menu
Partilhar

Plantas seguras para cachorros

 
Por Cristina Pascual, Veterinária. 17 agosto 2022
Plantas seguras para cachorros

Ver fichas de  Cachorros

Quais plantas fazem bem para cachorros? A variedade de espécies botânicas que podemos encontrar tanto dentro quanto fora de nossos lares é imensurável, e, infelizmente, muitas delas são tóxicas para o organismo dos cachorros. Por isso, antes de introduzir qualquer planta em nossas casas ou jardins, é de vital importância que busquemos saber se se trata de uma espécie apta para os pets.

Se você quiser conhecer mais sobre esse tema, continue lendo este artigo do PeritoAnimal, no qual falaremos de sobre as plantas seguras para cachorros.

Também lhe pode interessar: Plantas venenosas para cachorros

Clorofito (Chlorophytum comosum)

O clorofito, também conhecido como "gravatinha" e "paulistinha", é uma planta de interior muito comum, caracterizada por suas folhas verdes com uma franja longitudinal de cor branco amarelada. Trata-se de uma planta elegante, que normalmente é colocada em vasos pendentes e que não causa nenhum tipo de problema aos cachorros, nem se eles a cheirarem ou a morderem. Por isso, é considerada uma das plantas seguras para cães.

Plantas seguras para cachorros - Clorofito (Chlorophytum comosum)

Bambu-cana-da-índia (Phyllostachys aurea)

Outra planta segura para cachorros é o bambu-cana-da-índia, que foi usado tradicionalmente por países orientais para a fabricação de móveis devido à cor dourada característica de sua madeira. Hoje em dia, foi transformado em uma das variedades mais icônicas do mundo da decoração com plantas, devido ao seu valor exótico e decorativo.

Além disso, tem a vantagem de ser uma planta pet friendly, e por isso podemos introduzi-la em nossas casas, quintais e jardins sem que nossos cachorros corram nenhum risco.

Plantas seguras para cachorros - Bambu-cana-da-índia (Phyllostachys aurea)

Orquídea (Phalaenopsis spp.)

Conhecidas por sua elegância e pela perfeita simetria de suas flores, as orquídeas são, sem dúvidas, uma das plantas mais comuns nos lares dos amantes de flores, destacando-se sobretudo por sua grande variedade de cores. Além disso, trata-se de uma planta segura para os cachorros, já que nenhuma de suas partes é tóxica para eles.

Plantas seguras para cachorros - Orquídea (Phalaenopsis spp.)

Pata-de-elefante (Beaucarnea recurvata)

O nome dessa planta arbórea se deve ao grande engrossamento que ela possui na base do seu talo, o qual a torna uma das espécies ornamentais mais peculiares e apreciadas. Além disso, tem a vantagem de ser uma planta segura para os cachorros, e é por isso que ela goza de um grande número de admiradores entre os amantes de plantas e de animais.

Plantas seguras para cachorros - Pata-de-elefante (Beaucarnea recurvata)

Violeta (Saintpaulia spp.)

A próxima planta boa e segura para cachorros são as violetas. As violetas da espécie Saintpaulia spp são plantas de interior, de talo curto, que, com os cuidados adequados, nos permitem desfrutar de suas delicadas flores durante os 12 meses do ano. São espécies simples, mas de dureza extraordinária, que, além disso, se encontram entre as plantas que não são tóxicas para os cachorros. Por isso, são uma opção ideal na casa de qualquer família com mascotes.

Neste outro artigo falamos sobre as plantas de natal tóxicas para cães e gatos.

Plantas seguras para cachorros - Violeta (Saintpaulia spp.)

Bromélia (Bromelia spp.)

As bromélias são plantas fortes e coloridas que podem se adaptar a quase qualquer tipo de clima. Pela facilidade dos seus cuidados, são plantas perfeitas para quem tem pouca experiência ou pouco tempo para cuidar delas. Além disso, têm a grande vantagem de serem plantas seguras para os cachorros, tornando-as perfeitas para aqueles cuidadores que queiram incluir um toque exótico no interior da sua casa.

Plantas seguras para cachorros - Bromélia (Bromelia spp.)

Flor-de-maio (Schlumbergera bridgesii)

É uma das plantas que, no hemisfério Norte, indica a chegada do período natalino, devido ao fato de começarem sua floração no mês de dezembro. No Brasil e nos demais países do hemisfério sul, sua floração, como diz o nome, começa no mês de maio. A flor-de-maio se encontra na lista de plantas seguras para os cachorros.

Plantas seguras para cachorros - Flor-de-maio (Schlumbergera bridgesii)

Gloxínia (Sinningia speciosa)

Trata-se de uma planta de tamanho reduzido, com flores elegantes e delicadas, que é ideal para decorar o interior de nossas casas. Porém, é uma planta exigente, que requer um manejo adequado e características ambientais específicas para se manter saudável.

Por isso, embora se encontre entre as plantas que não são tóxicas para os cachorros, ela não será recomendável principalmente para aqueles tutores que não tenham tanta experiência com o manejo de plantas.

Plantas seguras para cachorros - Gloxínia (Sinningia speciosa)

Bananeira (Musa acuminata)

O valor gastronômico do seu fruto e de suas folhas tornaram essa espécie a planta tropical mais cultivada do mundo. Além disso, seu porte elegante e tropical também fazem com que seja apreciada como planta ornamental em interiores, principalmente por aquelas pessoas que queiram dar um toque exótico a qualquer moradia.

A banana ouro tem a vantagem de se encontrar entre as plantas que não são tóxicas para os cachorros, podendo ser incluída sem problema em qualquer casa com mascotes.

Plantas seguras para cachorros - Bananeira (Musa acuminata)

Palmeira-areca-bambu (Dypsis lutescens)

De porte elegante e imponente, a areca-bambu é uma das palmeiras mais comuns na decoração de interiores, que pode ser usada para dar um toque tropical ou exótico aos lares. Além disso, é uma planta muito apreciada por sua capacidade de purificar o ar onde ela for colocada, reduzindo os níveis de formaldeído, xileno, tolueno e CO2.

Acrescente a essas vantagens o fato de se tratar de uma planta segura para os cachorros, já que não tem nenhum componente que seja tóxico para essa espécie. Por isso, é uma opção muito recomendável para aqueles tutores que disponham de espaço suficiente para essa variedade de palmeira.

Plantas seguras para cachorros - Palmeira-areca-bambu (Dypsis lutescens)

Calathea (Calathea spp.)

A calathea é provavelmente uma das plantas de interior mais especiais que existem, devido ao incrível desenho de suas folhas. Em seu feixe, apresentam desenhos chamativos com tons esverdeados, amarelados, prateados ou brancos, que variam em função da espécie de calathea. De fato, o desenho de suas folhas é o que marca a diferença entre umas marantas e outras.

Por sorte, são plantas boas e seguras para os cachorros, o que as torna aliadas perfeitas para aqueles tutores que queiram dar um toque de desenho ao seu lar.

Plantas seguras para cachorros - Calathea (Calathea spp.)

Planta-mosaico (Fittonia albivensis)

Seu nome se deve às veias ou nervos marcados que atravessam suas folhas e que contrastam com a cor base, que varia do amarelo ao vermelho.

À sua beleza e às suas cores espetaculares se somam a vantagem de serem plantas perfeitamente aptas para os cachorros. Além disso, são simples de serem cuidadas, e por isso são muito recomendáveis para aqueles tutores de cachorros que têm pouco tempo ou pouca experiência com o cuidado de plantas.

Plantas seguras para cachorros - Planta-mosaico (Fittonia albivensis)

Outras plantas boas e seguras para cachorros

Ao longo deste artigo, descrevemos algumas da plantas que são boas e seguras para cachorros. Mesmo assim, você deve saber que a lista de plantas que não são tóxicas para cachorros é muito mais extensa. A seguir, recolhemos mais algumas espécies que também são aptas para os pets:

  • Manjericão (Ocimum basilicum).
  • Aspidistra (Aspidistra elatior).
  • Camélia (Camellia japonica).
  • Coentro (Coriandrum sativum).
  • Echevéria (Echeveria spp.).
  • Endro (Anethum graveolena).
  • Flor-de-cera (Hoya carnosa).
  • Hera crespa (Hemigraphis exotica).
  • Hypoestes, ou planta-confete (Hypoestes phyllostachya).
  • Hibisco (Hibiscus syriacus).
  • Jasmim (Jasminium spp).
  • Kentia (Howea forsteriana).
  • Camedórea-elegante (Camedórea-elegante).
  • Veludo-roxo (Gynura aurantiaca).
  • Planta-alumínio (Pilea cadieri).
  • Planta-da-amizade (Pilea involucrata).
  • Aeschinantus (Aeschynanthus humilis).
  • Peperomia (Peperomia otusifolia).
  • Petúnia (Petunia spp.).
  • Rosa (Rosa spp).
  • Alecrim (Rosmarinus officinalis).
  • Sálvia (Salvia officinalis).
  • Zebra (Haworthia fasciata).
  • Tomilho (Thymus vulgaris).

Agora que você já conhece algumas plantas que não são tóxicas para cachorros, te deixamos outros dois posts que podem te interessar:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Plantas seguras para cachorros, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados extra.

Bibliografia
  • American Society for the Prevention of Cruelty to Animals. Toxic and non-toxic plant list in dogs. Disponível em:<https://www.aspca.org/pet-care/animal-poison-control/dogs-plant-list>. Acesso em 27 de julho de 2022.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Plantas seguras para cachorros
1 de 13
Plantas seguras para cachorros

Voltar ao topo da página