Partilhar

Primeiros socorros para picada de cobra

 
Por Irene Juste. 29 maio 2019
Primeiros socorros para picada de cobra

A picada de um cobra pode ser mais ou menos perigosa, dependendo da espécie. O que está claro é que nunca é algo que merece pouca importância e por isso, é necessário evitá-la sempre que possível.

Caso você sofra um picada de cobra, é essencial saber o que fazer para evitar problemas graves de saúde. Continue lendo esse artigo do PeritoAnimal e veja mais sobre primeiros socorros para picada de cobra: o que fazer e o que não fazer em nenhum caso.

Também lhe pode interessar: Gato atropelado - primeiros socorros

Picada de cobra: sintomas

As picadas de cobra colocam em risco a saúde da pessoa afetada, independente se for uma cobra venenosa ou não. Se é uma cobra venenosa e ela te ataca, os efeitos do veneno são rápidos e podem paralisar uma pessoa e até levar à morte. Nos casos em que o ataque venha de um exemplar não venenoso, você terá uma ferida que deve ser tratada adequadamente, já que se infectam facilmente e a infecção avança rápido.

Você deve saber que a maioria das cobras são mais ativas nos meses de calor, pois no frio hibernam porque ficam mais lentas e se escondem. Mas no verão você deve ter mais cuidado pois, facilmente e sem se dar conta, pode incomodá-las invadindo o espaço delas, por exemplo se você estiver fazendo uma trilha.

Esses são alguns dos sintomas mais comuns que aparecem rapidamente depois de uma picada de cobra:

  • Dor e inchaço na região da mordida;
  • Sangramento que demora a estacar;
  • Dificuldade respiratória;
  • Sede;
  • Visão embaçada,
  • Náuseas e vômitos;
  • Fraqueza em geral;
  • Endurecimento da região em que foi picado e pouco a pouco das regiões próximas à picada.

O que fazer em caso de picada de cobra

O primeiro passo dos primeiros socorros picada de cobra é tirar a pessoa ferida do local em que recebeu o ataque para evitar que se repita. Em seguida, acalmar e deixar a pessoa em repouso, é muito importante que ela não faça esforços nem movimentos que acelerem a circulação do veneno no organismo.

É necessário procurar a região afetada pela picada e mantê-la abaixo do nível no coração para diminuir o fluxo do veneno. Retire qualquer objeto como pulseiras, anéis, sapatos, meias, entre outros, que possam apertar a região infectada, pois em pouco tempo inchará muito.

Primeiros socorros para picada de cobra: ligar para emergência

Se estiverem mais pessoas no local, é fundamental que esse seja o primeiro passo para ganhar mais tempo. Se não tiver ninguém que possa te ajudar, depois de deixar a pessoa atacada estabilizada, você deve ligar para os serviços médicos de emergências informando da situação.

É essencial tentar identificar que tipo de cobra picou a pessoa, pois assim será mais fácil para que os médicos determinem se é uma espécie venenosa ou não e, caso seja, saber qual antídoto deverá administrar para a vítima.

Primeiros socorros para picada de cobra: limpar a ferida

Com um pano umedecido você deve limpar suavemente a ferida para retirar os possíveis resíduos e evitar que se infecte. Em seguida, cobrir com um pano limpo e com cuidado sem apertar a ferida. É muito importante que esse pano não faça pressão na ferida, é apenas para protegê-la de possíveis agentes contaminantes que podem provocar uma infecção.

Primeiros socorros para picada de cobra - Primeiros socorros para picada de cobra: limpar a ferida

Primeiros socorros para picada de cobra: confirmar os sinais vitais

Você deve estar atento a qualquer novo sintoma e aos sinais vitais da pessoa com a picada de cobra. É preciso controlar a respiração, o pulso, a consciência e temperatura. Deve ter essa informação para quando chegar a ajuda médica você conseguir explicar tudo o que aconteceu e como foi a evolução do infectado.

Se a pessoa entrar em choque e ficar pálida rapidamente, você deve recostá-la e levantar um pouco da perna por cima do nível do coração para que se recupere pouco a pouco até chegar a ajuda médica. Além disso, mantenha a vítima do ataque hidratada, dando água lentamente.

Primeiros socorros para picada de cobra - Primeiros socorros para picada de cobra: confirmar os sinais vitais

Primeiros socorros para picada de cobra: atendimento médico

Assim que chegar a ajuda médica, deixe que eles façam o seu trabalho e explique tudo que aconteceu e o que você observou. É muito importante que a pessoa picada siga os cuidados de repouso e tratamento que foram indicados para terminar de curar a ferida e ficar fora de perigo depois de chegar ao hospital.

Primeiros socorros para picada de cobra - Primeiros socorros para picada de cobra: atendimento médico

Picada de cobra: o que não fazer

Além de conheces os primeiros socorros para picada de cobra, também é fundamental saber o que não fazer nesses momentos:

  • Não tente pegar a cobra nem a persiga para observá-la melhor, pois como já se sentia ameaçada antes, é muito provável que ataque novamente para se defender.
  • Não faça um torniquete. Se você precisa desacelerar a ação do veneno para ganhar mais tempo enquanto espera ajuda, pode colocar uma bandagem de 10 centímetros em cima das feridas, que permita colocar um dedo entre a região em que você colocou a bandagem e a ferida. Assim, você vai ter certeza de que apesar de reduzido, o fluxo sanguíneo continuará circulando. Deverá comprovar o pulso nessa região, de pouco em pouco tempo e observar se reduz muito ou, se desaparecer, deve afrouxar a bandagem.
  • Não deve aplicar compressas de água fria pois pioraria a situação.
  • Não deve beber álcool para ajudar a passar a dor da vitima da picada de cobra. Isso só fará com que a hemorragia seja maior, já que o álcool aumenta o fluxo sanguíneo e dificulta ainda mais na hora de parar a hemorragia.
  • Não administre nenhum tipo de medicamento, exceto os prescritos pelo médico.
  • Não chupe a ferida para tentar sugar o veneno. Não é tão eficaz como parece e corre o risco de ser contagiado.
  • Não corte a região da ferida para fazer sangrar mais e saia o veneno, isso pode provocar uma infecção com mais facilidade.
Primeiros socorros para picada de cobra - Picada de cobra: o que não fazer

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Primeiros socorros para picada de cobra, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Primeiros socorros.

Escrever comentário sobre Primeiros socorros para picada de cobra

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Primeiros socorros para picada de cobra
1 de 5
Primeiros socorros para picada de cobra

Voltar ao topo da página