menu
Partilhar

Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia?

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. 20 outubro 2021
Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia?

Ver fichas de  Cachorros

Atualmente, as raças de cães miniatura e braquicefálicas encontram-se em muitos de nossos lares. Por trás da aparência fofa que a morfologia do crânio desses animais apresenta, pode ocorrer uma malformação que pode ter consequências para a saúde do nosso animal de estimação.

Trata-se de uma doença nervosa com uma tratamento bastante complicado. Se você quer aprender mais sobre esta doença e os cuidados que exige, te aconselhamos a continuar lendo este artigo do PeritoAnimal sobre como cuidar de um cachorro com hidrocefalia.

O que é a hidrocefalia em cachorros?

A hidrocefalia é uma malformação na qual uma grande quantidade de líquido cefalorraquidiano se acumula no sistema ventricular do encéfalo. Este acúmulo faz com os ventrículos cerebrais aumentem de tamanho e, como consequência, o próprio crânio aumente também. De acordo com a localização deste líquido, a condição pode ser classificada como hidrocefalia interna, externa ou comunicante.

Os animais que a possuem se caracterizam por uma morfologia específica:

  • Crânio abobadado.
  • Crânio arredondado.
  • Crânio proeminente.
  • Estrabismo bilateral.

Tipos de hidrocefalia em cachorros

A hidrocefalia em cachorros pode ocorrer de forma congênita ou adquirida:

  • Hidrocefalia congênita: existem raças que apresentam esta condição de forma congênita, sendo a malformação congênita do sistema nervoso mais frequente em animais doméstico. Exemplos de raças caninas hidrocefálicas são cães de porte pequeno e braquicefálicos, como chihuahuas, lulu-da-pomerânia, shih-tzu, etc.
  • Hidrocefalia adquirida: é menos frequente, embora também possa ocorrer nos animais de estimação como consequência principalmente de traumatismos fortes no crânio.

Como curiosidade, vamos mencionar que há gatos siameses que sofrem com essa condição ou a adquirem devido a doenças virais, como a peritonite infecciosa felina.

Este outro artigo sobre doenças neurológicas em cães também pode te interessar.

Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia? - O que é a hidrocefalia em cachorros?

Sintomas da hidrocefalia em cachorros

Para saber como cuidar de um cachorro com hidrocefalia, vamos descrever os sintomas que podem ser manifestados em um cachorro que sofre com esta condição:

  • Convulsões.
  • Estupor/coma.
  • Esquece-se de comportamentos aprendidos (disfunção cognitiva).
  • Caminha em círculos (disfunção vestibular).
  • Pressiona a cabeça contra a parede (head-pressing).
  • Desenvolve comportamentos agressivos.
  • Estrabismo.
  • Cegueira.

Todos esses sintomas são comuns a outras doenças, por isso é importante um diagnóstico diferencial adequado.

Hidrocefalia em cachorros: prevenção e diagnóstico

O diagnóstico e a prevenção da hidrocefalia em cães dependerá em grande medida do tipo de hidrocefalia canina em questão.

Hidrocefalia congênita em cachorros

Quando se trata de uma hidrocefalia congênita, o cachorro a manifestará antes dos 6 meses de idade.

Para alcançar um diagnóstico definitivo, deve-se levar em conta a história clínica do animal, exames de imagem avançados e a predisposição de determinadas raças. Além disso, é importante verificar que o cachorro não possua outra malformação congênita.

Uma forma de evitar esta doença congênita é através da criação responsável com animais saudáveis.

Hidrocefalia adquirida em cachorros

Quanto se suspeita da hidrocefalia adquirida, é necessário buscar as causas primárias: traumatismos, infecções, inflamações, neoplasias, etc.

Assim, uma boa alimentação, vacinação, desparasitação, evitar a exposição às substâncias tóxicas, etc., são medidas que reduzirão as chances de sofrer com esta doença.

Neste outro artigo do PeritoAnimal você conhece melhor a encefalopatia hepática em cães - sintomas e tratamento.

Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia? - Hidrocefalia em cachorros: prevenção e diagnóstico

Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia?

Os cuidados médicos para um cachorro com hidrocefalia se baseiam em um tratamento dos sintomas clínicos que ele apresenta como consequência do aumento de pressão intracranial. O aumento considerável do volume de líquido exerce uma grande pressão de dentro para fora sobre o tecido nervoso, causando sua degeneração e destruição.

Ao gerar quadros neurológicos, seu cuidado e tratamento foca em cessar, por meio do uso de fármacos/técnicas cirúrgicas as convulsões, cegueira, incoordenação, pressing, etc. O veterinário irá propor um tratamento e indicar se há necessidade de hospitalização ou exames complementares. Contudo, por outro lado, os cuidados de manutenção que podemos realizar em casa são os seguintes:

  • Na medida do possível, evitar saltos de superfícies de altura considerável.
  • Controlar brincadeiras violentas com outros animais e pessoas.
  • Tratar com delicadeza o crânio do gato ao realizar procedimentos de higiene, como banhos, limpeza dos dentes, das orelhas e dos olhos.
  • Diante de qualquer sintoma nervoso, ir ao veterinário para que não piore e tenha um prognóstico melhor.
  • Se além da hidrocefalia apresentar também fontanelas abertas, tenha cuidado com sua manipulação.
  • Enriquecimento do ambiente por meio de brincadeiras e técnicas de aprendizagem.
  • Há cães com hidrocefalia que não apresentam sintomas ao longo de toda sua vida. Isso não quer dizer que não a tenham de forma subclínica, e é necessário observar que não desenvolvam sintomas.
  • Evitar o uso de coleiras durante os passeio, sendo melhor as peitorais.
  • Alimentação equilibrada.
  • Protocolo vacinal e antiparasitário em dia.
  • Controle de outras enfermidades.
  • Complementos nutricionais que ajudam na disfunção cognitiva.

Se você convive com um cachorro com hidrocefalia, você pode se interessar por outro artigo sobre as 10 curiosidades dos chihuahuas.

Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia? - Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia?

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças neurológicas.

Bibliografia
  • VCA Hospitals. Hydrocephalus in toy breed puppies. Disponível em: <https://vcahospitals.com/know-your-pet/hydrocephalus-in-toy-breed-puppies>. Acesso em 14 de outubro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia?
1 de 4
Como cuidar de um cachorro com hidrocefalia?

Voltar ao topo da página