menu
Partilhar

Como passear com o cachorro corretamente?

 
Por Mercè Garcia. 18 maio 2021
Como passear com o cachorro corretamente?

Ver fichas de  Cachorros

O passeio é, sem dúvida, um dos momentos mais importantes do dia para o cachorro. Não só permite que ele se alivie, mas também o ajuda a continuar socializando, a baixar os níveis de estresse e se exercitar. No entanto, muitos tutores negligenciam detalhes essenciais para que o cachorro tenha um passeio enriquecedor e completo, transformando esta rotina em um hábito que não é muito motivador para seus companheiros peludos.

Neste artigo do PeritoAnimal lhe daremos algumas dicas básicas para que você saiba como passear com o cachorro corretamente, assim como algumas dicas que você pode aplicar para proporcionar uma melhor qualidade de vida para seu amigo de quatro patas.

1. O equipamento ideal, segundo o cachorro

O material que você usa para passear com o cachorro determinará a qualidade do passeio, por isso é essencial escolher corretamente, até mesmo se você quiser saber como passear com cachorro que puxa. Aqui analisamos as opções mais populares:

  • Coleira: indicada para cachorros que sabem passear corretamente e sem puxar.
  • Coleira anti-fuga: recomendada para cachorros muito medrosos que andam sem puxar a corda. O sistema de asfixia os impede de se libertarem da restrição quando confrontados com um estímulo que lhes causa medo, por exemplo, de um acidente.
  • Coleira estranguladora: não é recomendada, especialmente para cachorros que puxam a corda, pois pode estrangular o cachorro e causar ferimentos graves, assim como estresse, medo e ansiedade.
  • Coleira de castigo: assim como a anterior, ela é fortemente desencorajada, especialmente para cachorros que puxam a corda, pois pode causar sérios danos ao pescoço e levar ao estresse, medo e ansiedade.
  • Arnês: recomendado para cachorros que puxam um pouco a trela, cachorros esportivos ou aqueles que procuram mais conforto para segurar o cão. Também é útil para aqueles que têm um cachorro medroso que tenta se livrar de possíveis estímulos negativos.
  • Arnês anti-puxão: especialmente indicado para cachorros que puxam muito a corda, pois evita os problemas de saúde que podem causar uma coleira.

Recomendamos usar sempre uma trela/corda longa, que podemos ajustar de acordo com a ocasião. Será útil tanto em ambientes urbanos quanto rural. Da mesma forma, evite o uso de coleiras extensíveis, pois perdemos o controle sobre o cachorro.

Lembre-se que qualquer que seja a trela que você escolher, ela deve ser confortável para seu cachorro e não muito apertada. Ah, e não se esqueça de levar saquinhos para recolher o cocô!

Confira este outro artigo em que apresentamos um guia completo dos acessórios para cachorros.

Como passear com o cachorro corretamente? - 1. O equipamento ideal, segundo o cachorro

2. O manuseio

Você já se perguntou sobre como passear com o cachorro? Antes, é preciso destacar que muitas pessoas têm problemas com o manuseio do cachorro, especialmente se o cão puxa a trela, não quer passear ou não aprendeu a fazê-lo. É neste momento que elas aplicam técnicas equivocadas, criando confusão em seu companheiro peludo e transformando a caminhada em um momento tenso para o animal.

Tente andar de maneira descontraída, guiando-o suavemente e parando sempre que o cachorro parar para urinar. Evite correr, gritar ou tentar manter seu cachorro focado em você, bem como puxar a trela para chegar a algum lugar ou impedi-lo de te puxar. Agir calmamente ensina seu cachorro a andar de maneira descontraída também.

Evite usar uma trela muito longa ou muito dura/que não se expanda, pois no primeiro caso não teremos nenhum controle sobre o cachorro e, no segundo caso, o estaremos estressando. Sempre que possível, tente usar a trela um pouco solta, para lhe permitir alguma liberdade de movimento.

Neste ponto é importante apontar alguns falsos mitos como "não deixe o cachorro ir na sua frente, porque isso significa que ele está dominando você" ou "se seu cachorro te puxa, você deve puxar a trela também". Estas declarações não se baseiam em estudos científicos e não dão bons resultados, ao contrário, provocam estresse no cachorro, que só quer desfrutar de seu passeio. Lembremos também que os cães não querem nos dominar (o domínio existe, mas é intra-específico, ou seja, entre membros da mesma espécie).

Se seu cachorro não passeia corretamente, pode ser porque ele está sofrendo de um problema de comportamento, falta de aprendizagem ou está sofrendo de altos níveis de estresse (o estresse também pode ser positivo, por exemplo, quando o cachorro fica muito entusiasmado para sair). Nesses casos, é essencial rever as cinco liberdades do bem-estar animal.

Como passear com o cachorro corretamente? - 2. O manuseio

3. Quanto tempo devo passear com o cachorro?

Saber o tempo para passear com o cachorro é um ponto muito importante e varia muito dependendo da raça, idade ou necessidades de cada indivíduo. De modo geral, poderíamos dizer que um cachorro precisa passear entre 40 minutos e duas horas, divididos entre dois ou três passeios por dia. Aqui explicamos como eles devem ser:

  • Manhã: O primeiro passeio do dia deve ser o mais longo, completo e estimulante, com duração entre 15 e 40 minutos.
  • Meio-dia: Este passeio nos ajudará a acalmar nosso cachorro e está focado principalmente em fazer suas necessidades. Pode durar entre 10 e 20 minutos.
  • Noite: Embora geralmente seja o passeio ao qual dedicamos mais tempo, a verdade é que o caos e o nervosismo desta época do dia não ajudam o cachorro a relaxar. A melhor maneira de como passear com o cachorro neste horário é dedicando entre 15 e 30 minutos, no máximo.

Lembre-se que as raças de cães molossos, como o boxer, pug ou dogue de bordeaux não devem ser expostas a longas caminhadas ou exercícios físicos intensos, pois a estrutura de seu focinho não lhes permite respira tão bem como outras raças. Da mesma forma, não estenderemos a caminhada a cachorros com problemas de saúde ou cães idosos. Finalmente, lembre-se que é essencial evitar altas temperaturas, pois elas podem levar nosso cachorro a sofrer um golpe de calor.

Como passear com o cachorro corretamente? - 3. Quanto tempo devo passear com o cachorro?

4. O bem-estar do cachorro

Tem que passear com cachorro obrigatoriamente? Sim e vamos explicar os motivos a seguir. Uma vez na rua, a melhor maneira de como passear com o cachorro é garantindo seu bem-estar, tentando aproveitar ao máximo o passeio. Enriquecer este momento do dia será muito útil para melhorar o vínculo conosco, ajudá-lo a reduzir o estresse e também nos ajudará a evitar o aparecimento de problemas de comportamento.

Algumas dicas para promover o bem-estar durante o passeio são:

  • Permita que ele fareje plantas, urina de outros cachorros e qualquer rastro de outros animais, pois é uma grande forma de relaxamento e também o ajuda a conhecer o ambiente em que vive.
  • Leve-o a novos lugares ou modifique seu percurso de caminhada para que a diversidade de estímulos o entretenha e torne o passeio mais enriquecedor.
  • Permita que ele lamba um pouco de xixi. Mesmo que você ache irritante ou desagradável, é parte do comportamento natural de um cachorro. Além disso, se ele for corretamente vacinado, você não deverá se preocupar com nenhum tipo de contágio. Embora este comportamento seja mais comum nos machos do que nas fêmeas, fazê-lo lhes permite identificar melhor os cachorros daquela área.
  • Recompense os comportamentos que lhe agradam, seja com petiscos ou palavras amáveis.
  • Leve água para ele e para você se forem fazer uma longa caminhada. A desidratação também pode levar a uma insolação, não se esqueça.
  • Aprenda a curtir o passeio com seu cachorro, sem nervosismo, castigo, gritos ou desconforto. Não preste atenção ao relógio ou vá dar um passeio apressado, isso resultará em uma péssima caminhada.

Além de tudo o que foi mencionado acima, é importante aprender sobre a linguagem dos cachorros e os sinais de calma, assim saberemos quais situações lhe parecem positivas e quais as que o preocupam e devem ser evitadas.

Como passear com o cachorro corretamente? - 4. O bem-estar do cachorro

5. Socializar sempre que seja possível

Se seu cachorro foi devidamente socializado quando filhote, ele provavelmente não terá nenhum problema no relacionamento com outros cães, no entanto, se impedirmos que nosso cachorro adulto interaja, podem começar a surgir medos ou conflitos. É importante permitir que os cachorros interajam uns com os outros, independentemente de seu tamanho, idade ou da impressão que eles possam causar em nós.

É claro que devemos permitir que nosso cachorro se aproxime de outros cães se ele quiser, nunca forçar uma interação, pois isso pode causar desconforto nele e, portanto, uma reação ruim e até mesmo, agressiva.

Como passear com o cachorro corretamente? - 5. Socializar sempre que seja possível

6. Momento sem guia e jogos

Permitir que nosso cachorro desfrute de pelo menos 5 ou 10 minutos sem a guia é muito positivo para melhorar a qualidade do passeio. Na verdade, muitos etólogos recomendam esta prática em cada uma das caminhadas caninas. Se você tiver medo de soltar seu cachorro em um lugar aberto, você pode sempre procurar uma área cercada. Isso também lhes permite mostrar seu comportamento natural, que é essencial para o bem-estar do cachorro.

Neste momento, podemos aproveitar o momendo de passeio com o cachorro para praticar exercícios de farejamento e de busca, já que eles relaxam e os cansam mentalmente. Também podemos jogar um jogo com ele (bola, fresbee, etc.). É claro, evite forçá-lo a correr se ele não quiser, isso causa estresse.

Como passear com o cachorro corretamente? - 6. Momento sem guia e jogos

7. Adestramento na rua

Se você estiver praticando obediência básica (sentar, vir, ficar, etc.) ou habilidades caninas com seu cachorro, será muito aconselhável praticar dentro e fora de casa, desta forma, seu cachorro se acostumará a responder corretamente nas diferentes situações em que se encontra, sem ser influenciado por cheiros e novos ambientes.

Então há como passear com o cachorro e adestrá-lo ao mesmo tempo? Sim. Entretanto, lembre-se de que devemos praticar a obediência uma vez que o cão já tenha feito suas necessidades. Caso contrário, ele se distrairá facilmente e ficará mais nervoso, tentando agradá-lo e, ao mesmo tempo, aliviar-se.

Não esqueça que uma sessão de adestramento deve durar entre 5 e 15 minutos, dependendo do cachorro, para não sobrecarregá-lo e evitar que ele se distraia. Recompensá-lo com um petisco ou palavra gentil sempre que ele se sair bem, para que ele relacione o passeio e a obediência de forma positiva.

Agora que você já sabe como passear com o cachorro corretamente, talvez possa te interessar este outro artigo sobre como ensinar o cachorro a andar junto passo a passo.

Como passear com o cachorro corretamente? - 7. Adestramento na rua

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como passear com o cachorro corretamente?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Educação básica.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Como passear com o cachorro corretamente?
1 de 8
Como passear com o cachorro corretamente?

Voltar ao topo da página