menu
Partilhar

Qual deve ser a frequência de banho em gatos?

 
Por Maria Besteiros. 7 setembro 2021
Qual deve ser a frequência de banho em gatos?

Ver fichas de  Gatos

A verdade é que os gatos são um dos animais capazes de se manterem limpos. Não é difícil perceber como eles passam horas se lambendo e removendo qualquer sujeira que encontrem, por menor que seja. Esta higiene criteriosa é o que explica por que eles normalmente não precisam tomar banho com água.

Entretanto, às vezes, devido a nosso gosto pessoal, um problema de saúde ou uma sujeira exagerada, temos que dar banho no gato. Para esses casos, neste artigo da PeritoAnimal vamos explicar quando, como e qual deve ser a frequência de banho em gatos. Boa leitura.

Pode dar banho em gato?

Os gatos são animais que passam uma parte significativa de suas horas acordados mantendo a higiene de sua pelagem. Eles lambem, lambem e, com seus dentes e línguas ásperas, removem qualquer sujeira que possa ter ficado presa a ela. Eles só abandonam esta higiene criteriosa quando estão doentes. Um gato saudável que vive dentro de casa dificilmente precisará de um banho com água durante sua vida. Especialmente se contribuímos para seu asseio escovando-o regularmente. Se você notar alguma área suja ou uma parte de sua pelagem em mau estado, é interessante levá-lo ao veterinário para descobrir por que ele não está se limpando nesta área, pois ele pode estar doente.

Além disso, muitos gatos detestam a água. Enquanto uns gostam de brincar com os jatos de uma torneira aberta, é muito diferente de colocar todo seu corpo debaixo de um chuveiro. O barulho, a falta de controle sobre a situação e a superfície desagradável de uma banheira ou box tornam compreensível notar que dar banho, para a maioria dos gatos, é uma missão impossível.

Por isso, se você se pergunta se pode dar banho em gato, a resposta é sim, mas só para casos excepcionais ou para aqueles gatos que aceitam passar por essa situação sem grande estresse. Para os outros, será suficiente a auto-limpeza, escovação ocasional e limpeza local com shampoo seco ou toalhas úmidas para gatos.

Qual deve ser a frequência de banho em gatos? - Pode dar banho em gato?

Quando pode dar banho em gato?

Dada a tendência dos gatos de não gostar de banhos e sua suscetibilidade a qualquer mudança em sua rotina, se estamos planejando dar um banho em nosso gato, é aconselhável acostumá-lo tanto ao banho quanto ao secador de cabelo desde muito jovem.

Com quantos meses pode dar banho em gato filhote?

A verdade é que não há uma resposta única. Antes de mais nada, os gatinhos e sua mãe deveriam passar idealmente as primeiras 8-10 semanas de vida juntos. Então eles poderiam se mudar para suas novas casas, completar seu programa de desparasitação e vacinação e se adaptar à sua nova vida, o que incluiria a hora do banho, desde que o animal esteja dentro de casa a uma boa temperatura, se usarmos água morna e nos certificarmos de secá-la completamente. Portanto, estamos falando de gatos de 3-4 meses ou mais.

O problema é que às vezes, infelizmente, encontramos gatinhos abandonados que são muito mais jovens e podem estar realmente sujos. É importante saber que durante as primeiras semanas de vida eles não são capazes de regular sua temperatura por conta própria, por isso não é aconselhável dar banho em gatos filhotes tão jovens. Entretanto, como também não devemos deixá-los sujos, podemos optar pela solução intermediária de limpá-los com toalhinhas úmidas específicas para gatos ou lavar apenas algumas áreas especialmente sujas.

Quando pode dar banho em um gato pela primeira vez se ele já é adulto?

Se adotarmos um gato que já passou da fase de filhote, podemos dar um banho quando ele estiver calmo em casa e conosco e o veterinário nos der luz verde. Qualquer gato que entre em nossa casa deve primeiro ser verificado por este profissional para iniciar o cronograma de desparasitação e vacinação e certificar-se de que ele está saudável.

Pode dar banho em um gato não vacinado?

A primeira vacina é geralmente dada a filhotes de cerca de oito semanas de idade, portanto, antes das vacinações, já vimos que o banho não é a coisa mais aconselhável a fazer. Se o gato for mais velho mas não vacinado ou se não soubermos disso, podemos dar um banho nele, se realmente for necessário, com água morna e secando-o completamente. Entretanto, se o gato acabou de ser vacinado, é melhor esperar alguns dias antes de dar-lhe banho para não aumentar o fator de estresse.

Qual deve ser a frequência de banho em gatos? - Quando pode dar banho em gato?

Qual deve ser a frequência de banho em gatos?

A frequência do banho em gatos dependerá das características de cada felino, tanto de sua pelagem quanto de seu estilo de vida. Um gato de pelo longo não fica sujo como um gato de pelo curto. Assim como um gato com acesso ao exterior tem mais tendência a ficar sujo do que aquele gato que nunca sai de casa. Um gato doente também não se limpa como um gato saudável. É por isso que não há uma frequência fixa que seja a mesma para todos os gatos. Devemos nos adaptar às necessidades de nosso gato.

A recomendação geral, portanto, é de um banho a cada quatro semanas, três já é pouco tempo. Uma frequência maior poderia acabar afetando a saúde da pele e da pelagem ao remover sua camada protetora. Por outro lado, escolha sempre produtos específicos para gatos que sejam adequados às características de seu felino. Se você tiver alguma dúvida, pergunte a um veterinário, a um tosador ou a um atendente em uma Pet Shop.

Qual deve ser a frequência de banho em gatos? - Qual deve ser a frequência de banho em gatos?

Como acostumar um gato a tomar banho

Nesta seção vamos explicar, passo a passo, como acostumar um gato a tomar banho. Antes de tudo, podemos fazer pequenas aproximações ao chuveiro e ao secador de cabelo. Por exemplo, deixando-o entrar no banheiro enquanto tomamos banho ou secamos nosso cabelo. Se ele nem chega perto por causa do barulho, podemos atraí-lo com um brinquedo ou recompensa e ligar o chuveiro com pouca pressão ou ligar o secador de cabelo no ajuste mínimo.

A ideia é familiarizá-lo com estes elementos. Você pode até usar petiscos para atraí-lo para o box ou para uma bacia. É melhor se houver uma toalha dobrada ou um tapete antiderrapante no chão para que ele não escorregue. Podemos molhá-lo com a mão sem ligar o chuveiro, com movimentos suaves e sempre a partir de trás, ao longo da coluna vertebral.

Uma vez que estes pequenos avanços tenham sido feitos, podemos nos atrever a começar um banho. Para isso, escolha um horário em que você tenha tempo e esteja tranquilo ou tranquila. Se você estiver sob influência de estresse, transmitirá isso para o gato e a experiência será negativa. Você pode segurá-lo pela pele superior no pescoço, assim como os gatos carregam seus gatinhos. Fale com ele suavemente e despeje água sobre ele com o chuveiro no mínimo, com algum tipo de recipiente para evitar ruídos ou com sua mão. A água deve estar morna. Se ele reagir de forma agressiva ou se ficar excessivamente estressado, pare o banho. É melhor recomeçar do zero em outro momento. É uma questão de progredir até que você possa aplicar o shampoo, enxaguá-lo e secá-lo.

Se não tivermos outra escolha senão dar o banho no gato mesmo que ele não queira, por exemplo, porque o banho faz parte de um tratamento de saúde ou porque ele está sujo de lama ou outras substâncias que precisam ser removidas imediatamente, devemos segurá-lo e molhá-lo desde a cernelha até a base da cauda, peito e patas o mais rápido possível e com o mínimo de ruído possível. Não espirre água no rosto e, de preferência, evite a barriga, a menos que seu gato permita que você a toque. Aplique o shampoo com a mesma agilidade, enxágue e seque completamente com um duas toalhas e um secador de cabelo. Manuseie-o com calma, mesmo que ele esteja com pressa querendo fugir, e continuamente o elogie e lhe dê petiscos.

Finalmente, se nem a adaptação, nem os petiscos, nem nada mais funcionar para seu gato quando se trata de dar um banho nele, quando não há outra escolha senão lavá-lo, você terá que ir a uma Pet Shop ou uma clínica veterinária para sedar o gato se necessário, dar banho nele e secá-lo sem estressá-lo.

Agora que você viu que pode dar banho em gato e também descobriu qual deve ser a frequência de banho em gatos, confira o vídeo que elaboramos para o nosso casal sobre este tema:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Qual deve ser a frequência de banho em gatos?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados básicos.

Bibliografia
  • Vetericyn. How often should you bathe a cat. Disponível em: <https://vetericyn.com/blog/how-often-should-you-bathe-a-cat/>. Acesso em 7 de setembro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Qual deve ser a frequência de banho em gatos?
1 de 4
Qual deve ser a frequência de banho em gatos?

Voltar ao topo da página