menu
Partilhar

Gato obeso - Causas e tratamento

 
Gato obeso - Causas e tratamento

Ver fichas de  Gatos

A obesidade em gatos tem se tornado uma preocupação cada vez mais comum, afetando negativamente a saúde e o bem-estar desses adoráveis animais de estimação. Com a falta de atividade física adequada e uma alimentação desequilibrada, muitos gatos estão lutando contra o excesso de peso.

Neste artigo do PeritoAnimal, vamos explorar as principais causas da obesidade felina e fornecer dicas valiosas sobre os melhores tratamentos para ajudar os gatos a alcançarem um peso saudável e uma vida mais ativa. Se você está em busca de informações completas e atualizadas sobre como lidar com um gato obeso, continue lendo!

Também lhe pode interessar: Dieta para gatos obesos

Como saber que um gato está obeso

A obesidade é uma condição patológica que afeta aproximadamente 40% dos cães e gatos. É uma situação grave, pois sua ocorrência atua como um desencadeador de outras doenças, como diabete ou problemas nas articulações.

A obesidade em gatos pode ser definida como um acúmulo excessivo de gordura corporal. Assim, considera-se que um gato está acima do peso quando excede entre 10% e 20% o seu peso corporal ideal (que varia de acordo com a raça). Quando o felino excede em mais de 20% seu peso ideal, já podemos considerá-lo um gato obeso.

O risco de desenvolver a obesidade felina está especialmente nos gatos adultos com idade entre 5 e 11 anos. No entanto, muitas vezes o tutor não consegue avaliar o peso corporal ideal do seu gato. Por isso, uma assistência veterinária adequada e periódica será um fator-chave na prevenção da obesidade em gatos. Você também pode conferir nosso artigo "como saber se o meu gato está gordo?" para saber mais sobre o tema.

Gato obeso - Causas e tratamento - Como saber que um gato está obeso

Causas da obesidade em gatos

A obesidade em gatos não tem causas específicas, mas sim fatores de risco que podem agir negativamente no organismo do animal de estimação, levando a um excesso de peso altamente perigoso para a saúde.

Vejamos a seguir quais são os fatores de risco que podem deixar um gato gordinho muito acima do peso:

  • Idade: os gatos com maior risco de obesidade estão entre 5 e 11 anos de idade, portanto, medidas preventivas devem ser adotadas quando o gato tiver cerca de 2 anos;
  • Sexo: gatos machos têm maior risco de sofrer de obesidade, risco esse que é aumentado ainda mais nos casos de castração. Muitos especialistas consideram a castração felina como o principal fator associado à obesidade;
  • Problemas endócrinos: o uso de contraceptivos químicos pode alterar o perfil hormonal do gato, diminuindo a sensibilidade à insulina e predispondo o organismo ao acúmulo de gordura. Outras doenças, como hipotireoidismo, também podem estar presentes em gatos obesos;
  • Raça: gatos vira-lata têm o dobro do risco de obesidade em comparação com os gatos de raça pura, exceto pelos da raça Manx, que têm o mesmo risco que qualquer gato comum;
  • Fatores ambientais: um gato que convive com cães está mais protegido contra a obesidade. Por outro lado, os gatos que não convivem com outros animais e vivem em apartamento têm maior risco de serem obesos;
  • Nível de atividade: gatos que não podem realizar atividade física ao ar livre têm maior risco de excesso de peso corporal;
  • Alimentação: alguns estudos relacionam o consumo de alimentos de alto padrão a um maior risco de obesidade. A alimentação do gato é também um dos principais fatores nos quais devemos interferir para tratar a obesidade;
  • Comportamento do tutor: você tende a tratar seu gato como um humano? Você não brinca com ele e usa principalmente comida como reforço positivo? Saiba que esse comportamento já foi associado a um maior risco de obesidade em felinos.
Gato obeso - Causas e tratamento - Causas da obesidade em gatos

Doenças associadas à obesidade felina

Conforme mencionado anteriormente, um dos perigos de um gato obeso é que essa condição desencadeia múltiplos transtornos e patologias. Estudos realizados até o momento relacionam a obesidade em gatos com o surgimento das seguintes doenças:

  • Colesterol alto;
  • Diabete;
  • Esteatose hepática (fígado gorduroso);
  • Hipertensão;
  • Insuficiência respiratória;
  • Infecções do trato urinário;
  • Doenças articulares;
  • Intolerância ao exercício;
  • Baixa imunidade.
Gato obeso - Causas e tratamento - Doenças associadas à obesidade felina

Como tratar a obesidade em gatos

O tratamento da obesidade em gatos requer acompanhamento veterinário e um compromisso firme por parte dos tutores. No tratamento proposto pelos especialistas em nutrição felina, podemos distinguir as seguintes fases:

  • Avaliação inicial: o veterinário deve avaliar individualmente o grau de sobrepeso do animal, seu estado de saúde e os fatores de risco que o afetam;
  • Fase de perda de peso: é a primeira fase do tratamento e pode durar vários meses. Nesta etapa, é essencial mudar os hábitos de vida do gato, implementando uma dieta para gatos obesos e um estilo de vida mais ativo. Por isso o enriquecimento ambiental com jogos e brincadeiras é muito importante. Em alguns casos, o veterinário pode prescrever também medicamentos;
  • Fase de consolidação: esta fase deve ser mantida ao longo da vida do gato, pois o objetivo é manter o animal em um peso saudável. Geralmente, nesta etapa não ocorrem modificações na atividade física, mas sim na alimentação. Portanto, é essencial ter a supervisão veterinária para fazer isso corretamente.

Muitos tutores se sentem mais satisfeitos e tranquilos quando seu gato começa a perder peso rapidamente, no entanto, os exames de sangue realizados posteriormente indicam que nem sempre isso é saudável.

Destacamos que o envolvimento do tutor é essencial, entretanto, sempre se deve seguir as indicações dadas pelo veterinário.

Gato obeso - Causas e tratamento - Como tratar a obesidade em gatos

Exercícios para gatos obesos

Como citamos anteriormente, os exercícios são bastante importantes para auxiliar o processo de perda de peso do felino. A seguir listamos alguns exercícios específicos que podem beneficiar um gatinho gordo:

  1. Brincadeiras com varinha de pescar: Estimule o instinto de caça do seu gato com brinquedos interativos, como varinhas de pescar com penas ou brilhos. Movimente-os de maneira a imitar o movimento de uma presa, incentivando seu gato a pular e se exercitar enquanto se diverte.
  2. Jogos de perseguição: Utilize brinquedos que se movam rapidamente, como bolinhas ou ratinhos motorizados. Encoraje seu gato a persegui-los pela casa, estimulando seu instinto de caça e promovendo atividade física.
  3. Circuitos de atividades: Crie um circuito de atividades em sua casa, com prateleiras, rampas e túneis. Isso incentivará seu gato a explorar diferentes níveis e áreas da casa, promovendo exercícios aeróbicos e ajudando na perda de peso.
  4. Alimentação interativa: Utilize brinquedos de alimentação interativos, como bolas ou tabuleiros com compartimentos para petiscos. Esses brinquedos exigem que o gato trabalhe para obter sua comida, proporcionando exercício mental e físico durante as refeições.

Remédios caseiros para gatos obesos

É importante ressaltar que não existem medicamentos específicos para fazer um gato emagrecer de forma segura e saudável. A perda de peso adequada em felinos requer uma abordagem como já explicitamos neste artigo.

Além disso, lembre-se de que cada gato é único, então para alguns uma reção de gato obeso funciona, para outro pode não ser tão eficaz. Por isso, leve-o ao veterinário.

Agora que você já sabe as causas e como tratar um gato obeso, não perca este outro artigo no qual apresentamos uma dieta para gatos obesos.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gato obeso - Causas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Gato obeso - Causas e tratamento
1 de 5
Gato obeso - Causas e tratamento

Voltar ao topo da página