Partilhar

Cuidados do Diamante de Gould

Por Liliana Ramos, Jornalista especializada em mundo animal. Atualizado: 26 novembro 2019
Cuidados do Diamante de Gould

Os Diamante de Gould são pequenos pássaros de origem australiana, muito famosos e queridos entre os amantes das aves exóticas, isto porque eles possuem uma plumagem linda, com diferentes cores, e uma personalidade alegre e vivaz.

Ter um Diamante de Gould como animal de estimação exige cuidados especiais, uma vez que são sensíveis, mas ao mesmo tempo fortes. No entanto, como acontece com todas aves, é necessário dar a devida atenção para que os pássaros cresçam e se desenvolvam em um ambiente agradável e mais natural possível, de forma que se encontrem nas melhores condições. Só assim você terá um pássaro diamante saudável, contente e sociável.

Se você já tem um Diamante de Gould ou está pensando em adotar um, continue lendo este artigo do Perito Animal onde falamos sobre todos os cuidados do Diamante de Gould e tudo o que você deve levar em conta na hora de dar um lar a este lindo pássaro australiano.

Também lhe pode interessar: Cuidados do gato Ashera

Características do Diamante de Gould

  • Os Diamantes de Gould são dóceis, encantadores e sem dúvidas, estão entre os pássaros mais bonitos do mundo.
  • O passarinho diamante possui várias cores vibrantes, principalmente vermelho, laranja, azul e preto. Alguns deles possuem 7 cores diferentes, tornando essa ave ainda mais apaixonante.
  • Sua altura chega a 12,5 cm e as cores dos machos frequentemente são mais vivas para proteger as fêmeas e os filhotes dos predadores.
  • Existem três subespécies de pássaro diamante que praticamente apenas se diferenciam pelas cores da sua cabeça: preta, vermelha e laranja. Nas pastagens da Austrália, lugar onde os podemos vê-los em total liberdade, não apresentam tanta variação de cor quanto os exemplares que se encontram em cativeiro.
Cuidados do Diamante de Gould - Características do Diamante de Gould

O ambiente

Os Diamante de Gould vêm de zonas australianas, onde o clima é quente e tropical, por isso estão acostumados a temperaturas elevadas. De fato, são muito sensíveis aos climas moderados ou com excesso de umidade. Preferem viver onde haja vegetação abundante e água. Antes de planejar ter um pássaro diamante, analise o ambiente onde vive, qual é o tipo de lar que poderá oferecer a ele e se este reúne as condições de acordo com as necessidades que esta ave apresenta para a sua sobrevivência.

A temperatura ideal é de 18 ºC à noite e de 21 ºC de dia, com uma umidade entre os 55 e os 75%. Embora o Diamante Gould possa suportar temperaturas inferiores a zero graus, o mais recomendável é que em épocas de inverno a temperatura não seja menor que 10 ºC. Durante a época de criação, desfrutam da luz e adoram ficar expostos ao sol entre as 10 e 14 horas.

Como criar Diamante Gould

Como os Diamantes de Gould são criaturas muito sociais e preferem estar em companhia de outro da sua mesma espécie, será melhor se logo de início você planejar ter um casal de Goulds.

Lembre-se que, embora sejam amigáveis com você e outros seres humanos, não poderá domesticá-los completamente, e sempre irão precisar da presença de outro da sua mesma espécie para cobrir as necessidades sociais. Também pode ser um par de fêmeas, por exemplo. Você também pode juntar o passarinho diamante com outras espécies, como por exemplo o Mandarim. Contudo, devemos ter cuidado no que diz respeito à convivência entre diamantes de gould e canários, pois pode ser muito negativa para estes últimos.

Gaiola para Diamante de Gould

Para saber como criar diamante gould, é importante entender qual gaiola você vai precisar. Compre uma gaiola com o maior tamanho possível para que as suas aves tenham espaço suficiente para voar e se exercitarem (pelo menos um metro por cada ave). Geralmente, as mais indicadas são as de arame galvanizado e as medidas recomendadas para as gaiolas são de 60 cm x 40 cm (como mínimo) e com espaçamento entre as grades de 12 mm.

Também é importante verificar se o piso é em bandeja, para facilitar a limpeza. Lembre-se que a higiene da gaiola e dos seus acessórios é a chave para que o seu pássaro não contrair infecções que ponham em risco a sua saúde.

Na gaiola para diamante gould, os comedouros e bebedouros não devem estar perto nem abaixo dos saltadores de madeira, isto para que não os encham de excrementos. O acesso à água renovada e fresca é fundamental para os Diamante de Gould. Além disso, eles adoram tomar banho. Recomendamos colocar um prato pouco profundo com água algumas vezes por semana dentro da gaiola para que possam tomar os banhos que quiserem.

Coloque algumas caixas de ninho na gaiola, preencha com feno macio ou algodão. Instale vários saltadores de madeira macia natural, para que tenham áreas de diferentes alturas e onde possam aterrar quando estão brincando. Além disso, as madeiras naturais ajudam a desgastar as suas unhas de forma natural.

Cuidados do Diamante de Gould - Como criar Diamante Gould

A alimentação do Diamante de Gould

Na natureza, estes pássaros estão acostumados a comer vários tipos de ervas junto com sementes. Em cativeiro, podem comer as misturas comerciais produzidas para aves exóticas que costumam conter milho, painço e alpiste.

Para acertar na criação de diamante gould, você deve complementar a alimentação dele com frutas, vegetais frescos, cascas de ovo e alimentação especial de insetos. Se você quiser presentear o passarinho diamante, pode oferecer vermes vivos, já que eles adoram. O horário natural para a alimentação dos passarinhos diamante é ao nascer do sol e antes do pôr do sol.

Os pássaros podem chegar a comer mais de duas vezes ao dia, dependendo do seu metabolismo. Porém, só é indicado colocar a quantidade de comida contada de um dia na gaiola, além de trocar a comida diariamente, para ficar mais fácil monitorar como está sendo a alimentação dos diamantes. Caso ele não esteja comendo bem, algo pode estar errado e é importante estar sempre atento a isso e ir no veterinário, para conseguir tratar antes que seja tarde.

Cuidados necessários

Algo a destacar sobre os cuidados do Diamante de Gould é o trato físico. Apesar de não serem pássaros muito sensíveis, também não são tão robustos como outras raças de tentilhões. Tendem a ficar nervosos caso alguém tente os agarrar sem nenhum motivo. Não agarre um Diamante de Gould a não ser que seja uma emergência, caso contrário, pode ser uma situação muito estressante para eles.

Assim como nós, os pássaros também precisam praticar exercícios. Principalmente em cativeiro, é importante que o diamante tenha espaço e brinquedos na sua gaiola para se exercitar. Além disso, a interação com seu tutor é fundamental para garantir uma boa saúde mental e física para eles. Uma dica que pode ajudar bastante na interação entre o tutor e seu pássaro é pendurar pedaços pequenos de frutas e vegetais nas brechas da gaiola. Com isso, fica mais fácil estabelecer horários para treinamentos dos passarinhos.

Se você deseje ter um passarinho diamante, é recomendado escolher quando ele estiver na fase adulta. Os filhotes exigem cuidados maiores, pois é no período que nascem que começa a ocorrer a mudança nas suas penas. uma fase muito delicada para eles. É fundamental estar atento a alimentação deles e ter cuidado com exposição a correntes de vento.

Reprodução do Diamantes de Gould

Não esqueça de adotar um casal composto por um macho e uma fêmea, pois assim eles podem se reproduzir. Caso não pretenda começar a criar Diamantes de Gould por falta de espaço, ou por não querer cuidar de um grupo grande de pássaros, o melhor é optar por pares do mesmo sexo.

Para conseguir que o pássaro diamante consiga procriar em cativeiro, é necessário ter bastante determinação, pois esses pássaros não se adaptaram totalmente a vida em cativeiro, dificultando assim a sua reprodução.

O período ideal para a fêmea reproduzir é quando ela completa os 10 meses de idade e quando o clima está mais quente. O acasalamento começa com a dança do diamante macho. Para conquistar a fêmea, ele saltita, balança a cabeça de um lado para o outro, sem parar de olhar para sua parceira. Depois do acasalamento, a fêmea pode chegar a colocar entre 5 a 8 ovos em cada ninhada.

Para o choco destes ovos, o pássaro diamante precisa de um ninho que pode ser preferencialmente de madeira. Nele os ovos vão ficar durante 17 dias até eclodir. O ninho deve conter folhas, galhos, raízes de capim, e furos para a circulação do ar. Você também pode encontrar esses materiais prontos em lojas especializadas.

Cuidados do Diamante de Gould - Reprodução do Diamantes de Gould

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cuidados do Diamante de Gould, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados básicos.

Bibliografia
  • "Providing a Home for a Pet Bird": MERCK MANUAL Veterinary Manual. Acessado em 21 de novembro de 2019. Disponível em: https://www.merckvetmanual.com/bird-owners/selecting-and-providing-a-home-for-a-pet-bird/providing-a-home-for-a-pet-bird#v3223463

Escrever comentário sobre Cuidados do Diamante de Gould

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
4 comentários
A sua avaliação:
Pet Facunde
Otimo atigo para meu video sobre Diamante de Gould.

fui show de bola, obrigado peritoanimal.
Otoniel Movio
Como tratar os ácaros das penas do Diamante de Gould, por que estão ficando carecas.
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Otoniel! Você deve buscar um médico veterinário o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Capelina
Qual a quantidade ideal de diamantes gould por metro cúbico?
Otoniel Movio
Por que o diamante fica careca, como tratar?
marcelo
quando fica careca , é pq esta com acaro nas penas

Cuidados do Diamante de Gould
1 de 4
Cuidados do Diamante de Gould

Voltar ao topo da página