menu
Partilhar

Cachorro lambendo o chão compulsivamente: por que e o que fazer?

 
Por Carla Moreira, Médica veterinária. 6 dezembro 2023
Cachorro lambendo o chão compulsivamente: por que e o que fazer?

Ver fichas de  Cachorros

Os cães são animais que possuem o olfato muito desenvolvido, podendo sentir cheiros que as pessoas nem desconfiam. Além disso, são muito curiosos, sendo atraídos por diversos odores do ambiente. Se o fato de lamber o chão acontece uma vez ou outra, não há motivos para se preocupar. Mas, se o cachorro lambe o chão compulsivamente, isso pode ser o início de algum problema com o amigo peludo.

A língua possui várias funções no cão, como auxiliar na deglutição e na movimentação do alimento a ser mastigado e, uma função extremamente importante nessa espécie, é a troca de calor. Ficar lambendo o chão por onde passa não é um bom comportamento, pois o cachorro pode ingerir substâncias prejudiciais, como desinfetantes e venenos, além de se infectar com parasitas que podem estar no chão.

Mas quais seriam as causas desse comportamento compulsivo? Pode ser algum problema neurológico? Para ajudar você a desvendar esse mistério, o PeritoAnimal elaborou esse artigo para explicar as possíveis causas da compulsão do cachorro em lamber o chão e quando isso é preocupante. Não perca essa oportunidade de tirar suas dúvidas! Boa leitura!

Também lhe pode interessar: Cachorro se lambendo muito, o que pode ser?

O que significa quando o cachorro fica lambendo o chão?

Lamber o chão, o próprio corpo e objetos encontrados pela frente é um comportamento normal dos cães. A grande preocupação começa quando o animal lambe compulsivamente esses lugares, principalmente o chão, que é um lugar geralmente muito contaminado e com resíduos de produtos de limpeza. Listaremos algumas causas mais comuns para que o cachorro fique lambendo o chão compulsivamente:

1. Ansiedade e Compulsão

Com a inserção dos animais de companhia nas famílias, sem que seu comportamento fosse compreendido de forma correta, e com a limitação da expressão de suas características naturais, os transtornos comportamentais tendem a se manifestar com mais frequência e intensidade. Os transtornos compulsivos são caracterizados por ações repetitivas e constantes, sem nenhum objetivo aparente, como vocalização excessiva, rodopiar, abocanhar moscas imaginárias, correr atrás da cauda e lamber o chão ou lugares indevidos. O animal pode utilizar um comportamento normal, como lamber, cavar ou latir, de forma compulsiva, para satisfazer uma necessidade causada por uma frustração ou ansiedade.

2. Problemas no trato gastrointestinal

Alguns cães com problemas gastrointestinais podem desenvolver o comportamento de lamber o chão, como por exemplo, tumores na boca, distúrbios intestinais (gases, constipação), pancreatite e parasitas intestinais. Deficiências nutricionais também podem gerar esse tipo de comportamento, como deficiência de vitaminas e minerais.

3. Problemas neurológico

É muito importante a orientação do médico veterinário para diferenciar comportamentos compulsivos e de ansiedade das afecções neurológicas. Para isso, é necessário avaliar a vida do animal de forma detalhada (verificar se ele fica muito tempo sozinho, se está sendo tratado de forma humanizada, se está proibido de expressar seu comportamento natural), exames para descartar traumas ou doença dermatológica, exames neurológicos para descartar lesões, convulsões e neuropatias sensoriais e exames laboratoriais para descartar doenças metabólicas, degenerativas e intoxicações. Por isso, sempre que seu cachorro começar a apresentar algum comportamento repetitivo, procure orientação de profissional.

O que fazer se o cachorro lambe o chão compulsivamente?

A primeira atitude a ser tomada é verificar se não há algo atrativo para ele estar lambendo o chão: algum produto com sabor agradável para ele, algum inseto ou qualquer outra substância que possa ter o odor atrativo. Se constatado que o ato de lamber o chão está sem objetivo nenhum, sendo um comportamento compulsivo, o ideal é procurar ajuda do médico veterinário.

Deverá ser analisada a rotina do cachorro, seu comportamento dentro e fora de casa, tempo utilizado para brincadeiras e exercícios físicos, se fica sozinho em casa e por quanto tempo, se sofreu algum trauma no crânio, se tem histórico de convulsões e se existe possibilidade de intoxicação. Além disso, exames complementares poderão ser solicitados para auxiliarem no diagnóstico.

Problemas que podem causar o comportamento

O problema mais comum que pode causar o transtorno compulsivo de lamber o chão pode ser a ansiedade excessiva. Ainda existem poucos estudos sobre o que causa essas estereotipias, não sendo possível saber ao certo se o fator é genético, ambiental ou fisiológico, nem como tal comportamento desencadeia reações fisiológicas no organismo.

Os distúrbios comportamentais podem ser oriundos de alterações psicológicas e na fisiologia do animal. Tudo vai depender de como o animal responderá a estímulos estressantes, variando de acordo com sua capacidade de enfrentar determinada situação ameaçadora. Estímulos estressantes agudos podem ser mais tolerados do que estímulos crônicos, levando o cachorro a desenvolver comportamentos compulsivos, como correr atrás da cauda e lamber o chão.

A falta de interação com o habitat natural, ficar muito tempo preso em casa, em espaços pequenos que não permitam a realização de atividades naturais e gasto de energia podem fazer com que esta necessidade de estímulos seja deslocada para outros comportamentos que não são considerados comuns na natureza. Alguns animais são privados de brincar na grama ou na terra, utilizam sapatos para não sujar seus pés. Esse tipo de abstinência de contato com a natureza pode fazer com que o cão desenvolva um quadro de ansiedade excessiva, resultando em compulsão.

Cachorro lambendo o chão compulsivamente: por que e o que fazer? - O que fazer se o cachorro lambe o chão compulsivamente?

Dicas para fazer o meu cachorro parar de lamber o chão

Após eliminar problemas neurológicos e gastrointestinais, alguns cuidados podem ajudar o cachorro a se livrar do hábito de lamber o chão compulsivamente:

  1. Passeios frequentes: os passeios precisam ser diários e com tempo suficiente para o animal gastar a energia acumulada. Cães que moram em apartamento precisam passear pelo menos 3 vezes ao dia, com duração de 30 minutos, no mínimo.
  2. Enriquecimento do ambiente: o ambiente do cachorro deverá ser enriquecido com brinquedos e atividades que o ajude a se divertir e gastar energia.
  3. Alimentação balanceada: sempre utilizar rações com boas matérias-primas e com a quantidade adequada de proteínas para cada fase da vida do cachorro.
  4. Companhia: não deixe seu amigo sozinho por muito tempo. Ele ficará se sentindo triste. Leve o cachorro em todos os lugares que você for e que seja possível a presença do pet. Quanto mais tempo ele ficar com você e gastando energia, mais equilibrado ele será.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro lambendo o chão compulsivamente: por que e o que fazer?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia
  • Peruca, J. Comportamento Compulsivo em Cães. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Medicina Veterinária, 2012. Disponível em chrome-extension://efaidnbmnnnibpcajpcglclefindmkaj/https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/67855/000871449.pdf. Acesso em 30/11/2023.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Cachorro lambendo o chão compulsivamente: por que e o que fazer?
1 de 2
Cachorro lambendo o chão compulsivamente: por que e o que fazer?

Voltar ao topo da página