Outros problemas de saúde

Diarreia em gatos idosos - Causas e tratamentos

 
Laura García Ortiz
Por Laura García Ortiz, Veterinária especializada em medicina felina. 16 fevereiro 2021
Diarreia em gatos idosos - Causas e tratamentos
Gatos

Ver fichas de  Gatos

A diarreia é o sinal clínico que mais indica doença intestinal na espécie felina, sendo frequente em gatos mais velhos, bem como o oposto: a constipação ou prisão de ventre. Enquanto nos gatos mais novos a diarreia é especialmente causada por reações adversas a alimentos, parasitas ou doenças infecciosas, quando ocorre em gatos idosos é mais frequentemente o resultado de doenças orgânicas, hipertiroidismo, doença inflamatória intestinal ou tumores. Algumas causas têm tratamento fácil, mas em outras a expectativa de vida do nosso gato pode ser muito prejudicada.

Quer saber as causas e tratamentos da diarreia em gatos mais velhos? Continue a ler este artigo do PeritoAnimal para saber por que seu gato está sofrendo com este problema.

Também lhe pode interessar: Diarreia em coelhos - Causas e tratamento

Índice

  1. Tipos de diarreia em gatos idosos
  2. Causas da diarreia em gatos idosos
  3. Sintomas de um gato com diarreia
  4. Diagnóstico de um gato idoso com diarreia
  5. Tratamento para um gato idoso com diarreia

Tipos de diarreia em gatos idosos

A diarreia em gatos ocorre quando há excesso de água nas fezes, o que pode resultar num aumento da frequência de defecação, da fluidez das fezes ou de seu volume. Nas doenças do intestino delgado, a diarreia ocorre quando o conteúdo intestinal excede a capacidade de absorção do intestino grosso ou causa secreção crônica de água, enquanto que a diarreia do intestino grosso ocorre quando não resta nenhum segmento do intestino grosso para absorver a água.

A diarreia do intestino delgado é caracterizada por:

  • Fezes de grande volume.
  • Frequência normal ou aumentada.
  • Fezes sem consistência.
  • Pode aparecer digerido.
  • Acompanhada por perda de peso, vômitos ou sinais sistêmicos.

A diarreia do intestino grosso apresenta:

  • Grande aumento da frequência.
  • Fezes de volume normal, aumentado ou diminuído.
  • Urgência de defecar.
  • Presença de muco.
  • Possui ou não consistência.
  • O sangue fresco pode aparecer.

Também é possível diferenciar outros dois tipos de diarreia em gatos a partir de sua duração:

  • Aguda: com duração inferior a duas semanas.
  • Crônica: aquela que persiste por mais de 2-3 semanas.

Causas da diarreia em gatos idosos

A diarreia em gatos idosos pode ser causada por múltiplas patologias e infecções. Embora os gatos filhotes sejam mais propensos à diarreia infecciosa, ela também pode ocorrer em gatos idosos, especialmente com certas bactérias, fungos, vírus e parasitas.

Em gatos de até 6 anos de idade, a diarreia devido a doença inflamatória intestinal ou reação adversa ao alimento é mais comum, enquanto que em gatos idosos, os tumores intestinais são mais comuns do que a doença inflamatória intestinal. No entanto, essas doenças também podem ocorrer em gatos mais velhos e devem fazer parte do diagnóstico diferencial.

Em geral, as possíveis causas de diarreia em gatos idosos são as seguintes:

  • Hipertireoidismo.
  • Linfossarcoma intestinal.
  • Adenocarcinoma intestinal.
  • Mastocitoma intestinal.
  • Insuficiência pancreática exócrina.
  • Pancreatite.
  • Doença Hepatobiliar.
  • Doença renal.
  • Pólipo colorretal.
  • Corpo estranho.
  • Colite ulcerativa (ingestão de plantas tóxicas ou alimentos inadequados)
  • Intussuscepção (quando parte do intestino se dobra, causando bloqueio ou obstrução de passagem).
  • Hérnia perianal ou tumor.
  • Doença inflamatória intestinal.
  • Enteropatia perdedora de proteínas.
  • Medicamentos, como antibióticos.
  • Reação adversa aos alimentos.
  • Bactérias: Salmonela, Campylobacter, Clostridium perfringes.
  • Vírus: coronavírus felino, leucemia felina e imunodeficiência felina.
  • Parasitas: Toxoplasma gondii.
  • Fungos: Histoplasma.

Sintomas de um gato com diarreia

Os sintomas que um gato com diarreia manifestará dependerão da doença que o provoca e do tipo de diarreia que é (intestino delgado ou grosso). Em geral, esses são os sinais da diarreia em gatos mais velhos:

  • Perda de peso.
  • Vômitos em muitos casos.
  • Apetite variável, possivelmente com anorexia ou polifagia (hipertiroidismo).
  • Flatulência.
  • Desidratação.
  • Fraqueza
  • Letargia.
  • Costas arqueadas (indicando dor abdominal).
  • Palidez das membranas mucosas em caso de anemia devida a perda de sangue gastrointestinal.
  • Icterícia se a doença do fígado ou do trato biliar estiver presente.
  • Polidipsia (beber mais água) em alguns gatos para compensar as perdas ou como consequência de doença renal ou hipertiroidismo.
  • Poliúria (mais urina) na doença renal.

Os gatos com problemas de intestino delgado terão grandes volumes de diarreia aquosa que podem ter sangue, mas neste caso digerido, enquanto que se o dano tiver ocorrido no intestino grosso as fezes serão menores, mas muito frequentes e haverá maior esforço na defecação.

Na maioria dos gatos existe uma combinação de ambos esses tipos e, por isso, é difícil de classificar. Em outros casos, é praticamente impossível determinar porque defecam fora de casa ou se há vários gatos em casa utilizando a mesma caixa de areia. Embora se a diarreia for grave, você poderá encontrar fezes pela casa ou mesmo encontrar um pouco de cocô abaixo da cauda do gato com diarreia.

Diarreia em gatos idosos - Causas e tratamentos - Sintomas de um gato com diarreia

Diagnóstico de um gato idoso com diarreia

A diarreia em gatos idosos pode ser causada por diferentes problemas e doenças, e por isso deve ser feito um diagnóstico para diferenciar o tipo a partir de uma boa análise do histórico clínico e anamnese, bem como a realização de testes como, por exemplo:

  • Análise sanguínea e bioquímica do sangue.
  • Determinação do T4 total e palpação da área do pescoço para excluir o hipertiroidismo.
  • Determinação da lipase pancreática felina para excluir a pancreatite.
  • Leucemia felina e teste de imunodeficiência.
  • Baixos níveis de ácido fólico para determinar falha de absorção no intestino proximal e vitamina B12 para avaliar a absorção no intestino distal (íleo). São utilizados para determinar o local dos danos. Além disso, são observados níveis baixos de vitamina B12 em doenças crónicas do pâncreas ou do fígado.
  • Análise de fezes em série por flutuação e sedimentação em três dias diferentes para a detecção de parasitas.
  • Citologia rectal introduzindo um cotonete umidecido com solução salina no reto, realizar a citologia numa lâmina e visualizar no microscópio após coloração com Diff Quick para avaliar a presença de infecção bacteriana (Clostridium, Salmonela, Campylobacter), tendo de se conformar com cultura de fezes e PCR de Clostridium perfringens, Salmonella e coronavírus.
  • Biopsia intestinal para diferenciar a doença inflamatória intestinal ou neoplasia.

As análises de sangue e a bioquímica são realizadas no gato com diarreia para avaliar:

  • Anemia devido a doença inflamatória ou perda de sangue através do trato gastrointestinal, associada a hipoproteinemia, trombocitose e aumento da ureia.
  • Leucocitose se houver inflamação.
  • Eosinofilia, se houver parasitas ou sensibilidade alimentar.
  • Desidratação se houver aumento do hematócrito e da proteína sérica total.
  • O aumento das enzimas hepáticas pode indicar insuficiência hepática ou pancreatite.
  • Aumento da creatinina e da ureia nas doenças renais.

Tenha em mente que os gatos mais velhos podem ter várias doenças que, conjuntamente, podem causar a diarreia. Por isso a abordagem do caso será diferente para cada gato, assim como seus diagnósticos.

Tratamento para um gato idoso com diarreia

Há diferentes formas de tratar e boas opções de remédios para diarreia em gatos idosos. Dentre as inúmeras opções, estão:

  • Imunossupressores na doença inflamatória intestinal.
  • Quimioterapia, se os tumores intestinais forem diagnosticados.
  • Tratamento de doenças renais.
  • Tratamento de doenças hepáticas.
  • tratamento do hipertireoidismo
  • Suplementação de vitamina B12 quando deficiente.
  • Terapia de fluidos para substituir fluidos e eletrólitos se houver desidratação por diarreia e vômitos em alguns casos.
  • Se ele tem histoplasmose gastrointestinal, tratamento antifúngico com itraconazol.
  • Se estiver infectado por toxoplasmose, clindamicina, trimetoprim/sulfonamida ou azitromicina.
  • Prebióticos e probióticos para modular os desequilíbrios da flora intestinal, pelo menos por 4 semanas, embora às vezes o tratamento deva ser prolongado para obter vantagens na imunidade do gato.
  • Enzimas pancreáticas em caso de insuficiência pancreática exócrina.
  • Analgésicos como a buprenorfina em caso de pancreatite.
  • Eliminação, dieta hidrolisada ou hipoalergênica se houver suspeita de uma reação adversa aos alimentos.

Como podem existir várias causas que podem levar a termos um gato com diarreia, é muito importante consultar um veterinário se o seu companheiro felino apresentar os sintomas, principalmente se ele estiver com o ânus irritado, fezes soltas persistentes e/ou alguns dos outros sintomas que já citamos.

    Prognóstico

      Os gatos mais velhos são mais predispostos ao desenvolvimento de numerosas doenças, muitas das quais podem levar à diarreia, bem como a outros sinais clínicos graves e às vezes devastadores. Os gatos são especialistas em esconder suas doenças de nós e, às vezes, quando isso se torna aparente, pode ser tarde demais. Por isso, devemos estar muito atentos a quaisquer mudanças no comportamento, hábitos e condição do gato, pois elas podem ser um sinal de alerta de doença.

        Uma vez que eles atinjam 7-8 anos de idade, começa o risco de início de inúmeros processos sérios e debilitantes, sendo especialmente essenciais check-ups veterinários frequentes em gatos idosos (a partir de 11 anos) ou geriátricos (a partir de 14 anos), quer tenham ou não sinais clínicos.

        Diarreia em gatos idosos - Causas e tratamentos - Tratamento para um gato idoso com diarreia

        Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

        Se deseja ler mais artigos parecidos a Diarreia em gatos idosos - Causas e tratamentos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

        Bibliografia
        • Harvey, A., Tasker, S. (Eds). (2014). Manual de Medicina Felina. Ed. Sastre Molina, S.L. L ́Hospitalet de Llobregat, Barcelona, España
        • Avepa. (2013). Diagnóstico y manejo de las enfermedades del aparato digestivo felino. Disponível em: <https://www.avepa.org/pdf/proceedings/FELINO_PROCEEDING2013.pdf>. Acesso em 15 de fevereiro de 2021.

        Escrever comentário

        Adicione uma imagen
        Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
        O que lhe pareceu o artigo?
        1 de 3
        Diarreia em gatos idosos - Causas e tratamentos