Partilhar
Partilhar em:

Cortar o pelo do meu cachorro - Passo a passo

Cortar o pelo do meu cachorro - Passo a passo

Ver fichas de  Cachorros

Não sabe como cortar o pelo do seu cachorro? Neste artigo do PeritoAnimal, explicamos tudo o que necessita e todos os passos que deve seguir para cortar o pelo do seu cachorro. Embora muitas pessoas o façam em sua casa, esse é um ritual que não é fácil.

O tipo de corte, acabamento ou penteado variam de acordo com o cachorro e suas características físicas. Preparado? Continue lendo este artigo e descubra o que deve fazer para que o seu cachorro seja o mais bonito de toda a cidade.

Tipos de pelagem do cachorro

Antes de começar a cortar o pelo do seu cachorro, deve saber que tipo de pelo ele tem. Os cuidados do pelo variam de acordo com o tipo de pelagem:

  1. O pelo rígido é o que têm, por exemplo, os Westies. Neste caso, devemos trabalhar com máquinas elétricas e não usar condicionadores ou óleos.
  2. O pelo cacheado é característico dos Caniches, entre outros, e exige um shampoo especial com efeito hidratante. O corte deve ser feito à tesoura em determinadas zonas, e à máquina em outras.
  3. O pelo curto é característico de raças como o boxer e o pitbull e não necessita de qualquer tipo de corte. A excepção são os animais com pelo médio-largo, que são pouco comuns. Nesse caso, pode passar a máquina em algumas zonas para igualar o pelo. Não use condicionadores ou óleos.
  4. O pelo comprido é típico de cachorros como o Yorkshire. Este sim, requer um condicionador e um corte com tesoura.

Depois de identificar o tipo de pelagem do seu cachorro, já pode começar a pensar no que necessita e qual é o corte adequado. Além disso, deve saber que, caso o seu cachorro seja um Bichon Maltês, o corte do pelo deve sempre inferior a 4 cm. Caso contrário, pode deixar a sua pelagem encaracolada como consequência do corte excessivo.

O que necessita para cortar o pelo ao seu cachorro

Uma vez identificada a pelagem do seu cachorro, deve decidir que tipo de corte vai realizar para saber que cuidados e preparação são necessários. Se tem dúvidas de como realizar o corte adequado, pode recorrer a um especialista em cabeleireiro canino ou assistir tutoriais na Internet para conseguir algumas orientações e fazê-lo você mesmo

Para que o processo tenha sucesso e termine com um resultado espetacular, deve seguir alguns conselhos básicos. Comece por identificar todos os produtos que necessita:

  • Shampoo
  • Condicionador
  • Secador
  • Máquina de corte
  • Tesoura
  • Tesoura pequena
  • Escova
  • Curativos adesivos
  • Outros

Antes de começar a cortar o pelo do seu cachorro, deve preparar um banho com os produtos específicos para o seu pelo, incluindo o condicionador caso a pelagem seja comprida. Também é importante que prepare uma mesa ou zona de corte em um local tranquilo para trabalhar. Em muitos cabeleireiros caninos pode encontrar mesas com um braço extensível, para prender o cão e evitar que ele se mexa, e com um secador na ponta do braço para facilitar o processo de secagem.

1. Dê um banho ao seu cachorro

Para começar, dê um banho ao cachorro para eliminar toda a sujidade que ele possa ter no corpo. Seque-o com uma toalha, deixando o pelo úmido e preparado para o corte. Desta forma, será mais fácil identificar o comprimento da pelagem.

Não se esqueça de que é essencial usar um amaciador ou condicionador de pets em cachorros com pelo comprido como o galgo afegão, o yorkshire e o bichon maltês.

2. Escove o pelo

Antes de cortar, deve escovar cuidadosamente a pelagem do cachorro para eliminar nós e emaranhados. Desta forma, poderá identificar com claridade o volume e as zonas irregulares a trabalhar.

Como já deve saber, existem diferentes tipos de escovas, adequados a cada tipo de pelo e características. Também encontrará, no mercado, escovas de tamanho mini ideias para xonas pequenas do sue cachorro, como o focinho.

3. Comece a cortar o pelo do corpo

As primeiras zonas de corte do pelo do cachorro sevem ser o lombo e as patas traseiras. Depois, repita o procedimento no pescoço, peito, patas da frente e barriga. Procure concentrar-se nas áreas com mais pelo, pois são as que deve cortar primeiro com a ajuda da tesoura. Se vai acabar o corte com a máquina para que o pelo fique regular, não há problema se não ficar perfeito com a tesoura.

Leve o seu tempo para cortar: é preferível ir selecionando as zonas pouco a pouco com cuidado para evitar bagunçar o penteado do cachorro. Além disso, se o tutor estiver relaxado, o pet também estará, permitindo um resultado melhor.

Depois de reduzir o volume do pelo, pode usar a máquina. Deve sempre usar o aparelho no sentido do crescimento do pelo. Seja gentil e delicado sem exercer demasiada pressão para evitar peladas.

Caso esteja executando um corte apenas com tesoura, use os dedos e um pente adequado para medir o comprimento nas diferentes zonas. Deve atingir um resultado homogêneo.

4. Corte também o pelo do rosto

Não se esqueça do pelo do rosto. Existem ferramentas próprias para esta tarefa tão delicada, assim como adesivos para proteger franjas e orelhas.

Os pelos em redor dos olhos podem incomodar o cachorro e também deve ser cortados. Muitas vezes, os pelos entram no olho e provocam lágrimas constantes que deixam o pelo marrom. Descubra como remover as manchas do canal lacrimal do pelo do seu cachorro nesse artigo. Não use a máquina para esta zona.

5. Não se esqueça das patas

Entre os dedos das patas do cachorro também cresce pelo que deve ser cortado. Esta zona é particularmente sensível e os cachorros tendem a se movimentar muito durante o procedimento, pelo que é recomendado que o faça com precaução e cuidado. Finalize o corte na zona das unhas.

6. Seque todo o corpo com um secador

Uma vez finalizado o processo de corte, é importante que seque o pelo do seu cachorro com um secador enquanto o penteia. Se não tem um secador específico para pets (produz menos ruído), pode utilizar um qualquer. Assim, eliminará o pelo restante, deixando-o impecável, brilhante e liso.

Tenha em atenção as patas pois, em casos de umidade extrema, pode favorecer o aparecimento de fungos entre os dedos.

E este é o processo de corte do pelo do seu cachorro. Esperamos que tenha sido uma guia útil e que o resultado tenha ficado fenomenal. Não se esqueça que pode partilhar a sua foto para mostrar o resultado do processo à comunidade do PeritoAnimal.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cortar o pelo do meu cachorro - Passo a passo, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Conselhos de beleza.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Cortar o pelo do meu cachorro - Passo a passo

Muito útil

Cortar o pelo do meu cachorro - Passo a passo
1 de 8
Cortar o pelo do meu cachorro - Passo a passo