Partilhar

Cuidados das tartarugas de água

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 14 setembro 2017
Cuidados das tartarugas de água

A tartaruga de água é um animal de estimação muito habitual e comum, especialmente entre as crianças, uma vez que a popularidade destes répteis aumentou bastante durante os últimos anos. São muitos os motivos para ter uma tartaruga como pet, embora o fato de serem fáceis de cuidar faz com que muitos pais pensem nelas como uma ótima opção para o primeiro animal de estimação dos seus filhos.

Por todos estes motivos decidimos falar dos cuidados das tartarugas de água.

Também lhe pode interessar: Alimentação das tartarugas de água

Aquário ou terrário da tartaruga de água

A tartaruga precisa de ter o seu próprio habitat ou espaço, que pode ser um aquário ou um terrário. O habitat deverá cumprir com as seguintes exigências:

  • Uma piscina com profundidade suficiente para que possam nadar tranquilamente sem chocar com a decoração que possa ter.
  • Uma parte seca que esteja por cima da água na qual a tartaruga possa se secar e tomar sol, assim como descansar.

O tamanho do terrário da tartaruga de água deve ser suficiente para que o animal tenha espaço para nadar, devemos contar com um tamanho de pelo menos 3 ou 4 vezes o comprimento da própria tartaruga. Quanto maior for o espaço, melhor condição de vida terá.

Além disso, para que a sua tartaruga não desenvolva nenhuma doença por falta de higiene deve manter a água o mais limpa possível, esvaziando e enchendo o aquário todas as semanas. Também pode optar por adquirir um sistema de filtros na sua loja de animais para não ter que limpar a água.

Pode adicionar elementos ao seu terrário como por exemplo palmeiras, castelos ou plantas de plástico e criar um ambiente original e único.

Cuidados das tartarugas de água - Aquário ou terrário da tartaruga de água

A temperatura e a luz solar para a tartaruga de água

O ambiente da tartaruga é muito importante para que não fique doente, para isso devemos ter em conta que:

  • A temperatura da água deve ser morna, entre uns 26ºC e 30ºC, e como referimos antes na parte seca do aquário ou do terrário devem alcançar os raios de sol para que a tartaruga se possa secar e manter os seus ossos e carapaça saudáveis. É importante que a temperatura da água não varie muito com a temperatura do ambiente, uma vez que uma mudança brusca não é boa para a tartaruga. Sob qualquer circunstância devemos fazer com que suportem temperaturas inferiores a 5 graus ou superiores aos 40, nem localizá-las em locais onde hajam correntes de ar.
  • Devem receber luz solar. Se não encontrar uma boa posição para que o aquário receba luz solar pode optar por comprar uma lâmpada que simule o efeito e que aponte para a sua pequena ilha ou parte seca do aquário.
Cuidados das tartarugas de água - A temperatura e a luz solar para a tartaruga de água

Alimentação das tartarugas de água

Poderá encontrar em qualquer loja de animais alimentação para tartarugas normal, suficiente para a sua dieta. Também pode variar a sua alimentação incorporando outros alimentos como o peixe cru e com pouca gordura, vegetais, grilos, larvas e inclusive pequenos insetos.

No caso de lhe querer dar de comer algum desses alimentos, pergunte primeiro a um especialista que lhe possa aconselhar. Se vir que aceita peixe cru mas que não se adapta à comida que pode encontrar à venda em lojas, misture ambas e tente que se habitue.

Deverá alimentar as tartarugas de água dependendo da sua idade: se tiver um tamanho pequeno deverá alimentá-las uma vez por dia e, se pelo contrário for grande, deverá fazê-lo três vezes por semana, seguindo as indicações da embalagem do produto. Lembre-se que, deverá tirar toda a comida que sobrar do terrário para evitar que fique sujo em excesso.

Cuidados das tartarugas de água - Alimentação das tartarugas de água

Doenças mais comuns das tartarugas de água

Grande parte das doenças das tartarugas de água devem-se ao desconhecimento das suas necessidades básicas, como por exemplo fornecer luz solar no ambiente ou alimentação inadequada.

No caso de uma tartaruga ficar doente e tiver outras no aquário, deverá separar a doente das restantes companheiras, pelo menos durante um mês ou até ver que esteja curada.

Doenças das tartarugas:

  • No caso da tartaruga ter alguma lesão na pele, vá ao veterinário para que este lhe recomende um creme para a curar. Normalmente são cremes com antibióticos solúveis na água que ajudam na curação e não fazem mal à tartaruga. Se se tratarem de feridas, também deve tê-las dentro de casa para evitar que as moscas coloquem ovos nelas.
  • Carapaça: O amolecimento da carapaça pode se dever à falta de cálcio e luz. Às vezes também podem aparecer pequenas manchas na mesma. Recomendamos que aumente a exposição ao sol. Por outro lado, encontramos a descoloração da carapaça da tartaruga e, as causas são a presença de cloro na água ou falta de vitamina. Por fim, se observarmos uma camada branca em cima da carapaça pode ser porque a sua tartaruga tem fungos, por excesso de umidade ou falta de luz. Para o prevenir, adicione 1/4 de uma xícara de sal por cada 19 litros de água. E se a tartaruga já tiver fungos, compre um medicamento para fungos que poderá encontrar à venda em qualquer loja. Podem chegar a demorar quase um ano a curar.
  • Olhos: A infecção ocular também é um problema comum nas tartarugas, vê-se que têm os olhos fechados por longos períodos de tempo. A origem é a falta de vitamina A ou a pouca higiene no ambiente, neste caso adicione vitaminas à sua dieta.
  • Respiratório: Se observarmos que a tartaruga secreta mucosidades do nariz, respira com a boca aberta e tem pouca atividade devemos mover o seu terrário para um sítio sem correntes e aumentar a temperatura para os 25ºC.
  • Digestão: A prisão de ventre da tartaruga deve-se à alimentação que lhe dermos. Se tiver falta de vitaminas e fibra será propensa a este problema. Coloque-a em um recipiente com água morna e modifique a sua dieta. A diarreia é favorecida pelo excesso de fruta, alface ou comer um alimento em mau estado. Oferecer-lhe alimentos menos hidratados e higienizar a água são possíveis soluções.
  • Ansiedade ou estresse: Se observar inquietação no seu comportante, mude-a para uma zona mais tranquila para que o seus sistema imunitário não seja afetado.
  • Retenção de ovos: Acontece quando se rompem no interior da tartaruga e as causas são falta de vitaminas ou carências alimentares, idade avançada, etc. Neste caso deverá consultar um especialista rapidamente pois a tartaruga pode morrer.
  • Prolapso: Chama-se assim o fato do aparelho reprodutor sair do seu sítio. Geralmente volta para o seu sítio sozinho ou com ajuda, mas se o prolapso for consequência de uma mordida ou de se ter rasgado pode se ter que amputar.

Leia também o nosso artigo sobre como cuidar de uma tartaruga de aquário.

Se você adotou recentemente uma tartaruga e ainda não encontrou o nome ideal para ela, veja a nossa lista de nomes para tartarugas.

Cuidados das tartarugas de água - Doenças mais comuns das tartarugas de água

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cuidados das tartarugas de água, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados básicos.

Escrever comentário sobre Cuidados das tartarugas de água

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
Nayara Gonçalves
Olá, boa noite! já enviei mensagem, mas parece que não foi. Minha taratura que acredito ser a de orelha vermelha não come há seis dias e não sei o que faço. Eu a ganhei no início do mês e ela ficou um dia sem comer quando chegou, mas depois passou a comer normal e até muito, mas agora não quer comer mais nada. Ela deve ser filhote, tem menos de 10cm. Podem me ajudar, por favor?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Nayara! As tartarugas de água costumam ter bastante apetite. Neste artigo do PeritoAnimal você pode ver algumas dicas de quais alimentos dar a sua tartaruga e a frequência: https://www.peritoanimal.com.br/alimentacao-das-tartarugas-de-agua-21353.html
No entanto, o mais indicado é você consultar um médico veterinário de animais exóticos.
A sua avaliação:
FATIMA BRITO
ainda não sei identificar se minhas tartarugas são da água ou da terra bem como, quais são machos e femeas.
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Fátima! Suba uma foto e é mais fácil para tentarmos ajudar.

Cuidados das tartarugas de água
1 de 5
Cuidados das tartarugas de água

Voltar ao topo da página