menu
Partilhar

Cachorro pode comer amora?

 
Por Cristina Pascual, Veterinária. 25 dezembro 2021
Cachorro pode comer amora?

Ver fichas de  Cachorros

Se você adora amora e quer saber se pode dar amora para cachorro, saiba que as amoras são frutas ricas em fibras, vitaminas, minerais e pigmentos naturais que não contêm nenhuma substância tóxica para os cães. É por isso que podemos oferecê-las aos animais de estimação sem que isso implique qualquer perigo para a sua saúde. No entanto, elas devem ser incluídas em sua dieta ocasionalmente, como uma recompensa, e uma série de considerações deve ser levada em consideração para evitar quaisquer efeitos indesejáveis.

Se você está se perguntando se cachorro pode comer amora, não perca o seguinte artigo do PeritoAnimal, no qual explicamos quais são seus benefícios, as quantidades recomendadas e as contraindicações.

Também lhe pode interessar: Cachorro pode comer mirtilo?

Cachorro pode comer amora?

Sim, cachorro pode comer amora. Essas frutas são ricas em fibras, vitaminas, minerais e pigmentos naturais com efeitos antioxidantes. Os cães podem consumi-las e se beneficiar de sua contribuição nutricional, uma vez que não contêm nenhuma substância tóxica para o corpo. No entanto, como todas as outras frutas adequadas para cães, elas devem ser oferecidas com moderação. Você pode incluí-las na dieta do seu cão como recompensa, ocasionalmente, mas eles não devem ser um alimento regular em sua dieta.

Recomendamos a leitura deste outro artigo sobre fibra para cachorros: importância, alimentos e suplementos.

Por que cachorros comem folha de amora?

A folha de amora tem efeito vermífugo e, instintivamente, o cachorro pode querer comer a folha da amora para esta finalidade. É muito comum que cachorros comam gramas e outras plantas para provocar vômito, por exemplo, quando estão com algum incômodo intestinal. No entanto, o que pode levá-los a comerem folhas de plantas pode ser apenas curiosidade pelo sabor, também.

Benefícios das amoras para cães

Embora sejam conhecidas pelo mesmo nome, existem diferentes tipos de amoras, como por exemplo as amoras provenientes de uma árvore (a amoreira) e as amoras de um arbusto espinhoso (amor-do-mato). As amoras das amoreiras são um pouco maiores e mais doces do que as amoras-do-mato, embora suas propriedades nutricionais sejam muito semelhantes.

Aqui estão os principais benefícios das amoras para cães:

  • São alimentos de baixa caloria: portanto, você pode dar amora para cachorros e outros animais que requerem uma dieta de baixa energia, como cães com sobrepeso.
  • São uma boa fonte de fibras: apesar do sistema digestivo dos cães não conseguir digerir as fibras, é um nutriente fundamental em sua alimentação. Entre outras coisas, a fibra dá volume à ração, cria uma sensação de saciedade, contribui para a manutenção da microbiota intestinal, regula o trânsito intestinal e a consistência das fezes.
  • São ricas em vitaminas C e E: a vitamina C ajuda a reduzir o estresse oxidativo, estimula a produção de colágeno e participa da formação do esqueleto ósseo. Por sua vez, a vitamina E atua como antioxidante, protegendo as células contra os radicais livres e está envolvida no metabolismo das gorduras e na formação das membranas celulares. Aqui você pode encontrar mais informações sobre Vitamina C para cães e Vitamina E para cães.
  • Elas fornecem uma boa dose de minerais: como cálcio, ferro e potássio que contribuem para a saúde dos ossos, do cérebro e do coração. Leia este outro artigo para saber mais alimentos que contêm cálcio para cachorros.
  • Contêm grande quantidade de pigmentos naturais (antocianósidos e carotenóides): esses pigmentos possuem grande poder antioxidante por prevenir a produção de radicais livres e fortalecer o sistema imunológico.
  • Elas contêm uma substância chamada pterostilbeno: ele reduz os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue. Além disso, demonstrou ser capaz de diminuir os níveis de glicose e aumentar os níveis de insulina no sangue, auxiliando no tratamento do diabetes mellitus tipo II.

Por todos esses motivos, já ficou claro por que cachorro pode comer amora, né? A seguir explicaremos algo bastante importnate: como oferecê-las e as quantidades para cães!

Como dar amora para cachorro

Ao decidir oferecer amoras ao cachorro, você deve levar em consideração uma série de considerações:

  • As amoras devem ser oferecidas como prêmio, ocasionalmente. A quantidade de amoras que você pode dar para o cachorro dependerá fundamentalmente do tamanho do peludo. No caso de cães de raças pequenas você pode oferecer 2 ou 3 amoras, e em cães de raças grandes você pode oferecer até 6 ou 7. Em qualquer caso, lembre-se que sempre que você adicionar um novo alimento à dieta do seu cão, você deve fazê-lo com moderação e prestando atenção especial ao aparecimento de quaisquer efeitos indesejáveis.
  • É conveniente que, antes de oferecer as amoras para o cachorro, você as lave com bastante água para remover quaisquer contaminantes ou agrotóxicos que possam estar presentes em sua superfície.
  • Caso você mesmo colete as amoras da amoreira ou do arbusto, deve-se descartar aquelas que estão próximas de estradas ou rodovias, pois terão alto teor de poluentes. Lembre-se de que os arbustos de amoras são possuem espinhos, então você nunca deve permitir que seu cão coma as amoras diretamente do arbusto, pois ele pode acidentalmente se machucar ou ingerir um espinho. Ao colher amoras silvestres de um arbusto, faça-o com cuidado para evitar espinhos escondidos entre as frutas que podem prejudicar o cachorro.
  • Como explicamos, cachorro pode comer amora, pois não contêm nenhum componente prejudicial ao organismo. No entanto, existem outras frutas do bosque, como as groselhas, que são altamente tóxicas para os cães. Portanto, ao decidir oferecer amoras ao seu cão, certifique-se de que não as misture com nenhuma outra fruta que possa ser prejudicial à saúde dele.
  • Obviamente, nunca devemos oferecer amoras em forma de compota, geleia ou similar, pois são preparações com elevado teor de açúcar. Além disso, esses produtos podem conter substâncias que podem ser tóxicas para os cães, como o xilitol. Então não, não pode dar geleia de amora para o cachorro.

Leia este outro artigo do PeritoAnimal para descobrir mais frutas e legumes proibidos para cães que você talvez não conheça.

Contraindicações das amoras para cachorro

Apesar de as amoras serem frutas indicadas para cães, existem alguns casos em que sua administração pode ser inadequada:

  • Cães com alergia alimentar: em geral, esses cães devem seguir dietas rígidas à base de ração com proteína hidrolisada, portanto, deve-se evitar oferecer qualquer alimento fora de sua dieta habitual. Saiba mais sobre alergia alimentar em cães, sintomas e tratamento, aqui.
  • Cães com intolerâncias alimentares ou com um sistema digestivo especialmente sensível a mudanças na dieta.
  • Cães com doenças digestivas crônicas: como doença inflamatória intestinal.

Agora que você sabe que cachorro pode comer amora, mas que é preciso prestar atenção nas quantidades e na forma de oferecer a ele, deixamos para vocês esse outro artigo sobre os problemas gastrointestinais em cães, seus sintomas, causas e tratamentos.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro pode comer amora?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Bibliografia
  • Federación Europea de Fabricantes de Alimentos para Animales de Compañía. (2017). Guías nutricionales para alimentos completos y complementarios para perros.
  • Ministerio de Agricultura, Pesca y Alimentación. Mora. Disponível em: <https://www.mapa.gob.es/es/ministerio/servicios/informacion/mora_tcm30-103043.pdf>. Acesso em 21 de dezembro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Cachorro pode comer amora?
Cachorro pode comer amora?

Voltar ao topo da página