menu
Partilhar

Cuidados básicos do furão

Por Equipe editorial do PeritoAnimal. Atualizado: 18 abril 2023
Cuidados básicos do furão

Ficha do animal: Furão

Os furões são animais de estimação adoráveis, divertidos e inteligentes que têm se tornado cada vez mais populares nos últimos anos. Mas antes de adotar um furão como animal de estimação, é essencial estar ciente de suas necessidades específicas, para que você possa proporcionar um ambiente saudável e feliz para o seu animalzinho.

Assim como qualquer animal de estimação, os os cuidados básicos do furão vão além da atenção, cuidado e dedicação por parte de seus tutores. Desde a escolha adequada da gaiola, alimentação, brinquedos e interação, até a prevenção de doenças e a higiene, é importante estar bem informado sobre os principais cuidados necessários para manter um furão feliz e saudável. Neste artigo do PeritoAnimal, abordaremos os principais aspectos que você precisa saber antes de adotar um furão, para que você possa garantir um ambiente adequado e feliz para o seu pet.

Também lhe pode interessar: Cuidados básicos de um ouriço

Certifique-se que tem um veterinário especializado

O furão, como qualquer outro pet, requer a atenção e o controlo de um veterinário competente. É conveniente que este profissional seja especialista em furões e esteja habituado aos problemas que sofres estes animais de estimação exóticos.

O veterinário deve dar as vacinas pertinentes e controlar o déficit vitamínico ou alimentício que o furão possa ter. Também é imprescindível castrar o animal.

É muito importante entender que não podemos ter um furão (nem qualquer outro animal) prescindindo dos serviços veterinário básicos, e não são baratos! Tenha isso em conta antes de adotar um furão.

Cuidados básicos do furão - Certifique-se que tem um veterinário especializado

Gaiola do furão - principais dicas

Se você está pensando em adotar um furão como pet, é essencial que você conheça as necessidades específicas da gaiola do furão. Uma gaiola inadequada pode levar a problemas de saúde e bem-estar para o seu pet. Confira abaixo uma lista das principais coisas que você precisa saber sobre a gaiola do furão antes de adotar um:

  • Tamanho da gaiola do furão: A gaiola deve ser grande o suficiente para permitir que o furão se movimente e brinque livremente. O tamanho recomendado é de pelo menos 1,5m de comprimento, 60cm de largura e 1m de altura.
  • Espaçamento das grades da gaiola do furão: O espaçamento das grades não deve ser superior a 2,5cm, para evitar que o furão escape ou fique preso.
  • Materiais seguros para a gaiola do furão: Certifique-se de que a gaiola seja feita de materiais seguros e não tóxicos, como plástico, metal e vidro. Além disso, o fundo da gaiola deve ser forrado com um substrato, como papel picado ou granulado de madeira.
  • Comedouro e bebedouro para a gaiola do furão: A gaiola deve ter um comedouro e um bebedouro adequados ao tamanho do furão.
  • Brinquedos e acessórios para a gaiola do furão: É essencial que a gaiola contenha brinquedos e acessórios para que o furão se divirta e se exercite, como túneis, escadas e plataformas.
  • Limpeza da gaiola do furão: A gaiola deve ser limpa regularmente para garantir um ambiente saudável para o furão. É recomendado que a limpeza seja realizada pelo menos uma vez por semana.
  • Localização da gaiola do furão: A gaiola deve ser colocada em um local bem iluminado e ventilado, mas protegido de correntes de ar e luz solar direta. Evite colocá-la em áreas movimentadas da casa, como perto de portas ou janelas, para evitar o estresse do animal.

Lembre-se de que a escolha da gaiola do furão é crucial para garantir o bem-estar do seu pet. Além disso, não se esqueça de dedicar tempo suficiente para interagir e brincar com seu furão fora da gaiola todos os dias, para que ele possa se exercitar e se divertir.

Cuidados básicos do furão - Gaiola do furão - principais dicas

O golpe de calor no furão

durante o verão os furões são propensos a sofrer golpes de calor. Trata-se de um episódio grave que deve ser tratado imediatamente, ou inclusivamente meter os elementos necessários para evitar que isso aconteça.

O furão carece da capacidade termorreguladora de outras espécies. Para proteger-se do golpe de calor precisa de se rodear de elementos que refresquem o seu entorno. Uma garrafa com água congelada perto da sua gaiola pode ser um bom remédio. O bebedouro deve estar sempre cheio.

O furão vai agradecer muito que o pulverize com água durante as épocas de maior calor. m pano úmido sobre a gaiola também o pode aliviar do calor intenso.

Cuidados básicos do furão - O golpe de calor no furão

Alimentação do furão

O furão é um animal carnívoro, por isso a sua alimentação deve ser rica em proteína animal. Essa ingestão de proteína animal deve ser entre 40 a 45% do total da sua alimentação. A gordura de proveniência animal deve estar entre 15 a 20%. A fibra também é necessária e deve rondar os 4%, deste modo evitará problemas digestivos.

As vitaminas são importantes. O veterinário pode recomendar as melhor e deve indicar-lhe qual a melhor ração para o seu furão. Existem rações de qualidade específicas para furões no mercado, desta forma, manter a sua alimentação equilibrada será mais fácil.

Cuidados básicos do furão - Alimentação do furão

O fotoperíodo dos furões

Os furões precisam descansar em escuridão total umas 14 horas por dia. O motivo deve-se à necessidade de regenerar a melatonina. Este processo é impossível com luz.

Por essa mesma razão deve existir uma caixa com uma pequena abertura interior na sua gaiola, apesar de pequena, deve servir como uma toca onde o furão possa descansar adequadamente. Podem produzir-se alterações graves de saúde se não se respeita o fotoperíodo.

Cuidados básicos do furão - O fotoperíodo dos furões

Segurança doméstica

a segurança doméstica é o calcanhar de Aquiles dos furões. Devemos ter em conta que um furão é um Mustelídeo, e estas espécies desconhecem o que é o medo. Se a isto somarmos uma curiosidade que vai até ao infinito, percebemos que o nosso furão pode sofrer múltiplos incidentes e alguns acidentes na sua vida.

Em seguida dizemos-lhe os lugares mais habituais onde os furões sofrem acidentes:

  • Varandas
  • Janelas
  • Tomadas
  • Canos
  • Terra dos vasos (tóxica se estiver adubada)
  • Gavetas
  • Estantes
  • Cabos elétricos
  • Cadeiras dobráveis
  • Mantas
  • Edredons
  • Portas
  • Buracos de todo o tipo

Neste lugares produzem-se muito incidentes e alguns acidentes mortais inclusive. Se repararmos bem na lista de observações, temos muitas coisas em comum com o que pode magoar um bebê na fase que gatinha.

Os lugares mais perigosos para o furão são:

  1. Lavadora: Sempre que fizer uma máquina de lavar deve verificar o seu interior, e o ideal e manter o furão na gaiola durante esse processo.
  2. O forno: É outro lugar de perigo extremo. Podemos abrir a porta do forno e talvez atender uma chamada telefônica que nos despiste uns segundos. Tudo isso é tempo suficiente para que o furão aproveita para entrar nele e morda algum pedaço de comida colado no forno. A solução: a gaiola antes de usar o forno.
  3. A mala: Estamos fazendo a nossa mala para ir de viagem. Vamos um instante no banheiro e deixamos a mala aberta. Sem dar por ela você pode fechar a mala com o furão dentro dela. Solução: meter o furão na gaiola enquanto faz a mala.

Como vê esta lista poderia ser interminável por isso recomendamos-lhe que tome precaução sempre, de forma a saber por onde anda o seu furão.

Cuidados básicos do furão - Segurança doméstica

Descubra com a ajuda do Perito animal mais artigos relacionados com furões:

Cuidados básicos do furão -

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cuidados básicos do furão, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados básicos.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
sarah
onde vende gaiola de furão barata
?
Cuidados básicos do furão
1 de 8
Cuidados básicos do furão

Voltar ao topo da página