. Os mais frequentes nesta espécie são os cristais de estruvita, à base de fosfato de amônio e magnésio. Contudo, atualmente sua incidência está diminuindo, pois sabe-se que pode ser evitado por meio da alimentação, que pode modificar o pH da urina e diminuir os níveis de magnésio.

Outro tipo de cristal que aparece na urina dos gatos é o oxalato de cálcio. Eles estão se tornando mais frequentes enquanto os de estruvita estão diminuindo, porque estão relacionados a um menor consumo de magnésio. Ou seja, com uma dieta reduzida em magnésio, evita-se a formação de cristais de estruvita, mas se propicia as circunstâncias para a formação de cristais de oxalato de cálcio.

Outros tipos de cristais podem ser encontrados em gatos, embora sejam diagnosticados em menor porcentagem de casos. São os cristais de urato de amônio, ácido úrico, fosfato de cálcio ou cistina. Independentemente do tipo, os cristais podem estar localizados em qualquer parte do trato urinário.

Como eliminar os cristais na urina de gatos? - Tratamento

O tratamento para cristais na urina do gato vai depender do tipo de cristal presente. Por isso é importante ter um bom diagnóstico. O veterinário pode identificar os cristais observando uma amostra de urina ao microscópio. Nem sempre é fácil coletar urina de gatos, razão pela qual o veterinário muitas vezes precisa extraí-la diretamente da bexiga. Os cálculos podem ser vistos com radiografia, ultrassonografia ou ambos.

Fármacos podem ser utilizados para remover alguns cristais. Além disso, uma parte importante do tratamento é a dieta e a hidratação, como veremos com mais detalhes na próxima seção. Com uma alimentação específica, os cristais de estruvita podem ser dissolvidos. Por outro lado, os cristais de oxalato de cálcio não serão desfeitos com a modificação da dieta, e pode ser necessário extraí-los em uma cirurgia. Os casos de obstrução total também são resolvidos com intervenção cirúrgica.

Dieta para gatos com cristais na urina

No mercado encontramos diversos alimentos especificamente formulados para dissolver e prevenir a formação de cristais na urina. Esses alimentos têm menor teor de proteína, são balanceados em minerais e ricos em sódio. Eles modificam o pH, impedem o excesso de minerais e aumentam a ingestão de água.

No caso dos cristais de estruvita, o objetivo é reduzir o fosfato de amônio, o magnésio e o pH. Para os de cistina ou urato, a ingestão de proteína deve ser limitada. O gato deve consumir esses alimentos por algumas semanas para eliminar os cristais. Mas não só a nutrição é essencial, como a hidratação também desempenha um papel imprescindível. Os gatos têm tendência a não beber muita água. Talvez porque na natureza suas presas lhes fornecem uma grande quantidade de líquidos ou porque seus ancestrais viviam em regiões desérticas.

Se, além disso, o gato for alimentado apenas com ração, pode ser que ele não esteja bem hidratado, e uma boa hidratação é essencial para a eliminação adequada da urina. Na presença de cristais, é necessário aumentar o volume de urina para diminuir sua concentração. Por isso, é recomendável que a dieta, se for à base de ração, inclua também comida úmida. Isso é o que se chama de dieta mista.

Além disso, é necessário incentivar o gato a beber água. Uma ideia é instalar uma fonte. Os gatos gostam de água em movimento. Colocar vários bebedouros e, claro, sempre com água limpa e fresca, é fundamental. Também foi comprovado que dividir a ração diária em várias porções faz o gato beber mais, assim como bebedouros de boca ampla, nos quais seus bigodes não encostam. Os bebedouros devem ser colocados longe da caixa de areia e da comida. E por fim, a digestibilidade dos alimentos também influencia. Uma dieta de baixa qualidade implica uma maior perda de água a nível fecal, e não urinário. É mais um motivo para alimentar o gato com produtos de qualidade.

Cristais na urina de gatos - Tipos, sintomas e tratamento - Dieta para gatos com cristais na urina

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cristais na urina de gatos - Tipos, sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia
  • Baciero, Gemma. La clave en el tratamiento de la urolitiasis felina es la dilución urinaria. Axón Veterinaria 42. pp. 42-45.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Cristais na urina de gatos - Tipos, sintomas e tratamento
1 de 3
Cristais na urina de gatos - Tipos, sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página